Você está precisando comprar passagens de ônibus para viajar e não sabe se o Guichê Virtual é confiável? Quer comprar online e não sabe como? Leia este artigo e descubra a análise completa sobre este site.

Primeiramente, é bom dizer que o site Guichê Virtual agora é Buson, que é basicamente uma plataforma de venda de passagens rodoviárias online, com diversas rotas pelo Brasil.

No entanto, para você comprar nesse site, é necessário saber como e também descobrir se ele é realmente seguro.

Então, mostraremos tudo sobre este site e, principalmente, vamos responder a questão principal, se o Guichê Virtual é confiável. Vamos conferir?

Veja aqui os cupons de desconto do Guichê Virtual

Conhecendo o Guichê Virtual

Imagem com logo do Guichê Virtual junto a um bonequinho animado imitando um ticket.

O site Guichê Virtual, que se tornou Buson, é especializado na venda online de passagens rodoviárias para vários de destinos de viagens no Brasil. Na verdade, a plataforma facilita a compra de passagens, mas não realiza viagens e nem tem relação direta com as empresas de transportes de passageiros cadastradas. Logo, o site é um intermediário para fornecer passagens com desconto.

Sobre estas empresas, inclusive, são mais de 250 empresas de transportes cadastradas no site, com cerca de 70 mil rotas oferecidas.

Pelo o aplicativo ou pelo site, é possível pesquisar horários, viações e preço da passagem desejada. A praticidade e a facilitada vem a favor da plataforma, o que faz o viajante ganhar tempo, economizar e evitar filas.

A empresa foi fundada em 2013 como Guichê Virtual pelos engenheiros Thiago Carvalho, Rodrigo Barbosa e Halyson Valadão, formados pelo Instituto Tecnológico Aeronáutico (ITA), tem sede em São José dos Campos, São Paulo, e conta com uma unidade em Uberlândia, Minas Gerais, onde são desenvolvidas novas tecnologias e soluções.

Desde 2015, a empresa se tornou líder na venda de passagens de ônibus online, cresceu mais e recebeu mais investimentos. Em 2018, a empresa lançou o Guichê Pass, que é uma plataforma inovadora de gestão e vendas para empresas de ônibus. E, em 2019, disponibilizou o Guichê Estrada, uma solução para venda embarcada de passagens de ônibus integrada ao Guichê Pass.

Por fim, agora, em 2021, o Guichê Virtual passou a ser Buson, aumentando seu portfólio de viações e itinerários e, assim, expandindo suas operações de vendas de passagens rodoviárias.

Como comprar?

Para efetuar a compra de uma passagem no site Guichê Virtual / Buson, você deve inicialmente preencher os campos Origem, Destino e Data de viagem. Em seguida, você vai escolher uma das empresas de transporte de passageiros disponíveis para o trecho, conforme horários e valores disponíveis no momento da compra.

Após a seleção do melhor horário e valor, você poderá escolher sua poltrona. Mas lembrando que as poltronas somente são reservadas quando o pagamento é concluído. Caso o pagamento não seja efetuado em até 15 minutos, a passagem será liberada para venda novamente e a poltrona poderá ser reservada por outra pessoa.

A seguir, você deverá fornecer seus dados, a começar pelo e-mail para cadastrar no site, caso não haja cadastro ainda. É bom saber que a passagem deve estar em nome do passageiro que irá viajar, para que este, em posse de seu documento, possa retirar no balcão de atendimento da empresa responsável pela viagem.

Os dados devem ser preenchidos corretamente para emissão da passagem e bilhete de embarque, para validação da compra pela operadora de cartão e pela equipe interna do site.

Logo, todas as transações efetuadas passarão por análise e aprovação interna. Após este período, você receberá um e-mail informando a conclusão do processo e, caso a aprovação seja confirmada, receberá automaticamente o comprovante de sua viagem no e-mail cadastrado.

Através do seu login no site ou aplicativo, também será possível acessar as informações de confirmação. A compra pode constar como: confirmada, pendente de análise, não aprovada, expirada. Uma compra pode não ser aprovada pela recusa de pagamento da operadora de cartão de crédito, por exemplo. E uma compra pode ser expirada, caso o consumidor não finalize o processo de compra em até quinze minutos. Nesta situação, o valor da transação não é debitado e nem a poltrona é reservada.

Após a confirmação do pagamento recebido no e-mail, com o resumo do seu pedido e todos os detalhes da viagem, o consumidor poderá imprimir o seu bilhete de embarque no balcão de atendimento da empresa de transporte. É importante lembrar que o passageiro deve chegar com uma hora de antecedência ao horário de embarque, com o documento original com foto em mãos. Apenas o passageiro poderá retirar o bilhete de embarque.

Outra opção é fazer o uso do bilhete digital (Embarque Fácil). O bilhete digital é um código representado digitalmente que tem a mesma validade de uma passagem impressa. Se disponível para a compra realizada, o consumidor poderá ter acesso por meio do voucher enviado por e-mail. Ele também ficará disponível no aplicativo e poderá ser usado para entrar diretamente no ônibus, apresentando ao motorista o código digital. Nem todas empresas trabalham com este tipo de bilhete de embarque.

Como entrar em contato?

O Guichê Virtual / Buson disponibiliza alguns canais de atendimento para o cliente. Uma das opções é por um dos números de telefone que constam no site. Outra forma é por e-mail ([email protected]). Ainda há opção de entrar em contato também pelo chat do site ou pelas redes sociais da empresa: Facebook, Instagram, Twitter, Youtube.

Para qualquer dúvida ou suporte, o serviço de atendimento ao cliente é oferecido das 9h às 18h, por telefone, e das 9h às 20h nos demais canais, todos os dias, exceto sábados, domingos e feriados.

O Guichê Virtual é confiável?

Agora, respondendo a questão principal, o Guichê Virtual é confiável? Nós acreditamos que ele é uma plataforma segura e confiável sim, pois, além de estar no mercado há mais de 8 anos, ele realiza parcerias com diversas empresas de transporte conhecidas, fazendo apenas a intermediação da venda.

O site possui selos e certificações que dão confiabilidade ao portal, além de ser criptografado e fornecer uma conexão segura através do seu endereço. O site possui o certificado SSL (Secure Sockets Layer) que é um certificado digital que autentica a identidade de um site e possibilita uma conexão criptografada.

E é usado também, no site, o mesmo sistema que as empresas de cartão de crédito usam, para que seja possível comprar com segurança.

Ademais, a empresa está comprometida com a proteção dos dados pessoais e com a privacidade dos clientes que acessam a plataforma. Logo, eles possuem uma política de privacidade de acordo com os parâmetros estabelecidos pela Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/2018).

E, por fim, a empresa tem o excelente índice de respostas ao consumidor no site Reclame Aqui de 100% e uma nota incrível de 9.1 em 10, nos últimos seis meses. Portanto, isso garante que o consumidor não fique desamparado em relação a possíveis problemas com o site.

Após todas essas informações, fica claro que o Guichê Virtual é confiável sim!

Quem afirma que o Guichê Virtual é confiável?

Alguns consumidores que já compraram no site afirmaram que o Guichê Virtual é confiável e segura. Em rápida pesquisa no Youtube, se verificou alguns vídeos gravados por pessoas que compraram e resolveram dar sua opinião sobre a plataforma de compra de passagens. Veja a seguir um vídeo falando sobre a experiência de compra, explicando como funciona e também comentando se o Guichê Virtual é confiável:

Nota no Reclame Aqui

Imagem com nota do Guichê Virtual no Reclame Aqui.

Para saber se o Guichê Virtual é confiável, é bom analisar também a sua nota no site Reclame Aqui. A plataforma que agora chama-se Buson possui um ótimo desempenho por lá, em relação às respostas ao consumidor, um percentual de 100% de reclamações respondidas. Das 177 reclamações, nos últimos seis meses, 101 foram avaliadas e 96% dos problemas foram solucionados.

Veja como está a reputação do site atualmente em relação às reclamações:

  • Esta empresa recebeu: 177 reclamações, sendo todas respondidas;
  • A maioria das reclamações são sobre estorno do valor pago;
  • De todos que reclamaram: 86,1% voltariam a fazer negócio e deram uma nota média de 8,43 para o atendimento;
  • Tempo de resposta da empresa: 18 horas, ou seja, a empresa responde em tempo hábil.

Como tem um ótimo desempenho de atendimento, a empresa possui uma nota de 9.1/10 no Reclame Aqui, que compreende o período de 01/05/2021 até 31/10/2021, e é considerada uma nota excelente. Com esta nota, a empresa se classifica entre as mil empresas com maiores notas do site Reclame Aqui.

Percebemos também que o site sempre teve ótima reputação, constando a maioria das vezes dentre as empresas com as melhores notas, o que é ótimo!

Como é feito o pagamento?

Para a prestação de serviço de na compra de passagens, o site Guichê Virtual / Buson cobra uma taxa de conveniência, que estará discriminada no ato da compra, no campo “Impostos e taxas”, de forma clara.

Mas temos que lembrar que todas as transações realizadas possuem a adição de taxas cobradas, tanto pela empresa responsável pela viagem, quanto pela plataforma de compra de passagens. As taxas cobradas pelas empresas de transporte são: pedágio, impostos, seguro viagem e, em alguns casos, a taxa de embarque. Estas variam de acordo com cada companhia e trajeto.

No momento de finalização da compra serão exibidas todas as taxas e cobranças que serão feitas, cabendo o consumidor cientificar os valores antes de confirmar a compra.

O interessante é notar que as taxas e impostos, exclusivamente no aplicativo, estão isentas temporariamente. No entanto, o benefício da isenção ficará disponível apenas no caso do consumidor ter efetuado uma compra nos últimos 30 dias, por meio da conta cadastrada. O aplicativo está disponível nas lojas Apple Store e Play Store.

O Guichê Virtual oferece diversas formas de pagamento, entre elas: cartão de débito dos principais bancos brasileiros (Banco do Brasil, Bradesco, Santander), cartões de crédito das bandeiras Visa, Mastercard, Hipercard, bem como transferência bancária ou Pix.

Como é feito a troca ou cancelamento?

Imagem com tela de computador mostrando uma tela falando sobre como cancelar passagens.

Caso a passagem seja retirada ou não no balcão de atendimento da empresa transportadora, em até três horas antes do horário de embarque atual, o consumidor fica assegurado a solicitar a alteração da data, assim como do horário e passageiro, por meio dos canais de atendimento do Guichê Virtual / Buson.

A empresa realizará o suporte ao consumidor que necessitar solicitar alterações na passagem, dentro dos termos e condições estabelecidas pela empresa responsável pela viagem, bem como os decretos e regulamentações de seus respectivos estados e agências de transportes reguladoras, sendo de responsabilidade do consumidor a verificação dos prazos específicos válidos para alterações e cancelamento da passagem no próprio voucher adquirido.

A transferência de horário ficará condicionada à disponibilidade de passagens na data e horário desejado pelo consumidor, ficando ainda assegurada a opção pela passagem com data e horário em aberto, com validade máxima de 12 meses, contados da data de compra do bilhete original, estando também sujeita a reajuste de preço.

No entanto, com menos de três horas antes da viagem, a empresa de ônibus pode cobrar uma taxa de remarcação de até 20% do valor da passagem. Mas há exceções: algumas empresas operam somente em rotas intermunicipais e, portanto, não precisam aderir às normas da ANTT. Nesses casos, os termos de troca após a data da viagem citados acima não se aplicam.

Cabe falar também que não é possível realizar alterações de passagens com o Guichê Virtual caso o valor da nova passagem seja maior que o da atual. Só é possível realizar o procedimento de alterações de passagens para viagens com valor maior que o da atual diretamente com a empresa de transporte responsável pela viagem, sendo de responsabilidade do consumidor realizar o pagamento da diferença do valor pago.

É bom lembrar que o consumidor tem um prazo de sete dias, a partir da data da compra, para entrar em contato com a plataforma e utilizar o direito de arrependimento. Mas a solicitação de cancelamento do pedido deverá ser feita até 48 horas antes do horário marcado para a viagem.

No caso de passagens compradas na modalidade “ida e volta” com algum tipo de desconto, o cancelamento só poderá ser realizado no pedido integralmente, não se aplicando cancelamento de parte do pedido, como apenas uma poltrona ou apenas uma passagem.

Para cancelar a compra no site e no aplicativo é bem simples, mas só será possível se não ainda foi retirado a passagem com a empresa de transporte responsável pela viagem; o cancelamento for da compra integral; e for feito até três horas antes do horário de embarque da passagem atual.

O reembolso do valor pago seguirá as mesmas formas de pagamento utilizadas. Se for cartão de crédito, a empresa tem até cinco dias úteis para disponibilizar o valor a ser reembolsado e o estorno será feito na próxima fatura, podendo ocorrer de 30 a 60 dias. Já cartão de débito, a devolução ocorrerá na conta corrente do consumidor, fornecidos através de e-mail, em até cinco dias úteis. O mesmo procedimento será feito para transferência bancária e Pix.

Ressalta-se, ainda, que segundo a legislação, a transportadora é autorizada a reter até 5% do valor pago pela passagem, a título de multa compensatória, no caso de cancelamento. E a taxa de conveniência cobrada pela plataforma não será devolvida.

Que tipo de passagens o Guichê Virtual vende?

O site Guichê Virtual / Buson vende passagens rodoviárias para o Brasil todo. Os principais locais e rodoviárias que as empresas de transporte de passageiros parceiras passam são: Rio de Janeiro (Novo Rio) – RJ, São Paulo (Tietê, Barra Funda, Jabaquara) – SP, Passos – MG, Juiz de Fora – MG, Belo Horizonte – MG, Maceió – AL, Macapá – AP, Salvador – BA, Maranguape – CE, Fortaleza – CE, Vitória – ES, Colatina – ES, Goiânia – GO, Jataí – GO.

Já as principais viações que a plataforma possui parceria são: Andorinha, Brisa, Nacional Expresso, Rápido Federal, RodeRotas, Estrela, Expresso Araguari, Garcia, Expresso Gardenia, Pluma Internacional, Princesa do Ivaí, Real Expresso, Util, Brasil Sul, Logo Expresso Luxo, Expresso Luxo, Catedral Turismo.

Como funciona o transporte de bagagens?

Sobre bagagens, a legislação afirma que o preço da passagem abrange, a título de franquia, o transporte obrigatório e gratuito de bagagem, observando alguns limites máximos de peso e dimensão. Logo, para o transporte rodoviário é permitida bagagem com 30 kg de peso total e volume máximo de 300 cm³, no bagageiro, e a maior dimensão de qualquer volume a um metro, com 5 kg, no porta-embrulhos.

Caso as medidas sejam excedidas, o passageiro poderá pagar até 0,5% do preço da passagem correspondente ao serviço convencional, pelo transporte de cada quilograma de excesso.

No entanto, é bom ainda ressaltar que é vedado o transporte de produtos considerados perigosos, indicados na legislação específica, bem como aqueles que, por sua forma ou natureza, comprometam a segurança do veículo, de seus ocupantes ou de terceiros.

Vantagens e Desvantagens

Como toda empresa, o Guichê Virtual / Buson possui vantagens e desvantagens. Vamos analisar!

Vantagens

  • O site possui convênio com muitas empresas de transportes;
  • Fornece informações de forma clara e objetiva, discriminando valores e taxas;
  • Existem vários canais de atendimento, facilitando a comunicação da empresa com o cliente;
  • Sua nota no Reclame Aqui é excelente, estando a empresa entre as mil empresas com melhores notas do site;
  • O site possui certificados e selos reconhecendo a segurança no acesso e mostrando que o Guichê Virtual é confiável;
  • A empresa possui um blog bem legal, com publicação de artigos do interesse dos consumidores;
  • O próprio site possui opção de cupom de desconto na primeira compra, bem como a possibilidade de inserir outros cupons no carrinho para ganhar mais desconto no valor final da compra (saiba mais sobre cupons aqui no Cupomzeiros).
  • Além disso, o site oferece promoções eventualmente;
  • É bem fácil e simples comprar passagens online pela plataforma.

Desvantagens

  • Possui algumas reclamações quanto a estorno do valor de passagem no site Reclame Aqui;
  • Não devolve o valor da taxa de conveniência, em caso de cancelamento;
  • Poderia possuir parceria com mais empresas de transportes.

As pessoas também perguntam

É seguro comprar no Guichê Virtual?

guichê virtual é confiável

Comprar no Guichê Virtual é confiável e seguro, pois, além de estar no mercado há algum tempo, o site possui certificados e selos que dão confiabilidade, além de possuir um sistema seguro de pagamento.

Qual site é confiável para comprar passagem de ônibus?

blank

O Guichê Virtual é confiável para comprar passagem de ônibus rodoviário intermunicipal e interestadual. Seu site é objetivo e claro com todas informações necessárias, inclusive discriminando os valores e taxas a serem pagas. Possui parceria com diversas viações, sendo apenas um intermediador de compra de passagens.

Considerações finais

Como vimos acima o Guichê Virtual é confiável e seguro, pois possui selos e certificações que proporcionam uma conexão segura, bem como possuem uma nota excelente no site Reclame Aqui, sendo uma empresa recomendada e estando entre as mil empresas com maiores notas do site.

Enfim, tentamos fazer uma análise completa da plataforma e demonstrar para você se realmente o site Guichê Virtual é confiável, para que você possa sentir segurança na hora de comprar.

Se você gostou deste artigo, deixe sua opinião aqui nos comentários. Até mais, cupomzeiros!

Confira aqui os cupons de desconto do Guichê Virtual