O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

Processador Oster 3 em 1 é Bom? Vale a Pena?

Depois de debater um pouco sobre mini processadores, é chegada a hora de voltar a conversar um pouco sobre tamanhos padrão, principalmente os referentes à marca Oster.

A Oster é uma das melhores marcas no quesito padrão e redução de processadores e mini processadores. Não só a cozinha é sua área de expertise, como também tem bastante produção voltada à área da confeitaria.

Vale a pena adquirir um de seus produtos, mesmo que a assistência técnica não exista em todo o território nacional ainda. Hoje, o modelo de análise é o Processador Oster 3 em 1, OMPR670.

Não só em termos de qualidade, mas também em termos de relação de custo-benefício, a marca se sobressai de grande parte ofertada dentro do mercado brasileiro.

Por isso, que tal se desprender um pouco das grandes concorrentes e abrir-se um pouco para conhecer uma marca fantástica por um ótimo custo? Seu bolso agradece.

Conhecendo o Processador da Oster 3 em 1, Modelo OMPR670

Imagem com Processador Oster 3 em 1 e legumes dentro
Foto: Processador Oster 3 em 1 OMPR670 e legumes dentro

Para quem não tem ideia, a Oster está entre as 5 melhores marcas de processadores dentro do Brasil e não sai desse pódio há pelo menos 3 anos.

Mas o que faz a Oster tão especial em relação a outras marcas? Essa é uma questão até um pouco simples demais para responder.

Apesar de ser uma marca relativamente nova (1990) e estrangeira (Americana), ela chegou a encantar vários brasileiros com seus designs únicos feitos majoritariamente em inox.

Mas o que muita gente não sabe é o quão durável e capaz a marca pode ser, principalmente na culinária brasileira, que requer tantos passos mais grosseiros.

Além do design super contemporâneo em inox e acrílico da cor preta, a potência de 300W do bivolt é o que chama a atenção, principalmente para esse tipo de produto.

Imitando um liquidificador, ele tem as funções de pulsar e duas velocidades que permitem moer, picar, ralar, triturar e cortar vários tipos de alimentos em um copo dosador de até 700ml.

Há controvérsias sobre considerá-lo um processador, sendo talvez sua classificação mais elucidada como uma espécie de multiprocessador reduzido.

Isso porque, apesar de ser considerado padrão, o tamanho desse modelo em específico é um pouco menor do que o esperado para a categoria. Então, temos um produto de tamanho médio com eficiência de grande porte.

Ainda assim, muitas pessoas relatam fácil manuseio e higienização não só da estrutura do copo dosador, tampa e motor, mas também da lâmina vertical tradicional em inox e o disco em inox com função dupla (ralar e fatiar).

Vantagens do processador Oster 3 em 1

Imagem com Processador Oster 3 em 1 vazio
Foto: Processador Oster 3 em 1 OMPR670 vazio

Trava de segurança

O eletrodoméstico não liga em caso de encaixe deficiente da jarra e da tampa.

Apesar de haver muitas reclamações relacionadas à trava, os órgãos de fiscalização resolveram não remove-la do produto original e estimular sua produção em massa em aparelhos concorrentes.

Afinal, essa medida não só preserva o aparelho, como também previne acidentes em caso de possível mau funcionamento devido à falta de ajuste dessas peças.

BPA Free

Esse produto foi feito sem a necessidade de incluir Bisfenol A em sua composição, o que faz dele atóxico e recomendável para o dia a dia dentro de uma casa com crianças menores de 5 anos.

Fácil higienização

Todo o aparelho – com exceção do motor – é desmontável para facilitar a higienização de todas as peças individualmente, evitando o acúmulo de sujeira em partes de difícil alcance quando montadas.

Compacto

Para a categoria, é relativamente compacto. Tem 16cm de altura, 16cm de largura e 33cm de profundidade. Não ocupa tanto espaço quanto o tradicional.

Vem em duas versões!

Apesar desse aparelho ser relativamente compacto, uma versão maior e mais completa – com mais acessórios – desse aparelho pode ser vendida sob o modelo MPR870. Sendo este em questão (OMPR670) considerado, por alguns consumidores, uma espécie de prévia.

Preço

Pelas vantagens, o valor é bem justo e gira em torno de algo entre R$199,00 a R$237,51, a depender da loja autorizada a realizar a revenda deste produto.

Desvantagens do 3 em 1 da Oster

Imagem com Processador Oster 3 em 1 visto de cima
Foto: Processador Oster 3 em 1 visto de cima

Barulhento

O produto emite um som agudo que pode incomodar determinada classe de pessoas. Sugere-se o teste prévio na loja antes de efetuar o pedido.

É bivolt, mas a depender da região, você só encontra online

Dificilmente as lojas vendem nos dois modelos (127v e 220v) em todos os estados brasileiros. Talvez seja necessário buscar uma fonte transformadora ou comprar online, em grande maioria dos casos.

Assistência técnica relativamente difícil

A Oster é uma marca relativamente nova em alguns estados e, por isso, pode ser difícil encontrar assistência técnica qualificada em casos de problemas.

Pode valer a pena enviar pelos correios ou simplesmente comprar um aparelho novo, quando comparamos o tamanho da dor de cabeça com o custo de envio e conserto desse aparelho.

Review do processador Oster 3 em 1

Como utilizar o disco inox do 3 em 1 da Oster

As pessoas também perguntam

Qual a melhor potência para processador de alimentos?

Em média, 200W a 300W já fazem um bom processador compacto. Quanto maior a potência, melhor o retorno e o trabalho realizado pelo eletrodoméstico. Para um processador padrão, de 400W a 600W já considerado um bom número.

Qual o processador de alimentos mais potente do mercado?

Quem ocupa esse lugar é o processador Slice Pro 69020 da Tramontina com 1200W de potência e 3,7L de capacidade, indicado não só para a área residencial, mas também comercial. Inclusive, é considerado um dos melhores para a área comercial, não só por causa da sua capacidade, mas pela sua potência superior.

Qual melhor processador para moer carne?

A princípio é ideal que você opte por um moedor de carne isolado, mas caso isso não seja possível, praticamente todos os processadores são capazes de desempenhar essa função. O problema é que é preciso respeitar as gramas de base sólida para cada marca, que estão contidas no manual. Para o modelo da Oster, em questão, a quantidade máxima é de 700g de sólidos por vez.

Quem é o fabricante da marca Oster?

A Sunbeam Products, Inc., uma empresa empresa americana que surgiu em 1910 e estimulou a criação da Oster, em 1924. Infelizmente, ela se uniu à Jarden Corporation, líder mundial em produtos de consumo para o lar, mas não deixou de atuar sob esse nome.
Mas, curiosamente, a fabricação da marca Oster não acontece em apenas um sítio em específico. A Newell Brands Brasil também fabrica em território nacional a Oster e outras marcas famosas como a Cadence.

Conclusões: vale a pena?

O processador da Oster é um aparelho padrão, relativamente compacto, que desempenha funções numa potência incrível até mesmo para seu nível de custo-benefício.

É uma compra excelente para famílias pequenas e médias e agiliza bastante o andamento da cozinha com suas lâminas e disco em inox.

As vantagens superam em muito as desvantagens e talvez esse seja o melhor momento para incrementar sua cozinha com algo realmente novo que vale a pena.

O problema, de fato, jaz na assistência que a Oster presta. É necessário buscar na sua região se ela é solícita ou se você precisa, de fato, enviar pelos correios para alguma correção posterior em caso de problemas.

Também vale a pena consultar o valor médio, se mandar para fora do seu estado é a única solução. Em alguns casos, pode valer mais a pena se desfazer do antigo e comprar um novo.

Clique para avaliar
[Total: 1 Nota: 5]
você pode gostar também
Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.