Quais Os Melhores Azeites Portugueses? Veja Nosso TOP 5

247

O azeite de oliva é uma gordura natural extraída da azeitona, e Portugal tem tradição e excelência na produção de azeites de oliva de extrema qualidade.

Existem 1.200 tipos de azeitonas catalogadas no mundo. E os portugueses possuem perto de 30 variedades dessas, que conferem características únicas. Então, se você quer comprar um azeite de qualidade, confira nossa lista com os melhores azeites portugueses do mercado!

TOP 5: Melhores azeites portugueses

Assim como o azeite trufado, o azeite de Portugal é um ingrediente requintado que você pode trazer para sua cozinha, para deixar seus pratos ainda mais saborosos. Os azeites portugueses, tipicamente, possuem aromas frutados e sabores acentuados que combinam com saladas, carnes e pratos diversos.

Azeite Gallo Extra Virgem Reserva

Outro queridinho é o Azeite Gallo Extra Virgem Reserva, que é um azeite português 100% oliva extra virgem, produzido pela Gallo (marca existente desde 1919, criada por Victor Guedes).

Há opções de 250 e de 500 ml, e ambos não contém glúten. Possui sabor intenso, é amargo e picante, com combinação de aromas e notas de frutas.

É ideal para cozinhar e temperar todo o tipo de pratos, para quem escolhe dar uma intensidade de sabor marcante e persistente às suas criações culinárias. Acidez máxima de 0,5%.

Azeite de Oliva Extra Virgem Herdade do Esporão

O Azeite de Oliva Extra Virgem Herdade do Esporão é uma opção de excelente qualidade de azeite português.

Em 500ml, ele é composto pelo extrato de azeitonas dos tipos Arbequina, Cordovil, Frantoio, Pictual e Cobrançosa. É um extra virgem com acidez máxima de 0,3% e tem uma cor esverdeada bem viva.

A marca Herdade do Esporão é bem conhecida, com sua produção em Alentejo das azeitonas tradicionais da região. Esse azeite tem notas de frutas maduras e azeitonas verdes, ervas, folhas, com sabor fresco e agradável, levemente picante e amargo.

Azeite Andorinha Spray Extra Virgem

O primeiro da lista é o Azeite Andorinha Spray Extra Virgem, um azeite português, da marca Andorinha, que existe desde 1927.

Ele vem em uma embalagem de vidro de 200 ml, tendo três modos de uso: gotas, fio e spray. É um azeite ideal para temperar saladas, untar formas e dourar ingredientes em frigideira.

Esse azeite de oliva extra virgem possui sabor marcante e amendoado, deixando os pratos ainda mais deliciosos. Ele não contém glúten e sua acidez é menor que 0,5%.

Azeite de Oliva Extra Virgem EA

Engarrafo em vidro escuro e com 500 ml, o Azeite de Oliva Extra Virgem EA é fabricado em Alentejo com azeitonas das variedades Galega, Cobrançosa e Aberquina.

Ele é produzido pela Fundação Eugénio de Almeida, uma instituição portuguesa de direito privado e utilidade pública que promove ações culturais e educativas na região de Évora. Por meio da marca Cartuxa, produz e exporta vinhos e azeites.

Sua acidez máxima é de 0,2% e ele pode ser usado frio ou em pratos quentes, mas é principalmente indicado para consumo com carnes vermelhas grelhadas, aves e legumes. Tem um sabor frutado, um pouco amargo e picante. Possui notas de folhas verdes, ervas e especiarias exóticas.

Azeite Oliva Virgem Bom Dia

Por fim, escolhemos o Azeite de Oliva Virgem Bom Dia, como um bom azeite português para ser usado todos os dias.

Ele vem em uma embalagem de 500 ml, não contém glúten e tem acidez máxima de 1%.

É produzido e envasado em Portugal, o que garante a procedência e a qualidade do produto.

Com alta tecnologia e processos modernos de produção, é um azeite com bom custo-benefício!

Como escolher o melhor azeite português para comprar

Há uma variedade considerável de azeites oriundo de Portugal disponíveis no mercado atualmente (ainda bem!). A comercialização e a tecnologia facilitou muito o acesso a produtos de qualidade, como azeites desse tipo. Mas como escolher qual o melhor para comprar? Separamos algumas dicas para você!

Em primeiro lugar, verifique se o azeite é realmente produzido e envazado em Portugal. Se ele for DOP (Denominação de Origem Protegida) ou Biológico (como são chamados os orgânicos em Portugal), terá ainda mais qualidade. 

Depois veja se ele é um azeite de oliva virgem ou extravirgem 100%. Apenas esses são realmente azeites e tem garantia de boa qualidade. Ademais, vale lembrar que azeites portugueses tem frescor quando jovens. Logo, devem ser consumidos em no máximo 18 meses.

Além disso, prefira azeites com acidez máxima de até 0,5%. Quanto menor a acidez, menor é o grau de impurezas do produto e mais acentuado é o sabor. Os extravirgem são os mais puros, feitos da primeira prensagem da azeitona e encontrados com no máximo 0,8% de acidez.

Observe também se o azeite vem em embalagem de vidro escuro. Essas embalagens são melhores, pois evitam a oxidação do produto. Atualmente, há vidros de 200, 250 ou 500 ml. Para usar no dia a dia, prefira embalagens maiores. No entanto, se for para uso individual ou apenas para algumas receitas, o de 200 ml costuma ser suficiente.

Analise quais azeitonas foram usadas na sua produção. Cada tipo de azeitona utilizada confere sabores e aromas únicos. Além disso, o grau de maturação do fruto também influência nestes aspectos.

Existem vários tipos de azeitonas, como a Gadega (a mais tradicional; suave e doce), Cobrançosa (amargo e picante), Pictual (frutado), Arbequina (amanteigado), Cordovil (frutado, amargo e picante), Koroneiki (intenso e amargo), entre outras.

É bom conferir também as notas de prova. Em alguns azeites está descrito suas notas, se são esverdeados ou amarelados, quais seus aromas e sabores. Por exemplo, azeites portugueses costumam ter sabor mais frutado, ser mais amargo e picante.

Em geral, possuem aroma adocicado, rico em ervas. Então a dica é: leia sempre a embalagem e a descrição do produto antes da compra!

Além disso, analise o valor do azeite. Hoje em dia há bons azeites portugueses de preços variados. Vale ainda ficar de olho se o site que você vai comprar, se ele é confiável e seguro, para não cair em golpes ou fraudes.

Você também pode se interessar por:

As pessoas também perguntam

Por que o azeite português é diferenciado?

azeite de Portugal é reconhecido pela sua excelente qualidade. Isso porque o país ocupa as primeiras posições quando o assunto é a produção mundial do azeite de oliva.

Os plantios das oliveiras, que vão originar esta iguaria culinária, estão presentes em seis regiões de Portugal que possuem Denominação de Origem Protegida (DOP) na produção de azeite. São elas: Trás-os-Montes, Beira Interior, Ribatejo, Moura, Alentejo Interior e Norte Alentejano.

Então se você procura um azeite de qualidade, prefira os produzidos nesses lugares. Inclusive, o maior olival do mundo é português. Quem é responsável por ele é o Grupo Mello, detentor da marca Oliveira da Serra.

Outra característica do azeite português é que eles são fabricados com base em azeitonas, 100% azeites de oliva (virgem ou extra virgem).

Diferentemente do que muitas vezes acontece com alguns azeites aqui no Brasil, que possuem uma parte de óleo. Logo, em Portugal não se confunde com óleos, e só é azeite aquele todo à base de azeitonas.

Ademais, os azeites portugueses possuem sabores peculiares, a depender dos tipos de azeitonas usados na sua produção. Há aqueles mais suaves, ou aqueles com sabores picantes e amargos. No geral, possuem sabor e aroma bem intensos, e notas de frutas.

Qual a melhor marca de azeite português?

Existem boas marcas de azeites portugueses, mas dentre elas destacamos: Herdade do Esporão, Cartuxa, Gallo, João Portugal Ramos, Andorinha, Quinta do Castro, Colativa, Vila Flor, Oliveira da Serra, Bom Dia, Cabeço das Nogueiras Premium, Monterosa, Romeu, Olival da Risca, etc.

Qual o azeite português mais caro?

O azeite português mais caro atualmente é o Azeite Monterosa, que vende cada litro do azeite a 34 euros.

O responsável por tal produto é Rosa de von Rosen, cujo tem apelido de Detlev. Ele começou sua produção em 2000 quando comprou seis mil oliveiras. Hoje, do seu lagar, em Moncarrapacho, em Portugal, saem 10.000 litros de azeite. E o objetivo é expandir cada vez mais!

Ele partilha a paixão de produzir azeites com mais três sócios, outro sueco, que o acompanha desde que chegou a Portugal, e dois portugueses, todos com quotas iguais.

Considerações finais

Há vários alimentos que nos ajudam a fazer pratos deliciosos e mais saborosos, como leitesmanteigasmargarinaschocolates em pó, entre muitos outros. E o azeite é um deles. Além disso, o azeite faz bem para saúde, pois ele é o maior fornecedor de ácidos gordos monoinsaturados da nossa alimentação.

Portanto, ele possui ação antioxidante, age na proteção contra vários tipos de tumores malignos, além de ser um hidratante natural e fazer bem ao coração.

Enfim, esperamos que essa análise de azeites portugueses te ajude a fazer boas compras!

você pode gostar também
Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Tudo bem! Mais detalhes