Todo mundo aqui sabe de uma só coisa: escolher quais são as 10 melhores séries de comédia é um trabalho muito relativo. Isso porque, o que pode ser engraçado para um, não será para outro.

Por isso, neste artigo, tentamos separar alternativas que são para todos os gostos.

E, é claro, esperamos que você goste das nossas escolhas. Se não gostar, também pode se sentir à vontade para deixar nos comentários quais são as suas recomendações, viu? 😉

Em nossa escolha, levamos em consideração a facilidade de encontrar a série para assistir (até porque, não faz sentido recomendar algo que não está em lugar algum), tempo de duração, aceitação na mídia e se foi cancelada ou não (junto aos motivos).

1. How I Met Your Mother

How I Met Your Mother é um clássico de comédia. São 9 temporadas com 208 episódios com duração média de 20 minutos. Ideal para quem quer maratonar uma semana inteira – ou até mais.

O enredo gira em torno de Ted Mosby, um homem que, assim como os amigos, sempre foi feliz e satisfeito de estar solteiro. Mas, com o decorrer dos anos, seus amigos começaram a encontrar as almas gêmeas e essa necessidade também apareceu na vida de TED.

Então, ele começa a sair com várias mulheres, conhecer pessoas e a passar por muitas aventuras – mas, a maioria delas é desastrosa.

Tudo isso é contato por Ted mais velho, quando já tem filhos. O seu objetivo, no decorrer dessas 9 temporadas, é explicar para as crianças como conheceu a mãe delas. E, é claro, ele conta tudo nos pequenos detalhes.

O objetivo era contar aos filhos como conheceu a mãe. Mas, na série, parece que está limitando sua biografia a desastres!

2. Full House

Full House é uma série conhecida no Brasil por ser transmitida pelo canal do SBT como “Três é demais”. Além de ser uma das melhores séries de comédia, ela é bastante antiga: 22 de setembro de 1987 – 23 de maio de 1995. Ao todo, foram oito temporadas produzidas com 192 episódios.

A história narra a vida de Daniel Ernst Tanner, que era um repórter e teve que enfrentar a morte da esposa em um trágico acidente, tem que aprender a como lidar e cuidar das crianças sozinho.

E, apesar de contar com a ajuda do tio das crianças, muitos conflitos ocorrem dentro de casa.

Um é pouco, dois é bom e três é demais. O mesmo vale para as crianças! Administrar três delas não vai ser uma tarefa fácil e todo esse processo vai acabar sendo muito divertido (mas, somente para quem está assistindo!).

No final da década de 80, a série Full House foi transmitida também pela Rede Globo. No entanto, hoje em dia está sendo disponibilizada apenas em portais de streaming.

3. Santa Clarita Diet

Santa Clarita Diet é uma série produzida pela Netflix que, além de ter um pouco de comédia, é voltada para o gênero foco de terror. Foram três temporadas com 30 episódios que foram lançados entre os anos 3 de fevereiro de 2017 – 29 de março de 2019. O tempo médio é de 30 até 40 minutos cada.

A história fala da vida de um casal que vivia em Santa Clarita, um subúrbio nos Estados Unidos. Eles tinham uma família e tudo ia bem até que, em um certo dia, a mulher vomitou uma bola de sangue vermelha. Depois disso, sua única vontade é de comer carne humana, nada mais consegue saciar a sua fome.

É então que Sheila, a protagonista, decide que iria entrar em uma dieta milagrosa para tentar parar de comer carne. É assim que começa a ficar cada vez mais linda e atraente. O marido, que antes não sabia de nada, vai começar a desconfiar do comportamento da sua esposa.

A série foi entendida como intermediária em relação à aprovação visto que divide bastante opiniões.

4. Big Mouth

Essa é uma alternativa para quem gosta de séries de adolescentes misturadas com comédia. Big Mouth tem sua emissora original Netflix, que lançou o primeiro episódio na data 29 de setembro de 2017 e vem produzindo até os dias atuais. São cerca de 41 episódios disponíveis em torno de 4 temporadas na faixa de 20 minutos.

A série aborda a vida de vários adolescentes na escola. Eles conseguem ver monstros que são da própria mente e, dessa forma, recebem orientações sobre o que fazer.

Os adolescentes sentem desejos sexuais, atração, vontades de fazer coisas. E, a maioria dessas coisas são incentivadas pelos monstros.

Os episódios abordam sobre problemas reais enfrentados por adolescentes, apesar de se tratar de um episódio. Em um deles, por exemplo, uma das personagens está em uma viagem da escola e ficou menstruada pela primeira vez. E agora, o que ela pode fazer para solucionar o problema?

Em outros, os meninos estão apaixonados e precisam conquistar o amor da vida deles. Mas, esse amor já está comprometido.

São vários conflitos que são abordados no decorrer dos episódios que deixam tudo ainda mais interessante.

5. Todo mundo odeia o Cris

Everybody Hates Chris está disponível para os assinantes do Globo Play. Ao todo, são quatro temporadas com 88 episódios na faixa de 20 minutos cada. A série aborda sobre Cris, um adolescente que viveu durante a década de 80 e que sofria na escola por ser negro.

Dentro de casa, ele enfrenta problemas comuns: uma mãe que grita falando, que é estressada. Um pai que não abre a mão para gastar nada. E, é claro, irmãos que estão sempre buscando por espaço.

Nestes 88 episódios, Cris tem que fugir e solucionar uma série de problemas na escola e em casa. Mas, tudo isso, através de soluções criativas e super engraçadas.

Apesar da série abordar sobre a vida de um adolescente que viveu durante a década de 80, ela foi produzida entre os anos de 22 de setembro de 2005 e 8 de maio de 2009.

6. BoJack Horseman

BoJack Horseman vem sendo uma alternativa para as pessoas que gostam de melhores séries de comédia e de humor negro. A criação foi realizada por Raphael Bob-Waksberg e traz à tona uma série de assuntos polêmicos, inclusive, o uso de drogas, depressão e a ansiedade do protagonista por não ter ninguém.

Ao todo, o tempo de lançamentos vai de 22 de agosto de 2014 – 31 de janeiro de 2020 (mas, vale salientar que não foi cancelada até o momento).

São seis temporadas, tendo a previsão de uma nova para o ano de 2022. Até o ano de 2021, haviam lançado cerca de 77 episódios com o tempo de duração de 25 minutos.

O enredo gira em torno de um homem famoso, chamado BoJack Horseman. Apesar de todo o dinheiro, da possibilidade de viver em festas, ele vive tendo crises existenciais e parece que nunca está completo.

Sente a necessidade de pessoas que realmente se preocupem com ele, que querem o ajudar.

E, apesar de ser uma série de comédia, acaba deixando uma pitada de tristeza e de pena do protagonista.

A produção foi recebida de forma positiva pela mídia e conta com grande aceitação entre o público existencialista.

7. The Good Place

The Good Place é uma série de já foi finalizada e conta com o tempo de produção indo de 19 de setembro de 2016 até 30 de janeiro de 2020. São quatro temporadas que contam com 53 episódios na faixa de 23 minutos. A distribuição é realizada pelo portal da Netflix, apesar de não ser uma série exclusiva do serviço de streaming.

O enredo aborda sobre a vida de Eleanor Shellstrop. Ela acorda e simplesmente descobre que morreu e que está vivendo a vida após a morte. De início, tudo parece um grande choque de realidade.

Mas, apesar de estar no céu, algumas coisas começam a incomodar: as pessoas não podem odiar ninguém, não podem ficar bêbadas e nem fazer coisas de errado.

Então, Eleanor começa a se perguntar se realmente quer ficar no céu e passar por toda essa coisa “ruim” ou se prefere ir para o Inferno para que possa se divertir um pouco.

Durante essas questões existenciais, a protagonista tenta descobrir o que fez com que ela morresse e porquê está naquele lugar. E, claro, são vários os motivos. Mas, para saber quais são eles, terá que assistir.

8. Brooklyn Nine-Nine

Está em busca de listas com as melhores séries de comédia policial? Então, Brooklyn Nine-Nine pode ser a melhor recomendação que temos para o seu perfil.

A sinopse aborda sobre a vida de Jake Peralta (Andy Samberg), que é um policial super infantil, apesar de ser bem sucedido em seu trabalho e contar com grandes prisões e investigações.

Durante todo o tempo, Jake está entrando em conflitos contra o seu chefe e comandante. E, ambos, precisam resolver uma série de mistérios e ações juntos.

A série acabou dando tão certo, que em 2021, tiveram uma nova temporada, ocasionando na oitava que somou mais de 153 episódios. O tempo de lançamentos da série, até o momento, é do dia 17 de setembro de 2013 até 16 de julho de 2021. Já é esperado uma nova temporada para o ano de 2022. A duração de cada episódio está na faixa de 22 minutos.

O autor principal da produção é Andy Samberg, que faz o papel do Jake. No entanto, ele não é o único que recebe destaque: a Stephanie Beatriz faz o papel da Rosalita, uma das mais adoradas dentro do enredo.

O trailer da série já chegou a mais de 1 milhão de visualizações, veja, logo abaixo:

9. Dead to Me

No Brasil, é possível encontrar a série traduzida pelo nome de Disque Amiga Para Matar. O primeiro episódio foi lançado no dia 3 de maio de 2019 e conta com duas temporadas e 20 capítulos. A produção da terceira temporada ainda está a caminho, que deve ser a última temporada da produção.

Criada por Liz Feldman, Dead To Me acaba sendo uma série de televisão voltada para o humor ácido no norte da América.

De acordo com o UOL, a série está conseguindo criar novas narrativas sobre o diálogo com temas que antes, eram apenas voltados para o público feminino.

O enredo começa com Jen, que faz parte de um grupo de conversas. Neste grupo, ela acaba conhecendo Jud, que afirma que perdeu o esposo em um acidente. As duas começam a conversar e a se conhecerem. Ambas são ligadas por um nexo em comum: as duas possuem algum tipo de trauma com homens.

Judy, no entanto, finge ser o que não é para chamar a atenção e agradar. E, de acordo com o Rolling Stones, o desenvolver essa mentira pode chegar a ser exagerado, mas muito engraçado.

10. Bloodride

Bloodride é uma série britânica voltada para o gênero de terror que foi lançada no ano de 2020. Mas, com uma leve pitada de comédia. De forma sintetizada, ela aborda sobre um ônibus que acabou se perdendo e sofrendo um acidente. Por isso, a cada episódio, uma pessoa sai de dentro do ônibus para pedir ajuda e procurar os outros. Mas, nunca encontram ninguém e vivem uma intensa aventura.

O que será que está acontecendo com as pessoas que saem do ônibus? Por que elas nunca voltam como é esperado? Por que a ajuda nunca chega? Isso você só vai descobrir ao assistir.

De acordo com a Rotten Tomatoes, a aprovação da produção chegou em uma faixa de 3.5.

A série foi criada pelo portal da Netflix e, até o atual momento, não existem certezas se deve ser prorrogada ou não visto que teve um desempenho intermediário do que se estava esperando.

O trailer chegou a mais de meio milhão de visualizações no canal da Netflix em escala internacional (na língua inglesa). Com som de música de bebê de fundo, acaba trazendo à tona uma sensação bastante macabra. Apesar disso, é bastante envolvente e, claro, convidativo para quem já tem uma tentação para se sentir atraído por terror e horror.