Quais São As Melhores Cachaças? Descubra o TOP 5!

79

Uma ótima opção para curtir o fim de semana é tomar uma cervejinha, mas também pode ser uma taça de espumante, um shot de tequila, um drink com conhaque, ou quem sabe uma dose de cachaça!

Falando nela, a famosa água que passarinho não bebe é proveniente da cana-de-açúcar e tem teor alcoólico entre 38 e 48%. Ela pode ser tomada pura ou usada em drinks, como a deliciosa caipirinha.

Se você está procurando uma boa cachaça para comprar, venha conferir a seguir a nossa seleção das melhores cachaças do mercado!

Top 5 melhores cachaças

A cachaça é uma bebida exclusivamente feita no Brasil, em diversas regiões, como Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e boa parte da região Nordeste.

Sua procura se deve pelo fato do marcante sabor, ou também para fazer parte de coquetéis. Inclusive, o principal ingrediente da famosa caipirinha é a cachaça.

Cachaça Ypióca Ouro Sem Palha

Mais uma cachaça de qualidade e que merece estar nessa lista de melhores cachaças é a Cachaça Ypióca Ouro Sem Palha.

Em uma garrafa de 965 ml, ela vem com uma aguardente amarelada, que passou por um processo de armazenagem em tonéis de bálsamo e em tonéis de castanheira, por um ano.

É uma cachaça Ouro, com teor alcoólico de 38% e muito saborosa. A marca fabricante é de Fortaleza, Ceará, tem 170 anos de história e é referência em produção de bebidas, em especial a cachaça Ouro.

Cachaça Sagatiba Cristalina Pura

Uma das favoritas dos consumidores é a Cachaça Sagatiba Cristalina Pura, que é da marca Campari.

Ela vem em uma garrafa de 700 ml e tem 38% de graduação alcoólica. Ela é multidestilada em coluna de aço, o que permite criar uma cachaça livre de impurezas, consistente e de alta qualidade.

A marca busca sempre reinventar a tradicional cachaça do Brasil. Seu sabor é leve, com dulçor de cana-de-açúcar e acidez na medida certa. E o aroma é de cana fresca e suave.‎

Cachaça Weber Haus Orgânica Amburana

Outra opção bastante procurada é a Cachaça Weber Haus Orgânica Amburana, de 700 ml.

Ela é uma cachaça da H. Weber Ltda Destilaria, que existe desde 1948, fabricando bebidas e cachaças especiais como essa.

É ideal para curtir bons momentos e saborear uma verdadeira aguardente. Ela tem teor alcoólico de 38%, é amarelada e bem aromática. Não é muito forte, sendo bem saborosa e macia. E não contém glúten.

Cachaça Saliníssima

Com teor alcoólico de 42%, a Cachaça Saliníssima é uma excelente escolha de compra. Ela tem a versão Ouro (600 ml) ou a Prata (670 ml).

Não contém glúten e é produzida na tradicionalíssima região de Salinas, em Minas Gerais. Possui um processo de elaboração artesanal e é envelhecida em barris de Bálsamo.

Tanto a Ouro quanto a Prata seguem o mesmo padrão de produção artesanal. No entanto, a versão Prata é uma cachaça mais clara, ideal para caipirinhas e drinks.

Cachaça Seleta Tradicional 

Para completar nosso top 5, escolhemos a Cachaça Seleta Tradicional, de 1000 ml. Ela também é produzida em Salinas, MG, região conhecida pela produção das melhores aguardentes do país.

Possui 42% de graduação alcoólica, tem sabor adocicado, com notas finais de baunilha, amêndoas e canela. Seu aroma é intenso, amadeirado, pois ela é armazenada em tonéis de Umburana.

Ela é levemente dourada e pode ser apreciada pura ou em coquetéis, seja gelada ou em temperatura ambiente.

Como escolher a melhor cachaça

Hoje em dia, existem diversas cachaças no país, cada uma com sua peculiaridade. Então, para escolher qual realmente é a melhor para você, leve em conta algumas questões, como tipo, teor alcoólico, local da produção, marca e preço.

Primeiramente, analise os tipos que tem, como a cachaça pura (incolor), prata (armazenada em tonéis de inox por um ano), ouro (armazenada em barris de madeira), envelhecida (sabores e aromas mais marcantes), premium (envelhecimento de 1 a 3 anos), extra premium (envelhecimento de 3 anos ou mais).

Veja também seu teor alcoólico. Em geral, as cachaças possuem entre 38 e 48% de graduação alcoólica, ou seja, são bebidas destiladas bem fortes. E observe ainda a sua origem. Atualmente, lugares como Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul e região Nordeste são referências na produção.

Muitas cachaças são produzidas em larga escada, com um processo industrial padronizado e mecanizado. No entanto, há boas aguardentes feitas artesanalmente, que são destiladas gota a gota nos alambiques.

Além disso, verifique, antes de comprar, o preço. Ademais, vale ainda ficar de olho se o site da compra é confiável e seguro, para não cair em golpes ou fraudes. Indica-se comprar sempre em sites recomendados, como os da lista de melhores sites para comprar vinhos.

Você também pode se interessar por:

Como são feitas as cachaças?

As cachaças são aguardentes oriundas da cana-de-açúcar pura ou do mosto (fermentado) do caldo de cana. Elas passam por um processo de destilação para separar os componentes e obter o álcool. Essa destilação pode ser feita em alambiques, artesanalmente, ou em colunas de inox, que geralmente são usadas no processo industrial.

Após a destilação, as cachaças são filtradas para evitar contaminações e algumas passam por envelhecimento em barris de madeira antes de serem engarrafadas. Essas que são envelhecidas possuem um sabor e aroma mais complexos e marcantes.

As pessoas também perguntam

O que harmonizar com a cachaça?

A cachaça pode ser degustada pura ou em drinks. Um coquetel famoso que usa essa bebida brasileira é a caipirinha. Geralmente, se usa a cachaça prata para essa finalidade.

Aguardentes de modo geral podem ser harmonizadas com vários tipos de alimentos, como petiscos e tira gostos. Elas combinam muito bem com torresmo, caldos e sopas.

As cachaças mais amareladas costumam ser mais adocicadas, então elas combinam bem com pratos a base de peixes e frutos-do-mar, assim como risotos. Já as pingas envelhecidas harmonizam-se bem com carnes vermelhas, cozidas ou assadas. Uma feijoada cai muito bem também.

Quais tipos de cachaças existem?

Há vários tipos de cachaça, e a mais comum é a cachaça branca. Ela não sofreu qualquer tipo de envelhecimento durante seu processo de produção e por isso não sofreu alteração em sua cor. No entanto, ela talvez tenha descansado por algum tempo em aço inox ou em barris de madeiras que não soltam coloração.

Geralmente, esse tipo de aguardente possui alto teor alcoólico, tem coloração clara, sabor seco e ardente. São também bem fortes!

Já as cachaças amarelas são aquelas que foram armazenadas ou envelhecidas em barris de madeira, por um anos em média, alterando a sua coloração natural. Nesses casos, de modo geral, o produtor costuma adicionar à sua marca a expressão Ouro.

Mas só porque ela é amarela não quer dizer obrigatoriamente que ela é envelhecida. Muitas pingas amareladas possuem essa cor por causa da adição de extratos de madeira ou calda de caramelo. Logo, elas são mais adocicadas.

A cachaça envelhecida fica pelo menos um ano em tonéis de no máximo 700 litros. Por ser um tonel menor e por ficar retida por mais tempo, as cachaças que passam por esse processo costumam ter um sabor mais intenso e marcante que as armazenadas. Mas isso não é uma regra, pois depende de vários fatores, como a variedade da madeira do barril e a sua idade.

Falando em cachaça armazenada, ela pode ser armazenada por um período que varia entre 2 meses, 5 meses, 1 ano ou até 3 anos, em tonéis de madeira sem limitação de tamanho. Esse processo resulta no amaciamento da bebida, influenciando no seu aroma e sabor de acordo com a madeira.

Qual a cachaça mais vendida do Brasil?

Isso varia muito a depender da época. Mas, atualmente, a cachaça mais vendida nos supermercados de todo o Brasil, nos últimos anos, segue sendo a Cachaça 51. No entanto, nas regiões Sul e Centro-Oeste, a marca de Pirassununga (SP) perde a posição para a Velho Barreiro, que é feita em Rio Claro (SP). Já em Minas Gerais, a cidade de Salinas é que possui tradição de fazer cachaças famosas, como a própria marca Salinas.

Considerações finais: melhores cachaças

Enfim, você conferiu nesse artigo nossas escolhas de compra das melhores cachaças disponíveis da atualidade, selecionadas rigorosamente, levando em consideração a qualidade, marca e lista das aguardentes mais vendidas, entre outros critérios. Claro, também existem muitas outras cachaças boas por aí! E, por isso, demos dicas de como escolher a melhor para você!

Ademais, vale lembrar que há outras opções excelentes de bebidas alcoólicas interessantes, como vinhos brancos, vinhos rosés, vodkas, vinhos do Porto, vinhos chilenos, bem como bebidas energéticas, etc.

Então, se você gostou deste artigo sobre cachaças, deixe um comentário e compartilhe com amigos! Até a próxima!

você pode gostar também
Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Tudo bem! Mais detalhes