A série americana de televisão que pertence ao gênero drama e suspense, The OA se tornou uma das principais obras de ficção científica e fantasia lançada pela Netflix. A produção de Zal Batmanglij e Brit Marling trouxe uma cara totalmente nova par ao estilo de entretenimento.

Com enredo bastante diferente, a série conta a história de uma garota que some por alguns anos e reaparece depois. Por ser cheia de mistério The AO recebeu críticas muito favoráveis e também arrastou uma legião de fãs que gostaram de acompanhar toda a trama e também a personagem principal e tudo o que acontece com ela. Para saber mais sobre a série, continue lendo.

The OA – Trailer

A série possui uma trama que é repleta de mistérios e reviravoltas, com isso, somente por assistir aos trailers é possível criar uma infinidade de novas teorias para tentar entender o que acontecerá na história.

O trailer oficial da série, do seu lançamento, é repleto de cenas que atiçam ainda mais a curiosidade de quem tem interesse por esse gênero de série. Por ser um estilo muito produzido pela plataforma da Netflix, a empresa sabe do que o público gosta e por isso, quase nunca erra.

Veja abaixo o trailer oficial da série para conhecer um pouco do que é tratado nesta série cheia de mistérios.

Elenco The OA

O elenco da série conta com uma particularidade. Existem os atores e atrizes que fazem parte do elenco regular e os que são recorrentes. Isso acontece devido ao próprio enredo da série, o que não atrapalha em nada o seu desenvolvimento ou entendimento, apenas coloca mais nomes e mais talentos dentro do estúdio.

A Netflix manteve firme sua escalação de atores para interpretar personagens que são tão curiosos em uma história tão única. Veja abaixo os nomes que fazem parte desse elenco.

The OA
Brit Marling
Personagem: Prairie Johnson
The OA
Jason Isaacs
Personagem: Dr. Hunter Aloysius Percy
The OA
Emory Cohen
Personagem: Homer
The OA
Patrick Gibson
Personagem: Steve Winchell
The OA
Ian Alexander
Personagem: Buck Yu
The OA
Phyllis Smith
Personagem: Elizabeth Broderick-Allen

Resume da série The OA

A jovem que desaparece na série é Prairie Johnson, interpretada por Brit Marling, uma jovem cega que é adotada e que desaparece misteriosamente. Sete anos depois ela retorna podendo enxergar normalmente, com algumas cicatrizes nas costas, e se denominando como “AO” (Original Angel).

A personagem então não diz aos pais e nem ao FBI o motivo de seu sumiço, por onde ela andou e nem o que aconteceu para que ela voltasse a enxergar. E tudo isso, passa a ser um grande mistério para todos a sua volta.

Ao invés disso, Prairie reúne cinco pessoas para contar tudo o que se lembra e ao explicar a história da sua vida e então pede ajuda para encontrar mais pessoas que estão desaparecidas na mesma dimensão onde ela foi parar.

Toda essa história do seu sumiço acontece no decorrer da primeira temporada, na parte 1, já na parte 2, o enredo segue, mas dessa vez com os personagens realmente tentando acessar essa dimensão. Em The OA, Prairier consegue atravessar a dimensão, enquanto Nina vai atrás de seu antigo sequestrador e os prisioneiros que são mantidos por Hap.

Nesse trajeto, OA se encontra com Karim Whashington, um detetive particular que está realizando uma investigação sobre o desaparecimento de uma jovem. Toda essa história acaba se cruzando com a sua e as investigações desse caso sobrenatural se torna um verdadeiro jogo.

Enquanto rola tudo isso, na dimensão paralela muitas coisas vão acontecendo. Eventos catastróficos vão acontecendo em série o que impulsiona os amigos de Prairie para embarcar em uma aventura e tentar salvar a amiga.

O que todas as vítimas do sequestrador têm em comum são as experiências. Todas as pessoas que são sequestradas por Hap, já passaram por alguma experiência de quase morte, e por isso, o criminoso as usa para realizar experiências violentas.

Existem alguns detalhes em The OA que são realmente muito estranhos, como o caso de Homer e Prairie aprender a se movimentar de um jeito que os faz viajar entre as dimensões. Como se fosse uma dança. Com isso, eles conseguem fugir do cativeiro onde estão, mas antes disso, Hap separa OA dos outros e a deixa na estrada, onde ela é encontrada prestes a cometer suicídio.

A história da série faz uma grande mistura com tragédias reais, com tudo que pode ser inventado, fictício e surreal. O que em um resumo pode parecer algo sem pé nem cabeça, mas seguindo os episódios, tudo vai fazendo sentido.

Os amigos de OA não encontram as outras pessoas que estão presas e nem o FBI. O que desmonta a trama em certo ponto da temporada, é quando Elias aparece na casa de Prairie e encontra vários livros debaixo da cama, que contam parte da história que a protagonista conta.

Com isso, diversas teorias são montadas, principalmente porque os livros eram em russo, e também como ela poderia ter lido algo se era cega, etc. Todo enredo vai e volta por diversas teorias, muito mistério até acabar e os segredos serem revelados.

Curiosidades sobre The OA

A série com certeza intrigou muitas pessoas que acompanharam o seu lançamento e seus episódios. Mesmo sendo uma série curta, não deixa de ter muito mistério e curiosidades a serem contadas para os fãs.

Boa parte dos espectadores da plataformas consideram a série um presente da Netlix, já que se trata de uma produção que foi muito bem feita, daquele tipo para maratonar direto em um fim de semana.

Muitos podem achar que ela tem um ritmo mais lendo, no começo, e realmente ela pode levar um tempo até se tornar mais interessante. Mas depois que isso acontece, tudo acontece de forma muito mais rápida. Veja agora, algumas curiosidades sobre a série para ter mais vontade ainda de ver, caso não tenha visto:

  1. Lançada em 2016 com apenas duas temporadas, The OA, um de seus produtores é o ator Brad Pitt, junto com a produtora Plan B.
  2. A história da série levou três anos para ser escrita e planejada por Zal e Brit. Os criadores conseguiram guardar muito bem o segredo que veio à tona apenas 5 dias antes da sua estreia.
  3. De acordo com os criadores, os espectadores deveriam começar a assistir a série com amente aberta. Isso leva a uma experiência mais completa, fazendo entender todos os acontecimentos que vão surgindo com o decorrer dos episódios. As possibilidades de teorias são enormes.
  4. Brit Marling é criadora, produtora, roteirista e atriz principal de The OA. Por esse motivo, existem alguns momentos na série que ela atua muito mais, como é o caso da “A Seita Misteriosa”.
  5. Durante os momentos das experiências de Hap, a coreografia dos seres celestiais foi feita por Ryan Heffington, que é coreógrafo. Que também já trabalhou com Sia.
  6. Durante alguns momentos, é possível encontrar algumas semelhanças com outras obras. Existem diversas referências em The OA, principalmente voltadas para Stranger Things.
  7. The OA também pode ser considerado do gênero Sci-fi, e embora tenha referências de Stranger Things, as séries não tem nada a ver uma com a outra.
  8. O final da série pode ser interpretativo, sendo assim, ele pode ter finais e morais diferentes. Principalmente pelo ponto de vista dos personagens.
  9. Séries produzidas para o streaming costumam ser um pouco diferenciadas. O estilo de The OA, pertence à internet, é feito para ser exibido dessa forma. O que é muito diferente das produções de TV. As principais diferenças estão no final dos episódios. Na TV é preciso que tenha algo realmente grandioso para que te faça voltar a assistir o próximo episódio.
  10. A produtora Anonymous Content que também realiza a produção da série possui grandes outras obras que fizeram sucesso, como “TRue Detective” e “Mr. Robot”.
  11. O ator que interpreta Lucius Malfoy na saga Hary Potter, é o grande vilão da série. Muitas pessoas não conseguem nem reconhecer que ele está no elenco pela caracterização do personagem, mas quando descobrir, é possível reparar que é ele mesmo.
  12. Além dele, existem outros atores que também são conhecidos de outros lugares. O ator Scott Wilson que interpreta Abel, pai da protagonista, também interpreta Hershel, na série “The Walking Dead”.
  13. A atriz que interpreta Alice Krige também esteve presente em “Star Trek”.
  14. A série The OA, bate muito na tecla do acreditar no desconhecido. Isso se tornou até um slogan da série. Principalmente por relacionar alguns temas como vida após a morte, outras dimensões e até mesmo experiências de quase morte.
  15. A atris principal Brit Marling tem uma força criativa enorme e um poder de ser multifuncional. Além de criar, produzir e escrever, ela também atua como protagonista na série.

As pessoas também perguntam

The OA é uma série bastante alternativa, e esse estilo gera muitas dúvidas por parte do público. Principalmente para quem não está muito acostumado com esse tipo de gênero. Por esse motivo, os fãs da série se interessam por algumas notícias sobre a série.

A trama já é muito intrigante e por isso, os fãs ficam com interesse em descobrir mais por detrás das câmeras e ver o que acontece também nos bastidores. Toda a trajetória dos personagens e o que eles vivenciam entre.

Onde assistir?

A série The OA está disponível para assistir na Netflix, as duas temporadas completas. Cada uma delas possui 8 episódios. É uma série curta, de moral bem profunda e muitos mistérios. Foi produzida pela plataforma por um dos gêneros de maior sucesso na casa.

Infelizmente depois de duas temporadas ela foi cancelada, embora com isso, consiga ainda entregar um enredo bem montado. Poderia ter seguido por mais algumas temporadas, mas a plataforma de streaming decidiu cancelar principalmente por ter críticas que dividiam o público.

The OA é muito visto na Netflix?

No ano de seu lançamento a série foi um sucesso de visualizações e com isso, se tornou uma das séries mais vistas da plataforma. Toda as suas avaliações de críticos, chegam em torno de 71%, ou em 7.4. A aprovação do público ainda chegou em 75%, o que prova que The OA tinha tudo para continuar seguindo com sua história.

A série causou um grande impacto nos espectadores, e também dividiu opiniões. Dentre as pessoas que menos gostaram do conteúdo, os principais argumentos foram de que os conceitos que envolvem algum as dimensões, são ultrapassados e mal explicados.

Com isso, fica difícil de acreditar em pessoas sendo engolidas por portais. Esse é realmente um ponto que deixou muitos vácuos ao longo de toda a história, principalmente, pela falta de explicação plausível.

Detalhe importantes em The OA?

Existem muitos detalhes que são importantes na série. Tudo que aparece, é usado e tem alguma função no desenrolar da história. Sendo assim, é preciso estar muito atento para ir ligando os pontos. A essência da personagem principal, por exemplo, é vista várias vezes em suas atuações com expressões bem sensíveis.

Isso quer dizer em grande parte das cenas a personagem é realmente frágil e quer se mostrar assim. Mas durante o período que ela fica em cativeiro, as cenas são diferentes e até mesmo as cores e a energia do ambiente muda. Durante os momentos em que está cantando, tudo parece mais leve e mais feliz, enquanto que em momentos delicados e assustadores, a atmosfera se modifica, completamente.

Mistérios da ficção científica de The OA

Assim como em outras produções, uma série com esse tipo de gênero costuma mostrar realidades alternativas e para isso, precisa entregar histórias concisas e completas. Quando falta algo, o público muitas vezes fica sem entender. O que não é de todo ruim, já que muitas teorias são criadas e o engajamento com a série aumenta.

Existem muitos mistérios dentro do universo de The OA, que contá-los seria um spoiler enorme. Mas o que é preciso saber, é que o conceito apresentado na série é bem parecido com a do filme “A Outra Terra”. Inclusive esse foi o primeiro filme de Brit. Todo o universo espelhado que é apresentado nessa obra, se assemelha muito a ideia da série.

Ao mesmo tempo que também existem detalhes que são diferentes. Esses aspectos enriquecem a série incluindo os mistérios que vão acontecendo com o decorrer da história.