O hábito de ler não está presente na vida de muitas pessoas. No entanto, quando alguém está acostumado a dedicar alguns espaços de tempo entre suas atividades cotidianas para ler e falar de suas experiências com livros, é possível vislumbrar o valor de cultivar o espírito com a leitura de bons livros. 

De fato, a leitura é ferramenta de distração para muitas pessoas. O que muita gente não sabe é que além de ajudar a relaxar, ler ajuda a acalmar a mente, além de ser uma peça chave para melhorar a própria maneira de comunicar-se.

 Nesse sentido, há uma imensa variedade de conteúdos, passando pela filosofia, pela história, pela literatura e pela poesia.

Os 3 melhores livros de poesia para ler este ano

Em meio a tantas possibilidades, neste artigo serão apresentados alguns dos melhores livros de poesia para ler ao longo deste ano.

O Que o Sol Faz Com as Flores – Rupi Kaur

O Que o Sol Faz Com as Flores
Livros de Poesia: Melhores para Ler em 2021 5

Publicado em 2018, “O Que o Sol Faz Com as Flores” é a segunda coleção de poemas da poetisa best-seller Rupi Kaur.

Dividido em cinco movimentos (murchar; cair; enraizar; crescer; florescer), o livro de poemas passa das profundezas da falta de amor e da dor que isso provoca para a força e a alegria que podem florescer depois do sofrimento.

 

Onde comprar

 

Sentimento do Mundo – Carlos Drummond de Andrade

Sentimento do Mundo Carlos Drummond de Andrade
Livros de Poesia: Melhores para Ler em 2021 6

“Sentimento do Mundo” foi publicado em 1940, apresentando o impacto do “vento revolucionário” na vasta e imprescindível obra de Carlos Drummond de Andrade (1902-1987).

Neste livro do principal poeta brasileiro estão impressos poemas como “Poema de Sete Faces”, “No meio do caminho”, “Quadrilha”, entre outros.

 

Poesia que Transforma – Bráulio Bessa

Poesia que Transforma – Braulio Bessa
Livros de Poesia: Melhores para Ler em 2021 7

O escritor cearense Bráulio Bessa publicou, em 2018, “Poesia que Transforma”. O livro foi concebido como uma homenagem a tudo aquilo que a poesia pode proporcionar.

Com os poemas escritos no livro, Bráulio relata passagens de sua história pessoal.

 

Importância da poesia

Para falar sobre a importância da poesia no mundo, é necessário explicar com antecedência o que esse gênero literário contribui para a literatura universal.

A poesia é um dos gêneros literários que trata da beleza. Na forma de verso ou prosa, a poesia é usada para expressar imagens que representam sentimentos ou ideias de forma artística. Difere da narrativa porque a forma tem uma importância sublime.

Os temas tratados pela poesia são tão diversos quanto aqueles sobre os quais a narrativa trabalha. Eles podem variar de questões íntimas (experiências pessoais) a questões comuns a um determinado grupo. Os temas e a forma como são abordados dependem crucialmente do tipo de poesia a que o poeta adere.

Outros conceitos relacionados à poesia são: o termo que se usa para designar aqueles que cultivam a arte da poesia, poetas (válido para homens e mulheres), e em um contexto literário também pode ser carinhosamente chamado de vate. Os livros em que os poemas são publicados são chamados de livros de poesia e a declamação pública dos poemas, recitais poéticos.

 

Por que a poesia é importante?

A importância da poesia reside principalmente no fato de nos permitir alargar os nossos horizontes. Ler poesia pode nos ajudar a entender melhor o mundo ou encontrar novas maneiras de dizer as coisas. 

É preciso esclarecer que a poesia também é um espaço de revolução. Nesse sentido, muitos poetas dedicaram seu tempo e escreveram para denunciar as injustiças e promover uma mudança de atitude nos outros.

A poesia também serve para aprender a história de um povo. Graças aos poemas épicos de civilizações antigas, por exemplo, podemos compreender como viviam e abordavam aspectos fundamentais da vida, como a educação ou a arte da guerra. O poeta épico por excelência é Homero.

A poesia nos ajuda a relacionar música e linguagem. Graças à poesia, os seres humanos podem descobrir uma maneira de fazer música com nenhum outro instrumento que não as palavras. Nesse sentido, temos poetas que cultivaram cuidadosamente a musicalidade, em rima ou verso livre. 

A importância da poesia é que graças a ela podemos expressar emoções e usar a linguagem de forma livre. Ao contrário da narrativa, a poesia dá aos escritores a liberdade de se apropriar da linguagem para ressignificá-la.

Principais poetas brasileiros

A poesia também teve grandes expoentes no nosso país. Poetas de diversos estilos deixaram sua marca na história da nossa cultura. Alguns desses nomes foram sugeridos por Débora Silva, graduada em Letras na Universidade Federal de São João del-Rei.

Adélia Prado

Adélia nasceu na cidade mineira de Divinópolis, e sua obra ficou marcada pela temática feminina. A escritora recebeu, em 1978, o Prêmio Jabuti na categoria poesia, pelo poema “O Coração Disparado”.

Augusto dos Anjos

Augusto ficou conhecido pelas inovações que introduz no modo de fazer poesia. O autor teve somente um livro publicado em vida, trata-se da obra “Eu”.

Carlos Drummond de Andrade

“No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”. Talvez sejam esses os versos mais famosos escritos pelo mineiro Carlos Drummond de Andrade.

Nascido na cidade de Itabira, o escritor deixou uma extensa obra, sendo destaque como um dos grandes nomes da segunda geração do Modernismo brasileiro.

O seu poema “No Meio do Caminho” foi publicado em 1928 na Revista de Antropofagia, mas também são de sua autoria títulos como “Amar se Aprende Amando” e “Quadrilha”. É dele um dos livros que indicamos na lista entre os melhores livros de poesia para ler ainda este ano.

Castro Alves

Outro nome que representa muito bem a poesia brasileira é o do Castro Alves. A obra do autor ficou marcada por abordar temas relacionados ao combate ao terrível mal chamado escravidão. Alguns de seus livros são “O Navio Negreiro” e “Espumas Flutuantes”.

Cora Coralina

Cora Coralina ficou conhecida como “a poeta do cerrado”. A escritora publicou seu primeiro livro em 1965, quando já tinha quase 76 anos. “Meu Livro de Cordel” é um dos destaques entre suas obras.

Paulo Leminski

Do cerrado passamos ao sul do país com o curitibano Paulo Leminski. O autor produziu muitas poesias, destacando alguns títulos como “Toda Poesia” e “Quarenta Clics em Curitiba”.

Grandes nomes da poesia internacional

É claro que o grande número de poetas internacionais é infinito, por isso escolhemos 10, aqueles que consideramos sua obra essencial para quem ama as letras. 

Possivelmente alguns de vocês já os conheçam, talvez outros o nome soe familiar, mas você não leu o trabalho deles, e outros podem não saber quem eles foram.

Safo de Mitilene: também conhecida como Safo de Lesbos ou Safo (650/610 aC -580 aC), foi uma poetisa grega que mais tarde foi considerada como parte dos “nove poetas líricos”. É comumente conhecido que o filósofo Platão a chamou de “a décima musa”. Quase não há registro de dados biográficos sobre ela. A maior parte das informações sobre sua vida foi deduzida por meio de seus poemas.

Yalāl ad-Dīn Muhammad Rūmī (1207-1273): também conhecido como Mavlāna ou Mevlânâ ou ainda como Rumí, que significa “originário da Anatólia Romana”. Ele foi um famoso poeta místico muçulmano persa. Ao longo dos séculos, teve uma influência significativa na literatura persa, urdu e turca. Seus poemas são mundialmente famosos, traduzidos em várias línguas e lidos diariamente em países de língua persa, como Irã, Afeganistão e Tadjiquistão.

Por que devo procurar? Eu sou o mesmo, sou como ele.

Sua essência fala através de mim.

Eu tenho procurado por mim!

Pierre de Ronsard (1524 – 1585): foi um escritor e poeta francês do século 16, conhecido como “o príncipe dos poetas e poeta dos príncipes”. Foi considerado um dos membros mais representativos do grupo poético renascentista francês La Pléyade junto com o poeta Joachim du Bellayo.

Sua poesia teve influências do Petrarca, da filosofia platônica e do formalismo clássico com seu vitalismo humanista. Entre suas muitas obras destacam-se: Odas (1550), Amores (1552) e Hinos (1555-56).

Emily Dickinson (1830 – 1886): foi uma poetisa americana, conhecida por sua poesia apaixonada e intensa, que a tornou um dos principais nomes da poesia estadunidenses junto com Edgar Allan Poe e Walt Whitman. 

Emily Dickinson tinha uma vida mais particular e muito fechada à sua comunidade. Aos poucos foi se isolando em sua casa, a ponto de em sua constante intimidade manifestar seus talentos de poeta. Nem uma dúzia de seus quase 1.800 poemas foram publicados. Foi depois de sua morte que foram encontrados cadernos com grande número de versos e material poético para editar.

Qual é a importância da leitura?

Ler é certamente a melhor forma de obter conhecimento. Isso a torna uma das habilidades mais úteis que uma pessoa pode adquirir.

Para muitos, o livro é a maior e mais importante invenção já feita pelos seres humanos, pois graças ao livro as ideias das pessoas podem durar para sempre. Na verdade, todo desenvolvimento tecnológico e científico começa a partir de um documento escrito.

Até os movimentos sociais e acontecimentos históricos mais relevantes da história estão atrelados e partiram de ideias que posteriormente foram postas no papel.

Portanto, como você já deve ter percebido, a leitura é uma prática essencial no crescimento e desenvolvimento da pessoa, tanto intelectual quanto pessoal.

A leitura traz inúmeras vantagens para o futuro de quem lê. Se você está buscando razões para empreender esse caminho, saiba que ler com frequência fará de você uma pessoa muito mais culta, pois lhe fornecerá uma quantidade infinita de informações.

Além disso, acelera sua mente, torna suas ideias muito mais claras, o que se refletirá no momento em que você estiver dando sua opinião sobre algo, pois sua capacidade de argumentação será aumentada.

Da mesma forma, sua escrita e ortografia irão melhorar muito. Ler regularmente leva o cérebro a se familiarizar com o idioma e a enriquecer o vocabulário e a melhorar a gramática.

Dentre a extensa bagagem de literatura produzida, destaca-se a poesia que, entre outras coisas, possui uma incrível capacidade de ajudar a compreender os outros. 

Esse é um dos caminhos para desenvolver a empatia com as emoções de outras pessoas e tentar nos colocar em seu lugar.

Conclusão

Enfim, se os cidadãos de um país devem se armar, sem dúvidas seu arsenal deveria ser de livros. Ler é um exercício capaz de formar pessoas intelectual e culturalmente, e é por meio disso que uma nação realmente pode chegar a ser grande.

Assim como escrever é uma arte, dedicar-se a recorrer com os olhos físicos as linhas de um livro é um caminho que permite a cada pessoa desenvolver sua visão interior. Ler é um caminho de autocuidado e de desenvolvimento humano.

A leitura é ainda uma das principais aliadas de quem quer expressar-se melhor, já que permite aumentar o próprio vocabulário. Nesse sentido, destaca-se entre as obras de literatura toda a produção poética, posto que é a poesia a expressão de sentimentos profundos que nascem no e transbordam o coração humano.

No dia 21 de março é celebrado o Dia Internacional da Poesia aprovado pela UNESCO em 1999. Um dia para comemorar um dos formatos literários de reconhecida tradição mundial. Por isso, aproveite momentos do seu dia para ler aqueles melhores livros de poesia que tiver ao alcance.

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]