O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

Misery: Louca Obsessão, de Stephen King – Resenha

Se você já ouviu falar em “Misery: Louca Obsessão”, ou mesmo no renomado autor Stephen King e ficou curioso para saber do que se trata, este post vai te ajudar. Continue a leitura e fique por dentro do universo de King, o “mestre do terror” que já encantou multidões por todo o mundo.

Misery: Louca Obsessão, de Stephen King

Imagem com Misery: Louca Obsessão inclinado
Foto: Misery: Louca Obsessão inclinado

“Misery” (no Brasil, “Misery: Louca Obsessão”) é um livro de terror que teve sua primeira publicação nos Estados Unidos em 1987 e nesse mesmo ano se tornou um best seller. Na época, Stephen King já era conhecido e autor de várias obras de sucesso. Ainda assim, Misery serviu para consagrar seu nome ainda mais perante o público amante do universo do terror e do suspense.

Características:

  • Publicação no Brasil: Editora Suma, 1ª edição (2014);
  • 328 páginas;
  • Dimensões do produto: ‎ 22,8 (altura) x 15,8 (largura) x 2,2 cm (lombada);
  • Gênero: Terror/suspense.

Sinopse

Imagem com Misery: Louca Obsessão em pé
Foto: Misery: Louca Obsessão em pé

A história acompanha Paul Sheldon, escritor de uma série de livros de sucesso que sofre um acidente de carro que poderia ter ceifado sua vida. Após derrapar na neve, ele é resgatado por Anne Wilkes, uma enfermeira aposentada que lê vorazmente seus livros e se autoproclama sua fã número um.

Aos poucos, o que parecia ser um ato de bondade se torna um pesadelo: Sheldon se vê sob o domínio da mulher, que demanda que o destino Misery Chastein, sua protagonista favorita, seja reescrito. A qualquer negação a esse pedido, a resposta é a violência. Em cárcere privado, Paul Sheldon se vê obrigado a usar estratégias para lutar pela própria vida.

Resenha

Indo na contramão de vários livros em que o autor cria primeiro um cenário e ambientação detalhada para preparar o terreno para a história, em Misery o leitor já se vê na “toca do lobo” logo nos primeiros parágrafos. O autor não perde tempo detalhando os caminhos que levaram o personagem Paul Sheldon até a situação assustadora na qual ele se encontra. Apresenta o acidente na nevasca de forma breve e, em seguida, já revela que Sheldon é cativo de uma mulher desequilibrada.

Entretanto, é nesse ponto que Stephen King demonstra sua maestria na escrita: ainda que ele revele que o personagem está nessa situação aterradora, a gravidade da situação vai se revelando aos poucos. Esse é justamente um dos pontos que costuma agradar o público fã dessa obra: a construção do suspense ao longo da narrativa. Ela se dá à medida que Paul Sheldon vai descobrindo pouco a pouco a situação em que se encontra preso, e esse processo ocorre junto com o leitor.

A cada página, o cativeiro de Sheldon se intensifica, criando um ambiente claustrofóbico em meio ao qual o próprio leitor se vê, experimentando a adrenalina do perigo, entretanto, sem correr riscos como o personagem.

Estrutura e Design

A edição em português que está disponível nas plataformas digitais, inclusive em sites gigantes como a Amazon ou o Submarino, é a de 2014, da editora Suma. Essa é a única e primeira edição em português, ainda que o livro tenha sido originalmente publicado em 1987 nos Estados Unidos pela editora Viking.

A capa do livro é do modelo mais comum, ou seja, não se trata de uma edição em capa dura nem uma edição de bolso. Com 328 páginas, suas medidas são de 22,8 cm no sentido vertical (altura) e 15,8 cm no sentido horizontal (largura), com 2,2 cm de lombada.

Adaptação para o cinema

Imagem com Misery: Louca Obsessão em fundo azul
Foto: Misery: Louca Obsessão em fundo azul

Após o grande sucesso de “Misery”, o livro foi adaptado para o cinema em um filme homônimo, no Brasil apenas intitulado “Louca Obsessão“. Lançado em 1990 e dirigido por Rob Reiner, o filme é considerado por muitos uma boa adaptação da obra. Ainda que tenha suas próprias particularidades, detalhes que divergem do enredo do livro, a versão cinematográfica tem seu próprio valor. Contracenam James Caan como Paul Sheldon e Kathy Bates interpretando a instável Annie Wilkes, personagem que a levou a ganhar o Oscar de Melhor Atriz. O filme conta com uma nota de 7,8 no site imdb.

Sobre o autor

Quem é Stephen King?

Stephen Edwin King nasceu em 1947 em Portland e desde sua infância demonstrou interesse pelo universo dos livros e da literatura, escrevendo pequenas histórias. Seu primeiro romance publicado foi Carrie, em 1974, que fez grande sucesso e até hoje é considerado uma de suas maiores obras.

Chamado de “mestre do terror”, King é considerado um dos maiores e mais relevantes autores da atualidade. Já publicou mais de 60 obras e seus livros venderam mais de 400 milhões de cópias, tendo sido publicados em uma média de 40 países.

Prós

  • Livro aclamado e bem recebido pela crítica;
  • Narrativa dinâmica, leitura rápida;
  • Autor de renome, considerado um dos melhores do gênero terror/suspense;
  • Obra bem escrita, aumento gradual do suspense ao longo da história.

Contras

  • Pouca versatilidade na classificação indicativa: conteúdo não indicado para todos os públicos.
  • Edição simples e sem muitos atrativos, não há edições específicas dessa obra para colecionadores.

“Misery: Louca Obsessão” é bom?

Afinal, “Misery: Louca Obsessão” vale a pena?

Se você nunca leu Misery, talvez já tenha ouvido falar nesse livro e esteja em dúvida se ele é mesmo “tudo isso” que tantos falam. Como o gosto por uma ou outra literatura é algo de cunho pessoal, o que podemos oferecer aqui é nossa perspectiva em relação a essa obra e, a partir dela, você poderá tirar as próprias conclusões.

Misery: Louca Obsessão vale a pena não apenas porque é um “clássico” do suspense de King, mas também pelo cuidado excepcional com o qual ele constrói a trama, criando um ambiente claustrofóbico no qual podemos sentir o desespero do personagem, angústia que se intensifica à medida que as páginas avançam.

Por que ler “Misery”?

Esse livro é um exemplo de como a literatura pode nos proporcionar experiências distintas e emocionantes, do medo ao perigo, do terror ao nervosismo, tudo isso sem de fato nos colocarmos na situação em si, ou seja, experimentando o sentimento de estar em risco, mas seguros em nossas casas. Lemos o que lemos pela experiência que a narrativa nos proporciona, e com Misery não é diferente. É uma obra que faz o leitor prender a respiração junto ao personagem, e ao final, os nós se desatam, oferecendo uma conclusão digna da história – para o bem ou para o mal do personagem.

As pessoas também perguntam

Quais as melhores obras de Stephen King?

Não é fácil definir quais as melhores obras de King. Dentre seus mais de 60 livros publicados, uma grande quantidade deles teve ótimo recebimento por parte do público e da crítica literária e muitos foram adaptados para o cinema.
As histórias que mais costumam agradar ao público e contam com uma popularidade maior são Carrie, Misery: Louca Obsessão, O Iluminado, O Cemitério e A Coisa.

Qual a melhor versão de Misery, o livro ou o filme?

Ambas as obras têm seu valor separadamente. O livro apresenta como vantagem o fato de conter mais detalhes e ser possível compreender melhor os pensamentos do protagonista. Por outro lado, o filme também é focado no suspense psicológico e apresenta de forma visual aquilo que os leitores só podiam visualizar por meio da própria imaginação. Tratam-se de propostas diferentes, mas complementares.

Como o livro “Misery: Louca Obsessão” foi recebido pela crítica?

Misery foi muito bem recebido pela crítica e inclusive ganhou o prêmio Bram Stoker de melhor romance no ano de 1987. O filme também teve ótima recepção, sendo ganhador do Oscar (Melhor Atriz, 1991) e Globo de Ouro (Melhor Atriz em Filme Dramático, 1991).

Considerações Finais

Agora que você já sabe do que se trata “Misery: Louca Obsessão”, pode decidir adquirir ou não o livro com base em sua preferência literária. Em todo caso, essa é uma obra que recomendamos por sua ótima escrita, construção de enredo e personagens.

Você já leu esse livro? Pretende lê-lo no futuro? Deixe aqui embaixo nos comentários sua experiência e impressões!

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]
você pode gostar também
Comentários
>