O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

A Essência do Mal (Luca D’Andrea) Vale a Pena? Resenha

Caso você nunca tenha ouvido falar na obra “A Essência do Mal”, de Luca D’Andrea, neste texto vamos passar todas as informações mais importantes sobre o livro, sua sinopse, resenha e enredo, prós e contras. Vem com a gente!

A Essência do Mal, de Luca D’Andrea

Imagem com A Essência do Mal – Luca D’Andrea deitado
Foto: A Essência do Mal – Luca D’Andrea deitado

A Essência do Mal é um livro de terror que foi publicado pela primeira vez em 2016 e ganhou uma edição no Brasil em 2018 pela editora Intrínseca.

O design do livro é bonito e combina com o enredo, a capa dura apresentando uma imagem das montanhas que aparecem na história e passando uma atmosfera de mistério que o leitor com certeza encontrará nas páginas.

Características:

  • Autor: Luca D’Andrea
  • Editora: Intrínseca
  • Data de publicação: 1 de junho de 2018
  • Gêneros: Suspense, mistério
  • 368 páginas

Sinopse

Jeremiah Salinger é um documentarista que, em certo trabalho de filmagem sobre socorristas de montanhas, sofre um acidente de helicóptero do qual sai como o único sobrevivente.

No período em que passa na região montanhosa, ele escuta uma voz assustadora e sente uma presença invisível que passa a chamar de “Besta”.

Pouco tempo depois, passando por um Estresse Pós Traumático e tentando se recuperar do choque do acidente, ele faz um passeio com sua filha de 5 anos a um antigo desfiladeiro com fósseis.

Lá escuta uma conversa sobre um massacre ocorrido naquele local muitos anos atrás, um assassinato que nunca foi solucionado. Como forma de escapar de sua realidade traumática, Jeremiah começa a investigar os crimes para trazer luz a aquele passado aterrador.

Resenha

Luca D’Andrea acerta em cheio na ambientação nesse suspense de estreia. A história se passa em uma região de montanhas, portanto, uma área afastada e misteriosa que esconde formações geológicas similares a um labirinto.

Esse livro é mais uma história de mistério do que de fato uma narrativa assustadora de suspense. Ele foca nos segredos intrincados dos personagens e situações da trama, e adiciona algumas pitadas de drama pessoal do personagem.

Para melhor ou pior, depende do ponto de vista, o autor não tem pressa na narrativa, de modo que tudo acontece de uma maneira gradual, o mistério sendo construído aos poucos.

Para um leitor que prefere os thrillers dinâmicos e que tiram o fôlego, a obra pode não agradar, mas quem gosta de sutileza na construção do suspense, terá grandes chances de gostar do livro.

Jogo psicológico

Imagem com A Essência do Mal – Luca D’Andrea de lado
Foto: A Essência do Mal – Luca D’Andrea de lado

Outra coisa importante a ser lembrada é que sendo o personagem um sobrevivente de acidente com transtorno pós traumático, há aí um jogo psicológico que nos faz indagar durante a leitura se ele não está imaginando algumas coisas como consequência de seu trauma, e essa parece ser a intenção do autor.

Afinal, “a Besta” realmente existe ou é criação da mente perturbada e traumatizada de Jeremiah Salinger? Ou será que ambos os casos são reais, ou seja, Salinger se deparou de fato com algo sobrenatural justo durante um período de instabilidade emocional?

Luca D’Andrea brinca com esses dilemas, fazendo o leitor se perguntar, a cada página, qual será o desfecho do mistério.

Reviravoltas e plot-twists

Em uma obra como essa, não pode faltar o famoso “plot-twist”, não é mesmo? E Luca D’Andrea nos entrega justamente isso, ao mostrar, ao longo da história, várias situações de quebra de expectativa.

Se nos referirmos a grandes reviravoltas, em dois momentos da história elas acontecem, mas isso não agradou a todos os leitores. Isso porque, se a primeira reviravolta de Luca D’Andrea entrega surpresa, choque e aquela sensação de “eu nem imaginava”, a segunda acaba atrapalhando um pouco a trama de acordo com algumas críticas.

Crítica

De modo geral, A Essência do Mal tem sido muito elogiado pela crítica e pelo público, ainda que nenhuma obra seja unanimidade – o que já é esperado. O que levou muitos a comprarem esse livro foi a frase na capa de trás do livro que compara sua escrita a de Stephen King.

Embora exista, de fato, uma semelhança que mostra as claras referências de D’Andrea, compará-lo ao famoso “mestre do terror” já é um pouco exagerado. Isso porque é o romance de estreia desse autor e ele ainda tem muito o que aperfeiçoar.

Além do mais, há uma autêntica legião de fãs de Stephen King no mundo, e muitos deles não costumam ver esse tipo de comparação com bons olhos.

É, sobretudo, uma estratégia de marketing associar um autor iniciante a outro já estabelecido no mercado. Mas isso também não quer dizer que o escritor iniciante em questão não tenha talento. No caso de D’Andrea, a crítica tem sido favorável, elogiando suas habilidades narrativas.

Prós e Contras de “A Essência do Mal”

Imagem com A Essência do Mal – Luca D’Andrea inclinado
Foto: A Essência do Mal – Luca D’Andrea inclinado

Prós

  • Ótima ambientação
  • Boa escrita e descrições
  • Livro com muitas avaliações positivas e bem elogiado de modo geral

Contras

  • Ritmo da narrativa é lento, o que pode ser maçante para alguns leitores

O Autor

Quem é Luca D’Andrea?

Luca D’Andrea nasceu em 1979 em Bolzano, na Itália, onde lecionou durante 10 anos. É escritor e roteirista, e com seu romance de estreia, A Essência do Mal, está dando indícios de ser a próxima revelação do gênero suspense, sendo muito elogiado pela crítica.

Por ser um autor iniciante, aos poucos ainda está começando a ser conhecido pelo público. Lançou outras obras após A Essência do Mal: Sanctuary (2019) e The Wanderer (2022), que ainda não foram traduzidas para o português.

“A Essência do Mal” é bom?

Afinal, “A Essência do Mal” Vale a Pena?

Chegamos ao momento decisivo desta análise. Será que A Essência do Mal é mesmo bom? Vale a pena? Isso é o que vamos buscar responder agora.

Em primeiro lugar, dizer que um livro é bom e vale a pena reflete a opinião de quem está dizendo, e não uma verdade inquestionável. Pessoas são diferentes, assim como seus gostos. Dito isso, vamos ao que interessa. Podemos dizer que sim, A Essência do Mal é um livro bom e que vale a pena.

Recomendamos a leitura para quem já gosta do gênero suspense e se amarra em mistérios, investigações, assassinatos, etc. Também chamamos a atenção para o fato de que quem prefere livros com um ritmo mais lento, que vai pouco a pouco construindo a trama, essa é uma boa escolha.

O livro já não é tão recomendado para quem quer um ritmo narrativo frenético, fortes emoções o tempo todo e coisas desse tipo. Isso porque Luca D’Andrea tem uma outra abordagem e proposta.

As pessoas também perguntam

Onde se passa A Essência do Mal?

A história é ambientada em uma cidadezinha remota da Itália chamada Siebenhoch, provavelmente um local fictício, já que não encontramos indícios de se tratar de uma localização real. O cenário é escuro, frio, montanhoso e cheio de névoa, enfim, um ambiente perfeito para uma história de mistério. Fica muito claro ao longo do livro como o local é importante e combina perfeitamente com a atmosfera da trama.

Quais outros livros de Luca D’Andrea?

Luca D’Andrea tem outras obras além de A Essência do Mal, mas nenhuma outra além dessa foi ainda traduzida para o português. São elas: Sanctuary (2019) e The Wanderer (2022).

Sobre o que fala A Essência do Mal de forma resumida?

O livro conta a história de um documentarista chamado Jeremiah Salinger que começa a investigar alguns assassinados ocorridos muitos anos atrás como forma de suportar o estresse pós traumático causado por um acidente no qual ele foi o único sobrevivente.

Considerações Finais

A Essência do Mal é um livro de mistério que tem tido grande sucesso no mundo inteiro, cativando muitos leitores. Neste post, nos dedicamos a apresentar esse livro, trazendo os detalhes mais importantes para sanar todas as suas dúvidas. Se gostou do texto, deixe sua opinião aí embaixo nos comentários!

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]
você pode gostar também
Comentários
>