O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

Vinho Rosé Reservado é bom?

A popularidade do Vinho Rosé Reservado está crescendo cada dia mais aqui no Brasil. Assim, a Concha Y Toro, considerada uma das principais vinícolas da América Latina, tem a melhor produção dessa bebida.  

Vinho Rosé Reservado 

A bebida é a mistura do vinho branco com o tinto. Portanto, nele se encontram qualidades como, a leveza e a refrescância do branco. Ainda, a estrutura e a delicadeza do produto tinto fazem parte dele. Assim, as principais características desse vinho rosé são: 

  • Cor clara;
  • Combinação perfeita com o clima tropical;
  • Refrescância e leveza;
  • Aroma intenso;
  • Teor alcoólico de 12%.

De coloração rosa clara, se produz a garrafa em diferentes partes do mundo, mas a maior fábrica está em Provence. O aroma de frutas intensas e delicadas, transforma assim esse drink em algo perfeito para dias ensolarados e quentes.

Vinho Rosé Reservado
Foto: Vinho Rosé Reservado tem um sistema de produção bem estabelecido. 

Como é feito o Vinho Rosé Reservado

Hoje em dia, existem quatro técnicas usadas para realizar a coloração e produção da garrafa. Desse modo, vale a pena conhecer de perto quais são elas para entender melhor sobre essa bebida.

Prensagem rápida

No método, o vinho é tingido de forma muito rápida. Assim, terá uma leve interferência da cor da casca da uva, para o rosé. Então, essa prensagem, dá origem a uma bebida de cor salmão mais clara e um líquido delicado.

Maceração curta

Significa o tempo de contato do suco da polpa junto com as cascas da fruta. Ou seja, é o período que o produto ficará de “molho”, e deve seguir o que recomenda os profissionais, que é de duas ou três horas. 

Sangria

Na técnica de sangria, o profissional produz um tinto normal. Entretanto, em dado momento da fermentação, se retira um pouco do líquido. Nesse sentido, a bebida rosé é feita com uma parte do mais escuro e do mais claro. 

Cofermentação

Esse processo não é usado na maior parte das vinícolas do mundo, por ser uma etapa que poucas regiões estão liberadas para realizar. Contudo, é possível misturar os mais claros com os mais escuros para dar origem ao vinho  

Os principais vinhedos que usam esses métodos

Todos os vinhedos do mundo utilizam algum desses mecanismos. Mas, os lugares que mais ganham destaque é Champagne, que usa a cofermentação. Dessa forma, o Chile e a Provence, manuseiam as técnicas de prensagem rápida e maceração curta.   

Vinho Rosé Reservado
Foto: Vinho Rosé Reservado tem benefícios medicinais.

Safra do Vinho Rosé Reservado

Para conseguir apreciar essa bebida em seu pleno estado é preciso consumir ela dentro do período de 3 anos a partir da safra. Assim, essa é uma das propriedades do branco  que também está presente no produto rosé.

As principais uvas colhidas no período safra, para serem usadas na produção do Vinho Rosé Reservado são: 

  • Pinot Noir;
  • Merlot;
  • Cabernet Sauvignon.

Com tons leves e um final meio doce, a bebida sofre interferência do clima, temperatura e de quem conduz todo o processo de produção. Desse modo, para conseguir ter de fato uma safra de sucesso, é preciso prestar atenção nos pequenos detalhes.  

Harmonização com Vinho Rosé Reservado

Para conseguir uma harmonização que case com essa bebida, não é necessário procurar muito. Pois, o vinho rosé é muito versátil, assim, combina com vários tipos de comida, como:

Carnes

O rosé mais delicado e suave combina com carnes brancas. Como por exemplo, frango assado, carne de porco ou carne vermelha magra. Assim, o item acompanha bem um grelhado com legumes. 

Massas 

Com uma combinação equilibrada e super deliciosa. Massas, como pizza de queijo ou até de pepperoni é a melhor opção para comer, bebendo um Vinho Rosé Reservado. Afinal, os rosés suportam massas muito pesadas.

Queijos e embutidos

São harmonizações muito conhecidas. Assim, o rosé acompanhado de algum deles ou tábua de frio é um ótimo casamento. Na maioria das vezes, os queijos são o gruyere, gouda e brie. 

Aperitivos 

Batata frita, camarão frito e batata rústica são uma boa opção para acompanhar a bebida. Afinal, ela combina com frituras e limpa com sua acidez, o paladar de gordura da sua boca.

Peixes e frutos do mar 

Receitas como salmão ao molho de maracujá e filé de linguado com batatas, combinam bem com os rosés. Desse modo, muitos adquirem essa combinação em seus pratos. 

É possível fazer drinks com o Vinho Rosé Reservado?

O Vinho Rosé está se tornando um dos favoritos dos brasileiros, pois combina com o clima tropical e dias de muito calor. Assim, o rosé é ótimo para fazer drinks, principalmente com a fruta morango.

Diferenciais do Vinho Rosé Reservado

A marca Concha Y Toro é a mais admirada do mundo. Com o diferencial de produzir os melhores vinhos, ela possui grandes diferenças das outras marcas da bebida. Como, por exemplo: 

  • A versatilidade na harmonização;
  • Diferentes técnicas utilizadas na produção do item;
  • As diferentes uvas usadas na produção. 

O baixo número de calorias que comporta no produto, também é considerado um diferencial do Rosé Reservado. Nesse sentido, uma taça desse líquido contém apenas 82 calorias, tornando-se uma das bebidas alcoólicas de menor caloria. 

Prós do Vinho Rosé Reservado

Além de ser uma bebida maravilhosa para ser apreciada. O Vinho Rosé Reservado traz vários benefícios para as pessoas que o consomem. Como:

  • Propriedades anti-inflamatórias;
  • Antioxidantes;
  • Periféricos.

Fundada em 1883 pelo milionário e sonhador Melchor Concha y Toro. O pequeno negócio de produção de vinho, com o passar do tempo começou a crescer. Presente em mais de 130 países, nos dias atuais. 

Vinho Rosé Reservado
Foto: O Vinho Rosé Reservado é uma bebida de alta qualidade.

Contras do Vinho Rosé Reservado

Visto que a maioria dos vinhos que são exportados de outros lugares, quando chegam no Brasil estão mais caros. Com o Rosé Reservado o problema não seria diferente. Portanto, o único contra do produto é o preço dele nas prateleiras do mercado.

O produto também é ideal para calor e dias mais quentes. Assim, combina bem com festas na piscina e outros ambientes onde você deseje se refrescar. Dessa forma, não funciona bem para épocas frias do ano.

Isso é tudo o que você precisa saber sobre o Vinho Rosé Reservado. Agora, tudo o que precisa fazer é apreciar essa bebida da melhor maneira possível. Por fim, apesar do seu preço do mercado, essa é uma experiência que vale muito a pena.

Perguntas frequentes

Quais são os métodos usados para fazer o Vinho Rosé Reservado ?

Vinho Rosé Reservado

Os principais métodos usados na coloração e produção do vinho são a prensagem rápida, sangria, cofermentação e maceração curta. 

Quais são os acompanhantes que harmonizam com o Vinho Rosé Reservado?

Vinho Rosé Reservado

Os melhores alimentos que harmonizam muito bem com Vinho Rosé Reservado são carnes, massas, queijos, aperitivos e frutos do mar.

Qual a única reclamação do Vinho Rosé Reservado?

Vinho Rosé Reservado

A única reclamação que a maioria dos vinhos que são exportados de outros lugares têm e esse também é sobre o preço que chega no mercado, pois é bem mais caro.

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]
você pode gostar também
Comentários
>