Xiaomi 11T Pro, smartphone topo de linha da marca chinesa foi anunciado em setembro. O celular aparelho possui um sistema de carregamento rápido que promete repor a bateria em apenas 17 minutos. Agora, a fonte confiável que foi responsável pela desmontagem do aparelho, o PBKreviews, está nos oferecendo uma visão geral do telefone com seu vídeo mais recente.

Apesar de ainda não ter data para chegar no Brasil, a Techtudo disse que o preço sugerido para o Xiaomi 11T Pro na Europa é de 649 euros, cerca de R$ 4.000 em conversão direta.

Leia mais:

Ele vem nas cores azul celestial, luar branco e cinza meteoro. O aparelho traz processador Snapdragon 888 (Qualcomm), câmera tripla de até 108 MP e versões com 12 GB de memória RAM. Por outro lado, não traz “Mi” no nome, conforme divulgado pela fabricante.

Acima de tudo, o 11T Pro será conhecido por sua excelente tela, forte desempenho e carregamento absurdo de 120W. Confira abaixo:

O que pode ser visto por dentro do Xiaomi 11T Pro

Estalar a placa de vidro traseira revela um bando de parafusos que precisam ser desfeitos antes de chegarmos à placa-mãe e às câmeras.

A tampa de plástico acima das câmeras abriga o módulo NFC, as linhas da antena e uma grande tira de filme de grafite que fica acima da bateria.

O Xiaomi 11T Pro tem uma estrutura de bateria dupla com cada módulo tendo seu próprio cabo de conexão.

A placa-mãe abriga um sistema de resfriamento bastante elaborado com filme de grafeno, pasta térmica e fita de cobre ajudando a manter o Snapdragon 888 sob controle.

Depois de vários suportes e cabos de conexão, o host consegue desconectar as baterias duplas por meio das abas de puxar incluídas.

A parte inferior do departamento de bateria é equipada com ainda mais filme de grafite e uma câmara de vapor de cobre, o que é compreensível devido aos recursos de carregamento rápido de 120W do dispositivo.