O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

O Xiaomi Redmibook Air 13 é bom?

O Xiaomi Redmibook Air 13 é um laptop da marca chinesa para produtividade. A princípio, a ideia do modelo é unir um bom acabamento com boas configurações. Então, veja neste review se ela teve sucesso e se ele está na lista de melhores notebooks Xiaomi.

Leia também:

Notebook Xiaomi Redmibook Air 13

O produto, a princípio, deve cumprir a função de ser um computador portátil e útil. Dessa forma, é uma tendência das marcas tornarem seus laptops ainda mais fáceis de transportar.

Em alguns casos, no entanto, isso acarreta na redução no desempenho da máquina. Ainda assim, existem empresas que vão na contramão dessa ideia e fabricam modelos potentes com dimensões menores.

O Xiaomi Redmibook Air 13 é um exemplo disso, com fortes inspirações em portáteis famosos. Assim, ele chega ao mercado com um chassi feito em metal e as seguintes especificações:

  • Processador: Intel® Core™ i5-10210Y (10ª geração);
  • Tela: 13,3 polegadas com resolução 2560 x 1600 (2.5K);
  • RAM: 16 GB LPDDR3 a 2133 MHz;
  • Armazenamento: 512 GB em SSD;
  • Placa de vídeo: Intel® UHD Graphics 615 (Integrada);
  • Sistema operacional: Windows 10 Home.
  • Peso: 1,05 kg.

Design

De forma visual, esse notebook lembra o Macbook Air da Apple em vários aspectos. Por exemplo, ele segue uma linha bem minimalista, limpa e com poucos elementos na carcaça.

O dispositivo tem um chassi de metal, de modo mais específico, de alumínio e bordas finas ao redor da tela. Ainda, ele é um aparelho fino, com uma espessura de apenas 1,3 cm. Além disso, essa máquina pesa somente 1,05 kg.

Isso torna fácil levar o Xiaomi Redmibook Air 13 com você na mochila. Por fim, uma das laterais tem apenas uma saída de ar para melhor refrigeração. Agora, no outro, residem as duas portas USB Tipo C e entrada de fones.

Refrigeração

O notebook da marca chinesa ainda possui três modos de performance para a sua refrigeração. Antes de mais nada, o modo silencioso é para uso mais leve. Em seguida, o equilibrado é para tarefas não tão exigentes.

Full Speed é o nome do último estágio, feito para utilizar em aplicações mais pesadas. No entanto, mesmo extraindo todo o poder que essa máquina possui, isso não quer dizer que é possível abusar dela.

Xiaomi Redmibook Air 13
Foto: Xiaomi Redmibook Air 13

Tela e teclado

O painel de 13,3 polegadas é um dos destaques desse produto pela alta resolução. Dessa maneira, ele se torna ideal para assistir conteúdos via streaming na tela 2.5K. Caso não saiba, esse número é mais do que o dobro do FULL HD de alguns concorrentes.

Ao todo, o display tem mais de 4 milhões de pixels e 300 nits de brilho. Para os que gostam de editar fotos, esse modelo apresenta 100% de gama sRGB. Por último, ela proporciona um amplo ângulo de visão de 178º,  sem distorcer cores.

Quanto ao teclado, os botões são bem espaçados e profundos o bastante para digitar bem. Assim, não há desconforto mesmo após muito tempo em frente a este notebook. O touchpad, por sua vez, segue um bom padrão de qualidade e possui bom tamanho.

Desempenho

Ainda que não tenha foco na mais alta performance, o Xiaomi Redmibook Air 13 não faz feio. Afinal, seu processador i5 de 10ª geração da Intel garante bom desempenho nas tarefas diárias.

No total, são 4 núcleos e 8 threads com velocidades até 4.00 GHz. Ou seja, poderoso o bastante para trabalhos com texto, navegação online ou edição de fotos. Logo, os 16 GB de memória RAM ajudam a manter as aplicações ativas sem nenhum travamento.

A placa gráfica, integrada ao processador, não é das mais potentes. Então, não espere grandes coisas dela e saiba que seu foco é só no uso leve. Qualquer coisa mais pesada vai ser difícil para processar e reproduzir.

Xiaomi Redmibook Air 13
Foto: Xiaomi Redmibook Air 13

Na parte de armazenamento, são 512 GB de capacidade em padrão SSD para rápidas transferências. Do mesmo modo, o usuário terá um sistema inicializando rápido, bem como os programas instalados.

O Wi-fi 6 como novidade

Um dos atrativos desse Xiaomi Redmibook Air 13 é o suporte ao Wi-fi 6. Ou seja, uma conexão de internet 2.7 vezes mais veloz do que seu antecessor. Dessa maneira, é possível transferir arquivos grandes ou ver conteúdos em altas resoluções.

Som e vídeo

Na parte de som, ele tem suporte ao áudio DTS para maior imersão. No entanto, ele não se destaca dos demais, ainda que tenha bom volume e nitidez. Por fim, é possível assistir alguns conteúdos sem perder algo que foi dito.

Para reproduzir filmes, séries ou tipos de vídeos, a UHD Graphics dá conta do recado. Além disso, há suporte para usar até três telas em conjunto com este dispositivo. Nesse cenário, se as telas forem 1080p, a taxa de atualização é de até 120 Hz.

Bateria e carregamento

A bateria de 41Wh do Xiaomi Redmibook Air 13 promete uma longa autonomia. Segundo a marca, são quase 12 horas longe da tomada, um ótimo período. Agora, em um contexto mais real, vai ficar a cargo do próprio usuário esse tempo, a depender dos recursos usados.

Mesmo assim, no dia a dia não deve mudar muita coisa em trabalhos mais leves. Portanto, ele deve durar o suficiente para aguentar um dia todo de tarefas no escritório. Agora, se for o caso, é possível carregar o modelo em uma das suas portas USB Tipo C.

Nesse quesito, a fabricante chinesa equipou o notebook com suporte ao carregamento rápido. Como resultado, é possível ir de 0% a 50% de bateria em apenas 35 minutos na tomada.

Prós do Xiaomi Redmibook Air 13

A tela é, com certeza, um dos destaques desse laptop devido a alta resolução. Além disso, o processador é de uma das gerações mais recentes da Intel. Por fim, os 16 GB de RAM tornam ele uma ótima máquina para várias tarefas simultâneas.

No quesito produtividade, ele pode servir bastante pelo suporte a outras três telas. Logo, é um notebook que consegue dar conta das atividades do dia a dia e o SSD ajuda a ter um desempenho veloz e eficiente.

Contras do Xiaomi Redmibook Air 13

Não ter uma GPU dedicada pode ser um problema em algumas situações. Por exemplo, edição de vídeos ou renderização e modelagem em 3D não são atividades bem executadas neste computador.

A placa integrada ao chip não chega a ser ruim, mas ela limita muito o uso. Por último, esse não é um notebook que possibilita fazer upgrades de RAM. Dessa forma, preste bem atenção antes de comprar porque vai ficar restrito a esse recurso.

Xiaomi Redmibook Air 13
Foto: Xiaomi Redmibook Air 13

Perguntas frequentes

Qual o preço do Xiaomi?

Xiaomi Redmibook Air 13

O Xiaomi Redmibook Air 13 pode ser encontrado por a partir de R$ 6,3 mil. No entanto, a compra do produto só pode ser feita via importação, com possibilidade de tarifas extras.

Quais jogos rodam na placa de vídeo do Xiaomi Redmibook Air 13?

Xiaomi Redmibook Air 13

Em geral, opte por jogos mais leves e em qualidade gráfica não muito alta. Ainda assim, lembre-se que essa placa integrada não é indicada para games, tampouco tarefas pesadas.

Qual a geração do processador i5 no Xiaomi Redmibook Air 13?

Xiaomi Redmibook Air 13

Ao todo, são 11 gerações até a data de produção deste artigo, sendo esta a 10º. Além disso, a Intel se prepara para lançar a 12º leva de chips, prometendo mais desempenho.

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]
você pode gostar também