O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

Evangelho de Sangue, de Clive Barker – Review Completo

Quem nunca ouviu falar sobre “Hellraiser – Renascido do Inferno”, o livro que originou várias obras cinematográficas que hoje encantam os fãs do gênero terror?

Em Evangelho de Sangue, Clive Barker traz de volta o universo sombrio de Hellraiser, e neste post iremos dar mais informações sobre a nova obra do autor. Vamos lá?

“Evangelho de Sangue: Bem-vindo ao Inferno”, de Clive Barker

Imagem com Evangelho de Sangue, de Clive Barker, de lado
Foto: Evangelho de Sangue, de Clive Barker, de lado

Evangelho de Sangue é um livro de Clive Barker lançado pela primeira vez no Brasil no ano de 2016 pela editora Darkside. Mais abaixo, você vai descobrir mais sobre essa bela edição e o que o autor traz de novo sobre o conhecido universo de Pinhead e os cenobitas.

Características:

  • Autor: Clive Barker
  • Editora: Darkside
  • Data de publicação (Brasil): 2016
  • Dimensões: 23,4 (altura) x 15,8 (largura) x 1,6 cm (lombada)
  • 320 páginas

Sinopse

Passando-se no universo ficcional de Clive Barker, a história acompanha o detetive nova-iorquino Harry D’Amour, personagem presente em outras obras do autor.

D’Amour é um investigador do sobrenatural, e por meio de sua amiga Norma, uma mulher cega que, porém, tem a capacidade de ver espíritos, recebe a tarefa de visitar uma casa misteriosa para resolver o assunto inacabado de um espírito.

Lá, ele se percebe vítima de uma emboscada: sem intenção, acaba invocando Pinhead, o cenobita, criatura pertencente a um círculo do inferno.

Agora, D’Amour precisa pedir ajuda e calcular bem seus passos se quiser escapar das garras de seres sobrenaturais e demoníacos que passam a persegui-lo.

Resenha

Imagem com Evangelho de Sangue, de Clive Barker, de frente
Foto: Evangelho de Sangue, de Clive Barker, de frente

Para leitores de estômago forte

É sabido pela maioria dos leitores vorazes que nem todo livro é para todos os gostos. O Evangelho de Sangue não foge a essa regra.

Ele está relacionado a uma série de livros de Barker chamada “Livros de Sangue”, nos quais são mostrados elementos de um mesmo universo criado pelo autor, o dos cenobitas.

Entretanto, Evangelho de Sangue, embora converse com essas obras, não é exatamente uma sequência que só pode ser lida em uma ordem específica, pois se trata de uma obra separada.

“Evangelho de Sangue: Bem Vindo ao Inferno” não é para todos os gostos. Ele choca, causa repugno e repulsa ao leitor, e essa reação é esperada.

Afinal, trata-se de uma história na qual criaturas demoníacas representam um papel muito importante. Pinhead, o cenobita, quer dominar o Inferno, e não medirá esforços para consegui-lo, utilizando tudo e todos da maneira mais cruel possível como ferramentas para atingir seu intento.

Ao longo do livro, há cenas gráficas de sexo, tortura e sangue que não é para estômagos fracos, mas a obra parece conversar muito bem com seu público.

A criatividade de Barker

O que encanta no universo por vezes perverso de Barker é a criatividade ao trabalhar com temas já tão desgastados, como demônios e o horror baseado no tema religioso.

Poderíamos enumerar dezenas de filmes, livros e séries de televisão que já utilizaram esses mesmos elementos à exaustão, esgotando todas as combinações óbvias de roteiro e tornando a temática saturada.

É nesse ponto que Clive Barker se destaca, pois ao lançar mão de tais elementos, ele consegue inovar trazendo ideias novas e extremamente criativas.

Com uma escrita elogiada e que não tem medo de chocar, quando quer, devido à riqueza de detalhes, Barker nos traz mais informações sobre seu universo já tão rico, incluindo o personagem Harry D’Amour, que já apareceu antes em suas criações.

O universo comum das histórias de Barker

Os fãs já notaram: parece haver algo em comum nas históras do autor.

Elas se passam na mesma realidade e muitas vezes se entrelaçam, como é o caso do personagem Harry D’Amour, que aparece pela primeira vez no conto “The Last Illusion”, no Volume 6 dos Livros De Sangue.

Os cenobitas, criaturas sinistras que ficaram eternizadas pelas adaptações de Hellraiser nos cinemas, também aparecem em diversas histórias do autor, e a cada narrativa mais detalhes importantes são adicionados a esse rico e macabro universo ficcional.

Prós e Contras de “Evangelho de Sangue”, de Clive Barker

Imagem com Evangelho de Sangue, de Clive Barker, e marcador de página
Foto: Evangelho de Sangue, de Clive Barker, e marcador de página

Prós

  • História com elementos muito criativos, consegue inovar em um tema já saturado
  • Traz mais riqueza de detalhes para o universo ficcional do autor
  • Edição muito bonita, apreciada pela maioria dos fãs

Contras

  • Não é indicado para um público tão amplo por conter muita violência
  • Nem sempre o preço é acessível

O Autor

Quem é Clive Barker?

Escritor, roteirista, cineasta e ator. Clive Barker, nascido em 5 de outubro de 1952 em Liverpool, Inglaterra, é conhecido por muitos motivos, mas sua obra mais famosa é “The Hellbound Heart”, popularizada no Brasil como “Hellraiser – Renascido do Inferno”, livro que causou alguma controvérsia, mas nem por isso deixou de ser um sucesso de vendas.

Hellraiser foi adaptado para o cinema, originando uma trilogia original e, devido a seu grande sucesso, também deu origem a várias sequências que dividem opiniões.

“Evangelho de Sangue”, de Clive Barker é bom?

Afinal, “Evangelho de Sangue” Vale a Pena?

Chegamos nas perguntas mais esperadas: será que Evangelho de Sangue é bom? Vale a pena?

Bem, isso é algo relativo. A primeira coisa a se considerar é que esse livro definitivamente não é para todo tipo de leitor.

Por ter uma temática já polêmica e conter extrema violência, o conteúdo da história pode chocar os leitores mais sensíveis.

Por outro lado, os que estão acostumados com os gêneros horror e terror, vão apreciar essa obra como ninguém.

É sabido que Clive Barker é um grande autor desse nicho de histórias mais macabras e viscerais, tendo sua popularidade e prestígio assegurado entre seus fãs.

Ele até mesmo é elogiado por outros nomes grandes do terror, como Stephen King, por exemplo. Dito isso, podemos afirmar que Evangelho de Sangue é bom no que se propõe a fazer.

Ou seja, é bom em seu nicho, e aqueles leitores que já gostam e/ou estão acostumados com esse tipo de história têm grandes chances de gostar da obra, portanto fica para eles nossa recomendação desse livro.

As pessoas também perguntam

Qual a ligação entre Evangelho de Sangue e Hellraiser?

A um olhar mais atento, os livros de Clive Barker mostram um mundo comum de suas histórias, como se de alguma forma todas (ou ao menos várias delas) ocorressem em uma mesma realidade. Hellraiser apresenta aos leitores o universo macabro dos cenobitas, criaturas andróginas e deformadas que habitam o inferno. Clive Barker traz essa narrativa em várias de suas histórias, e Evangelho de Sangue é uma delas. Ainda assim, é perfeitamente possível compreendê-la mesmo sem ter lido os demais livros do autor que abordam esse universo.

Quais outros livros bons de Clive Barker?

Para quem gostar de Evangelho de Sangue, é altamente recomendada a leitura dos Livros de Sangue, uma coleção de contos do autor que abordam essa mesma realidade dos cenobitas. Também há Hellraiser e Candyman, este último tendo sido adaptado para o cinema em 1992.

Os filmes do universo de Hellraiser são bons?

Existem vários filmes de Hellraiser, que foram refilmados algumas vezes e em alguns momentos a franquia esteve envolvida em trâmites de quem detinha os direitos de produzir a adaptação. Alguns desses filmes são muito elogiados e outros rechaçados pela crítica. Um exemplo de adaptação considerada ruim é a versão de 2011, “Hellraiser: Revelations”, enquanto a de 1987 (intitulada apenas “Hellraiser”), é vista como a melhor.

Considerações Finais

Neste post, apresentamos a obra “Evangelho de Sangue – Bem Vindo ao Inferno”, de Clive Barker, mostrando de que maneira é relacionado a outros grandes sucessos do autor, os “Livros de Sangue”.

Esperamos ter te ajudado a compreender melhor o livro e que esta leitura possa te impulsionar a adquiri-lo.

Mas agora queremos saber sua opinião. Deixe suas impressões aqui embaixo na seção de comentários!

Clique para avaliar
[Total: 1 Nota: 1]
você pode gostar também
Comentários
>