O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

Santa Helena é bom? Vale a pena? #Review

Conheça mais um famoso rótulo da vinícola Santa Helena, o Reservado Sauvignon Blanc, um dos melhores vinhos chilenos. Isso porque, ele é uma opção leve e simples, que torna qualquer momento ainda mais especial para quem o degusta.

Santa Helena

A uva Sauvignon Blanc tem algumas propriedades marcantes, por exemplo, elegância, leveza e refrescância. Ela teve origem na França, no entanto, passou a ser produzida em várias partes do mundo.

O Chile é um dos locais que têm mais destaque na produção deste tipo de uva, do mesmo modo que esta vinícola tem relevância no mercado por conta da qualidade dos vinhos que fabrica. Em resumo, conheça alguns detalhes técnicos do produto:

  • Região: Valle Central;
  • Teor alcoólico: 12,50%
  • Uva: Sauvignon Blanc;
  • Tipo de vinho: branco;
  • Classificação: seco.

Este vinho chileno Santa Helena tem um tempo de guarda de três anos. Além disso, a temperatura ideal para o seu consumo é de oito graus.

Santa Helena
Foto: Este vinho branco da vinícola Santa Helena é simples de degustar e harmonizar

Características especiais

Os vinhos desta vinícola, além de apresentarem uma ótima relação custo-benefício, também são de fácil consumo, pois combinam com as mais diversas ocasiões. Ele é uma boa opção até mesmo para o dia a dia.

Este rótulo contém aroma de frutas brancas. Além disso, notas tanto críticas, quanto de maracujá, bem como, um leve toque de ervas finas. Uma combinação que torna a Santa Helena um vinho leve, com acidez refrescante e sabor frutado.

A bebida amarela com reflexos na cor verde é engarrafado logo após a sua fermentação. Portanto, como a propriedade da uva não é para um envelhecimento mais longo, o ideal é consumi-la entre o seu primeiro e sexto ano da colheita.

Traços da fruta

A uva, assim como o vinho, se apresenta de forma simples, no entanto, elegante. Como ela amadurece de forma um tanto prematura, seus cachos têm frutos pequenos.

Material e design da garrafa Santa Helena

Vale lembrar que tanto o material, bem como, o design da garrafa do vinho vão muito além de ter a função de conservar a bebida. A primeira função, antes de tudo, é manter a qualidade, mas, ainda exerce outros papéis que são vitais para ter a melhor experiência.

O primeiro aspecto da garrafa do Santa Helena, que já traz um alerta importante ao consumidor, é a sua transparência. Afinal de contas, ela indica que este é um vinho para consumo rápido, pois ele sofre com a incidência de luz direta.

Dito isso, o recipiente de 750 ml de volume serve para evitar a oxidação precoce da bebida. Este conteúdo também é a quantidade ideal para servir duas pessoas. 

Santa Helena
Foto: O vinho branco da Santa Helena torna qualquer momento simples especial

Composição e sabores do produto

A uva Sauvignon Blanc dá origem aos vinhos brancos que encontram apreciadores em todas as partes do mundo, em especial, por sua casta bem aromática.

Ela tolera tanto os climas mais frescos, bem como, os mais moderados. Por isso, a sua adaptação em diversas partes do globo foi de certa forma rápida e simples.

Vale lembrar, no entanto, que dependendo do local onde ela foi cultivada, há diferenças não apenas no aroma, como também no sabor. Afinal de contas, temperaturas mais altas tendem a reduzir a intensidade do toque de ervas.

Fusão de sabores

O vinho branco da Santa Helena tem como resultado de suas especiarias e ervas uma coloração esverdeada, que com o tempo evolui para a cor amarela, parecida com a palha.

Sobre o sabor, como é feito com uma combinação de ingredientes frutados, sobretudo com frutas vermelhas, ele tem uma textura que ao mesmo tempo é aveludada, mas também com toques suaves, que fazem com que a degustação seja ainda mais agradável.

O Santa Helena é ideal para qualquer situação?

A tradução livre para Sauvignon Blanc é selvagem. Este nome vem do forte sabor da uva, que é responsável por trazer ainda mais personalidade para este vinho.

Ele é ideal para consumo em dias mais quentes, por conta de seu aroma e gosto leve, além de delicado ao paladar. De fato, ele harmoniza muito bem com vários tipos de pratos. Como isso, torna-se ideal para qualquer ocasião.

Harmonização

Seja para acompanhar aperitivos ou até mesmo os pratos principais, o Sauvignon Blanc da Santa Helena é uma excelente pedida. Entre exemplos de entradas, ele combina muito bem com:

  • Carpaccio;
  • Guacamole;
  • Queijos de sabor leve e textura mais cremosa, como mascarpone e brie.

Quando se trata de pratos principais, as opções de combinação são muitas. Afinal de contas, elas passam por carnes brancas, tais quais aves, peixes e frutos do mar.

Este vinho também pode ser servido com massas ao molho branco ou ainda outros molhos mais cremosos. Por fim, ele também harmoniza bem com legumes e vegetais da primavera, por exemplo, brócolis, couve-flor e aspargos.

Diferenciais

Um dos grandes diferenciais do vinho branco chileno Reservado Sauvignon Blanc fica por conta da tradição, prêmios e história da sua vinícola.

Fundada em 1942, no Vale Central do Chile, hoje ela é uma das maiores do país. Além disso, está entre os dez maiores exportadores desta bebida, com mais de cinquenta mercados presentes em todos os continentes do mundo.

A linha Reservado, da qual este vinho chileno faz parte, é de fato para qualquer tipo de ocasião. Com um estilo fácil de beber, por conta do sabor e aromas frutados, ele é uma boa escolha também para o dia a dia.

Fácil de beber

Outro fator que coloca este vinho na posição de degustação simples e rápida é que ele não exige técnicas de guarda elaboradas, portanto, está sempre pronto para o consumo.

É uma opção fresca e com acidez equilibrada que acentua o sabor de frutas. Por fim, traz um final mais longo e agradável. Portanto, este é um vinho que não é só agradável, mas também muito fácil de beber nas mais diferentes ocasiões.

Santa Helena
Foto: O Sauvignon Blanc da Santa Helena é leve e refrescante

Prós do Santa Helena

Uma das grandes vantagens deste Sauvignon Blanc da Santa Helena é ele ser um vinho leve e fácil de degustar. Portanto, pode ser uma boa porta de entrada para quem quer degustar vinhos, mas não sabe por qual começar.

Seu aroma e sabor leve de frutas faz com ele combine com lugares mais tropicais, por exemplo, o Brasil. Com isso é uma ótima escolha para aqueles dias mais quentes. Ainda mais por conta da sua temperatura para consumo de oito graus.

Uma bebida com muitas combinações

Outro benefício deste vinho é ele ser fácil de combinar com diversos tipos de pratos. Sejam eles entradas ou até mesmo os principais. Desse modo, é uma bebida que pode trazer ainda mais elegância e sabor para um almoço ou jantar.

Contras do Santa Helena

No geral, este vinho recebe ótimas avaliações de seus clientes, tanto em marketplaces, como também em lojas virtuais especializadas neste tipo de bebida.

Há relatos, no entanto, de alguns consumidores mencionando outras vinícolas chilenas que oferecem vinhos da mesma uva, no entanto, de qualidade superior e preços mais baixos.

Este rótulo também pode não agradar aqueles que preferem produtos que passam por um processo de envelhecimento mais longo. Afinal de contas, o seu consumo deve acontecer entre o primeiro e sexto ano após a colheita da safra.

Vale a pena comprar o Santa Helena?

Para quem busca um vinho versátil e com bom custo-benefício, este Santa Helena Sauvignon Blanc se mostra como uma ótima opção. Ele, afinal de contas, não é só apenas simples de degustar, mas também de harmonizar com diferentes tipos de pratos.

Isso porque, combina tanto com entradas, como também com os pratos principais. Com isso, ele se torna a bebida ideal para ocasiões mais especiais como uma reunião com amigos ou família para saborear aperitivos.

Ou até mesmo para acompanhar refeições como uma bela massa, bem como, um prato de frutos do mar. Levando em conta não apenas a história e tradição desta vinícola, mas também a qualidade e praticidade deste vinho, vale a pena comprar este rótulo.

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]
você pode gostar também
Comentários
>