As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Como descobrir se o celular tem app espião?

Muito se fala sobre as ameaças virtuais como é o caso de um ramsomware ou pishing, que infelizmente podem ocasionar o vazamento de dados e até a perca de seu poder aquisitivo, acessando as contas bancárias. Porém existem outros problemas digitais como esses, e um deles que está atacando o celular de muita gente são os app espiões.

Quem está por dentro das notícias do mundo sabe da polêmica que o app israelense Pegasus está causando para muitas pessoas, sendo utilizado principalmente por governos ditatoriais com o principal intuito de espionar os deputados e parlamentares de oposição.

Embora esse tipo de app parece estar ainda longe da realidade brasileira, é muito importante saber como esse tipo de programas funcionam e se precaver. Sendo assim, independente de se for uma organização governamental ou mesmo que seja de uso de um programa espião para monitorar um alvo, é preciso estar atento aos hackers.

Como identificar se um aplicativo espião foi instalado em um celular iOS?

Usuários de Iphone e demais aparelhos da Apple acabam sendo alvos constantes da campanha do aplicativo espião Pegasus, mas isso não quer dizer que esse tipo de situação seja comum no iOS, inclusive sendo menos propício do que ocorra em um Android.

Isso ocorre por que a abordagem do telefone da famosa marca da maçã acaba impedindo com que essa loja de softwares seja mais acessível para a chegada de programas maliciosos e que como é o caso do Pegasus acabam se espalhando com muita facilidade.

Esses apps maliciosos geralmente atacam um iOS apenas quando não tiveram realizado corretamente o jailbreak em um dispositivo Apple. Como os aplicativos não passam por checagens tão extensas nesse sistema em comparação com o Android, infecções de outros tipos como os softwares espiões podem acabar ocorrendo.

Se isso ocorrer, a forma mais recomendada para se livrar deles é realizar a restauração de fábrica do aparelho.

Como identificar um aplicativo espião que foi instalado em um celular Android?

No Android a situação já muda bastante em relação com o iOS, já que embora oficialmente de acordo com o Google, ao identificar que existem aplicativos maliciosos na sua loja de softwares, o caminho até a remoção pode acabar demorando.

Isso poderá deixar a ameaça até mais disponível para que outros usuários sejam afetados. Em caso de que ocorra uma suspeita de que o seu telefone Android foi afetado por um vírus, existem algumas dicas que podem ajudar a realizar o processo de identificação.

Uma das mais comuns que pode ocorrer é que o aparelho comece a esquentar rapidamente e mesmo em dias onde a temperatura seja baixa. Outro detalhe comum de um telefone que foi afetado por vírus é a sua bateria, que começará a durar menos do que o comum.

O tempo para que esse telefone seja ligado ou desligado também pode acabar sendo afetado, além das notificações inesperadas e sem relação ao uso do aparelho que também podem começar a surgir.

Em caso de que esses sinais se tornem frequentes, o mais recomendado é que o usuário acesse a lista de todos os aplicativos que foram instalados no seu dispositivo e procure por programas suspeitos que ele não tenha conhecimento de ter baixado.

Além disso, pensando em ter ainda mais proteção, também é importante pensar em soluções como antivírus que sejam específicos para o sistema Android e que também podem se mostrar úteis no processo para identificar e realizar a prevenção contra as ameaças.

O perigo pode estar ao seu lado

A instalação dos temidos spywares pode geralmente estar ligadas ao acesso físico do aparelho celular. Geralmente, as pessoas que estejam próximas do indivíduo espionado podem acabar tendo acesso ao login e senha do dispositivo de uma forma muito simples, o que irá aumentar as chances de invasão de privacidade.

Um estudo recente que foi feito pela empresa especializada em segurança digital, Kaspersky, mostrou que entre os motivos mais usados para realizar a espionagem de um aparelho celular, os que mais se destacam são:

  • Suspeita de infidelidade;
  • Preocupação com a segurança do parceiro;
  • Suspeita de atividades de criminosos.

Outro fator importante e que deve ser ressaltado é em relação a instalação de apps que contenham malwares e spywares que também podem ser encontrados nas lojas oficiais, como a App Store e a Play Store.

Como remover um aplicativo espião no celular?

O processo de remoção dos aplicativos espiões não é um processo tão simples como se parece, porém é claro que é muito importante e deverá ser realizado.

Uma boa alternativa para quem estiver utilizando um celular Android, é de apostar em um antivírus confiável para realizar tanto a varredura como também a remoção desse app espião. Além do mais, este também tende a ser o procedimento mais simples e rápido de se fazer.

Os aplicativos também podem ser removidos manualmente. É claro que esse processo requer um pouco mais de cuidado para que algum aplicativo que seja essencial não seja excluído, além da situação adicional para o Android, onde as etapas podem ser distintas para cada fabricante.

Caso nenhuma das opções acima funcione, apenas será preciso restaurar as definições por versão de fábrica. Tenha em mente que esse processo vai fazer com que todos os apps e dados do seu aparelho sejam excluídos. Após concluir, faça sempre um check-up para que o seu aparelho se mantenha atualizado.

É possível instalar um spyware no iPhone?

A probabilidade de encontrar um aplicativo espião em um iPhone é relativamente baixa, ainda mais quando se pensa em um spyware. Este benefício é concedido graças as condições que foram impostas pela Apple, o que obviamente ajuda a aumentar a segurança do celular.

É claro que isso não significa que o sistema seja inviolável, mas é claro que será muito mais fácil combater as ameaças. Já no Android a história pode seguir um outro caminho, pois além da Play Store é possível instalar outros aplicativos APK e que caso não se tenha conhecimento, pode se mostrar como um tremendo prejuízo.

você pode gostar também
Comentários