As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

20 melhores séries para maratonar

Você saberia nos dizer quais são as 20 melhores séries para maratonar? Neste artigo, separamos uma lista de algumas delas para te ajudar a escolher o que assistir no tempo livre.

Vale salientar que, se não citarmos a sua favorita, você ainda pode a recomendar em nossos comentários para outros de nossos leitores. Dessa forma, teremos ainda mais recomendações, não acha?

Nossa escolha tentou abranger tipos de séries bastante gerais e para todos os gostos, desde romance até terror. Então, você vai encontrar MUITA coisa diferente em nosso portal.

E então, vamos logo ao que importa? Continue a leitura conosco para saber mais sobre! 😉

1. Sex Education

A primeira alternativa para quem está pensando em assistir séries para maratonar é Sex Education – se você estiver bastante motivado, consegue em uns 4 dias ou menos. Ao todo, são 3 temporadas que contam com 24 episódios. O enredo aborda sobre a vida de Otis, que era filho de uma terapeuta sexual e tinha muito medo que seus colegas de escola descobrissem e fizessem piadas.

Na escola, ele começa a dar conselhos sexuais para os seus amigos e, junto a Maeve, conseguem uma grana boa. Mas, apesar de todas as dicas que consegue dar para os seus colegas, o Otis tem problemas sexuais como a dificuldade em chegar ao orgasmo. Sua mãe tenta o ajudar, mas não consegue. Não tarde também para que Otis comece a se apaixonar pela Maeve, mas ela já está com outro homem.

Os conflitos entre os personagens começam. Será que o protagonista vai continuar tentando conquistar a sua amada? Será que vai desistir? Por quê?

Tudo isso será possível descobrir ao acompanhar a série.

A produção aborda sobre uma série de temas relevantes como: orientação sexual, desejos, problemas com o corpo e auto estima. Sem contar que traz de fundo os adolescentes e seus problemas comuns.

No Brasil, o Trailer chegou a mais de 600 mil visualizações, veja abaixo:

2. Round 6

Round 6 conta com apenas uma temporada e foi recusada mais de 10 vezes antes de começar a ser produzida. No entanto, após ser lançada em outubro de 2021, tornou-se entre as mais assistidas, superando até mesmo o Outlander. Em apenas um mês, era estimado que mais da metade de todos os assinantes da Netflix tenham assistido.

A série conta com uma gama de críticas à nossa sociedade atual: no final, descobre-se que os homens mais ricos se reuniam para ver as pessoas morrerem em competições para ganhar dinheiro e acabar com as dívidas.

De forma sintetizada, a obra aborda sobre a vida de várias pessoas que decidem jogar jogos infantis de vida ou morte para que, aquele que ganhar, fique com todo o dinheiro.

Então, no final de tantas partidas, apenas um sobra vivo, por exemplo. Mas, o protagonista, que sobrevive, não está satisfeito com o dinheiro, ele quer que o jogo para, que novas pessoas não sejam mais chamadas para isso.

De acordo com o homem rico que era um dos organizadores da competição, faziam a “brincadeira” porque não viam mais graça na vida, que ter dinheiro demais faz com que as coisas comecem a perder a graça.

Somente no Brasil, durante o primeiro mês, o trailer da produção chegou a mais de 2,5 milhões de visualizações devido ao sucesso. E, para deixar a narrativa ainda mais bizarra, usam como pano de fundo um cenário infantil e cheio de conexões.

3. Black Mirror

Black Mirror conta com 5 temporadas e cerca de 22 episódios que são distribuídos no decorrer delas. De forma sintetizada, aborda sobre os perigos que a tecnologia pode trazer para a vida humana, o lado ruim que ninguém mostra. O lado positivo é que os capítulos são independentes, então, pode assistir separado sem necessariamente seguir uma lógica.

A última temporada foi publicada no dia 5 de junho de 2019, pela Netflix, que comprou a obra e agora é uma das responsáveis pela transmissão. Por isso, para assistir, é necessário ser um assinante dos serviços. O preço pode variar de acordo com o tipo de plano que preferir.

Black Mirror fez tanto sucesso pela sua crítica aos meios de tecnologia, que durante muito tempo foi citada como referência até mesmo nas redações do ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio.

Em um dos episódios, que é bastante interessante, aborda-se sobre uma mulher que quase foi demitida do emprego porque tinha más classificações nas redes sociais, apesar de ser uma boa trabalhadora.

4. Supernatural

Supernatural está na lista de séries para maratonar muito: são mais de 300 episódios que vai ser necessário ter muito fôlego para conseguir chegar até o final. A obra narra sobre a vida de Sam e Dean que são dois irmãos que estão em busca do pai, que sumiu quando eram pequenos e era um caçador de monstros. Então, nessa aventura, ambos saem em busca do paradeiro dele e acabam encontrando muitos demônios e maldições que devem ser quebradas.

Inclusive, em algumas – na verdade em muitas temporadas – eles usam a ajuda a Castiel, que é um anjo que se torna Deus. Eles devem lutar contra o mal para salvar pessoas também.

Cada episódio dura em média 50 minutos e, além disso, contam com referências históricas. Em um deles, por exemplo, aborda-se um pouco mais sobre a literatura de Werther, uma obra vinda da Alemanha que narra a vida de um homem que se suicidou após ter sido recusado pela mulher que amava. Um dos irmãos, portanto, acaba contraindo a doença de Werther – ou maldição, como preferir – e tenta a todos os momentos se suicidar.

Atualmente, a produção está sendo disponibilizada em grandes portais como é o caso da Amazon Prime, que pode ser assinada a partir de R$ 9,90 por mês. E, além de ter o benefício de milhares de séries e filmes, quem assina o prime ainda garante o frete grátis em todas as compras que realizar pelo portal da Amazon, sem contar ainda com as promoções exclusivas.

5. La Casa de Papel

La Casa de Papel aborda a história do professor e de seu irmão que criam um plano de invadir o banco da Espanha. Para isso, os dois precisam chamar pessoas para ajudarem a colocar o plano de invasão em ação. Depois de conseguirem a quantidade de membros necessários para a equipe, cada pessoa adota o nome de um país: é necessário que não tenham relações entre si, que não saibam sobre a vida um do outro. São todos criminosos. No entanto, a ideia acaba não dando tão certo. As invasões eram vistas como uma forma de resistência.

Por exemplo, a Tokio acaba se apaixonando pelo Rio. E, assim, começam a viver um romance durante a própria invasão. O primeiro assalto, apesar das dificuldades, acaba dando certo. Mas, decidem realizar um segundo deles. E, neste caso, o diretor organiza para que os personagens cheguem ao seu ápice. Tudo começa a dar errado, o professor some, pessoas começam a morrer e parece que o Estado irá conseguir prender a todos.

A última temporada, que foi a quarta, foi publicada pela Netflix no ano de 2021, mais especificamente em setembro. A plataforma de streaming já abre espaço para uma nova temporada, que pode ser publicada em parcelas, no ano de 2022. O trailer, apesar do enorme sucesso, chegou a apenas 400 mil visualizações no canal brasileiro.

6. Clickbait

Clickbait também está em nossa lista de séries para maratonar e, essa, mais ainda que as outras. Conta com uma média de 8 episódios e apenas uma temporada. O enredo aborda sobre um homem que foi sequestrado e aparece um vídeo seu misterioso na internet dizendo que, se o vídeo chegasse a 5 milhões de visualizações, ele seria morto. Então, pedia para que ninguém abrisse. No entanto, as pessoas começaram a comentar entre si e, mesmo sabendo sobre a possibilidade de alguém morrer, todos começaram a abrir.

A série, que está sendo disponibilizada pelo catálogo da Netflix, aborda um pouco sobre os perigos da internet e da ganância humana que prefere matar a própria curiosidade, mesmo que para isso um homem tenha que sumir.

A série fez tanto sucesso que já é previsto uma nova temporada em 2022. No entanto, poucas informações sobre o assunto foram liberadas.

Essa série está em nossas recomendações para quem gosta de terror e suspense juntos, caminhando lado a lado. Com certeza, em algumas cenas, será mais que necessário fechar o olho, ou você terá forças para conseguir ver tudo?

7. MR Robot

MR Robot é uma série que conta com 4 temporadas e mais de 45 episódios. Atualmente, ela foi finalizada e é indicada para quem gosta de tecnologia. Aborda sobre a vida do protagonista Elliot (Rami Malek), que atua como engenheiro de segurança e o seu principal objetivo é de seguir as pessoas que fazem crimes virtuais e punir as mesmas.

Em certo dia, ele é chamado para participar de um grupo de hackers que vivia no fundo de um quintal.

E, meio desconfiado, aceita. O grupo tinha o objetivo de derrubar a rede internacional de empresas que estariam tentando destruir o mundo. Dessa forma, eles iriam apagar e roubar os dados que fossem necessários para que conseguissem chegar ao objetivo final.

Essa é literalmente a melhor alternativa para quem deseja saber mais na prática sobre engenharia de segurança de dados (fazendo muitas referências científicas), assim como o que é um banco de dados, como funciona um servidor, o que fazer para não ser encontrado na rede e muitos outros aspectos.

Cada um dos episódios contam com a duração média de 50 minutos. Veja, abaixo, o trailer da produção.

8. Spartacus

Gosta de história e de muita guerra? Então, Spartacus pode ser a alternativa ideal para o seu tipo de perfil. De forma sintetizada, o protagonista foi um escravo que viveu durante o período de república de Roma e escravidão. Seu objetivo principal é conseguir fugir e libertar outros escravos e, para isso, tem que preparar uma grande revolução.

Apesar da série contar com uma grande parte de elementos destinados ao que aconteceu, existem muitas partes equivocadas. Por isso, é mais que necessário tomar os devidos cuidados para não causar interpretações sem nexo ou sentido. Ou então, pensar que sabe sobre o período apenas por assistir a série.

As cenas de ação, relações sexuais e deuses fizeram com que a série se tornasse muito famosa. É muito sangue. Ideal para quem gosta de bastante luta e cenas com violência. A obra foi desenvolvida com um estilo bastante semelhante ao de Hercules: The Legendary Journeys e Xena: A Princesa Guerreira.

Ao todo, são cerca de 50 minutos cada episódios e a Netflix desenvolveu apenas 13 deles até o fechamento desta matéria. Veja, abaixo, o trailer da série para saber se tem interesse em assistir.

9. Gotham

Gotham está em nossa lista de séries para maratonar, o período de lançamentos da produção vai de 22 de setembro de 2014 até 25 de abril de 2019. James Gordon trabalha como um detetive e precisa descobrir o que está causando os casos estranhos na cidade, como mortes. Seu principal objetivo é de investigar o que ocasionou o assassinato de Thomas e Martha Wayne. É uma produção indicada para quem gosta de séries investigativas e voltadas para o gênero policial.

De forma sintetizada, com o decorrer dos episódios, seu dever é solucionar casos que levam a um único motivo. Mas, qual será ele? O que está acontecendo de tão bizarro na cidade?

Será que é algo sobrenatural ou é um assassinato?

A terceira temporada é bastante revolucionária, contando a história da cidade de Indian Hill, quando o protagonista tornou-se um caçador de recompensas e ganha algo semelhante a uma comissão sobre cada caso diferente que ele descobre e soluciona.

O estilo é tão envolvente, que o trailer internacional chegou a quase 2 milhões de visualizações. O estilo investigativo atrai pessoas de todo o mundo que chegaram até mesmo a criar fóruns para que descobrissem e se ajudassem a solucionar os casos antes mesmo do protagonista.

Quer ação? Aqui tem. Quer mistério? Aqui tem. Quer violência? Aqui tem. Quer suspense? Aqui tem também.

10. Supernatural

A história de Supernatural é baseada nos dois irmãos Sam Winchester e Dean Winchester, que estão em busca do seu pai que sumiu quando eram pequenos. O pai era um caçador de monstros e eles devem seguir as pistas para desvendar o que aconteceu em um passado estranho, mas não tão distante.

Nesta aventura, eles possuem o papel de salvar pessoas, cidades, resolver conflitos entre anjos e demônios e muitos outros aspectos.

O lado positivo é que a série conta com referências históricas bastante interessantes, como quando citam Werther, que foi uma obra de literatura alemã escrita durante o romantismo. Um dos irmãos contrai a doença e maldição de Werther e tem o desejo de estar constantemente se suicidando. O que fazer para quebrar?

Já são mais de 15 temporadas e mais de 10 anos de história. Até o momento, a série não foi cancelada. Ela está disponível para os assinantes do Amazon Prime, que custa na faixa de R$ 9,90 e ainda permite que o cliente, além de ter acesso a filmes e séries, também ganhe o frete grátis e promoções exclusivas em todas as suas compras da Amazon.

Ficamos na dúvida sobre para quem deveríamos recomendar a série: para pessoas que gostam de terror? Para pessoas que gostam de sobrenatural ou então para quem gosta de ações? Na verdade, para todos esses.

Veja, abaixo, o trailer.

11. Narcos

Narcos é uma série que está no catálogo da Netflix e aborda sobre a história do narcotráfico, exclusivamente de Pablo Escobar, um colombiano muito rico que começou a vender drogas em escala internacional. Dessa forma, não tardou para que começasse a mexer com peixes maiores que ele, inclusive com o governo dos Estados Unidos.

Apesar de falar brevemente sobre a sua história, morte e perseguições, não deve-se analisar sua biografia apenas por essa produção visto que ela conta com trechos mais equivocados.

A esposa de Pablo ainda está viva nos dias atuais e em entrevistas para portais como o Estadão ou UOL, ela aborda sobre como era viver com ele dentro de casa: na maioria das vezes não tinha tempo para os filhos, uma das crianças do casal nasceu sem a presença do pai no hospital porque ele não pôde ir. Outro ponto que ela destaca é sobre a violência, sofria com estupros maritais, ele a batia e ainda fazia ameaças. Mas, em compensação, dava uma série de presentes como obras de arte famosas na qual a mesma fazia questão de colecionar.

Por ser uma série bastante pequena, o lado positivo é que se pode assistir em apenas um final de semana. Cada episódio tem a duração média de 50 a 60 minutos.

12. Blacklist

A série Blacklist é destinada somente para aqueles que contam com muito, mas muito, fôlego para assistir. De forma sintetizada, tem mais de 174 episódios com duração de até uma hora que são divididos em oito temporadas.

O enredo da produção começa com Raymond Reddington, que é um criminoso que afirma que iria se entregar ao FBI. E, como uma forma de reduzir a sua pena, argumenta que iria entregar a outros criminosos. No entanto, algo estranho começa a acontecer e relações entre o Raymond com uma nova agente do FBI surgem.

De acordo com ele, protagonista Reddington, o nome que iria citar conta com uma pessoa famosa e rica internacionalmente que contava com uma lista negra com todas as pessoas das quais iria matar. A maioria das pessoas eram políticas ou até mesmo economistas.

Essa é uma alternativa para quem não abre mão de conflitos políticos e muita ação. Muitos lanços começam a aparecer, descobrimentos macabros sobre os porquês de cada pessoa estar na lista.

O gênero principal é de espionagem. No entanto, também se encaixa na aba de suspense. Atualmente, o The Blacklist está presente na Netflix com todas as suas temporadas. Veja, abaixo, o trailer da produção.

13. Vingança das Juanas

Viangança das Juanas é uma série de erotismo que aborda sobre cinco irmãs que não sabiam da existência uma da outra mas acabam se conhecendo em uma festa devido a uma pinta em forma de peixe que todas elas possuem. O objetivo do grupo, a partir de agora, é descobrir quem é o pai.

Após algumas investigações, elas descobrem que são filhas de um homem rico que tece vários casos fora do casamento e que teria tentado matar a mãe de todas elas para que não fosse descoberto e ninguém falasse nada.

Elas decidem o procurar. O pai desse homem, que é o avô das cinco mulheres, argumenta, fingindo ser um homem bom, que irá recompensar todo o tempo perdido com as netas. Por isso, deu a elas uma casa e estava dando um valor mensal para que elas vivessem lá. O que não desconfiam é que esse homem está visualizando, através de câmeras escondidas, todo o dia a dia das irmãs e tem o objetivo de se vingar delas porque não deveriam ter aparecido.

O que será que irá acontecer com esse avô? Será que as Juanas irão descobrir o que está acontecendo? O que vão fazer para se defender? Bem, para saber, será necessário assistir a série.

Por ter sido lançada no ano de 2021, conta apenas com uma temporada.

14. Roman Empire: Reign of Blood

Gosta de história? Se sente atraído por boas e envolventes narrativas? Então, você tem que conhecer a obra Roman Empire: Reign of Blood. A produção conta a história de Cômodo através de 15 episódios e cerca de 3 temporadas durante o império romano.

Roma surgiu antes de 1 mil a.c com a monarquia, depois da queda da monarquia se tornou uma república e, por fim, somente depois de mais de um milênio de história, vieram a se tornar um império com figuras como Nero e outros.

Cada episódio conta com uma média de 50 minutos e os internautas podem descobrir um pouco mais como funcionava o império, como pensavam os romanos, como era a política naquela época e até mesmo como as pessoas se relacionam.

Não existe, no entanto, um portal específico que é o responsável por transmitir a produção. Apesar disso, consegue-se encontrar em portais como IPTV. No Youtube também é encontrado, apesar da qualidade um pouco menor em relação à imagem.

Um dos personagens que ganham destaque, além do protagonista, é Antonino Pio, que é um dos imperadores de Roma no período que a história tenta retratar.

15. The Handmaid’s Tale

O primeiro episódio foi ao ar no ano de 2017 e já conta com mais de 4 temporadas lançadas. A obra é baseada nos livros de Margaret Atwood, o Conto da Aia.

O enredo aborda sobre uma invasão que ocorreu nos Estados Unidos por um grupo ultra religioso e que era contra os direitos das mulheres. Então, eles passam a tirar as mulheres de seus cargos de trabalho para que fiquem somente em casa, servindo aos homens e tendo filhos (o sexo era visto como forma de procriação).

Inclusive, a mulher que tivesse um marido e não pudesse mais dar filhos a ele, deveria deixar com que ele tivesse relações sexuais com uma aia para terem mais crianças.

As aias que se tornarem incapazes de conceber, poderiam trabalhar em campos radioativos até o momento do óbito. As únicas mulheres que não eram enviadas para lá eram as conselheiras e aquelas que era casadas com os homens.

Essa história mostra, de forma profunda, as relações que a sociedade possui com o sexo feminino e sobre como as mulheres podem perder os seus direitos se não ficarem constantemente lutando para que continuem tendo acesso a eles.

16. Os Últimos Czares

A série também tem algumas características históricas bastante marcantes como é o caso do fim da Dinastia Romanov da Rússia, desde sua ascensão ao trono em 1894 até a morte do rei que aconteceu durante a revolução de 1918.

Mas, por que aconteceu essa revolução? De forma sintetizada, os pobres já estavam cansados do rei e da família real constantemente no poder esbanjando riquezas enquanto estavam passando fome. Queriam mais justiça e igualdade e foi então que os ideais comunistas começaram a aparecer entre aqueles grupos.

Novas revoluções, manifestações nas rias e tentativas de derrubar o rei junto a traições políticas. Tudo isso é retratado na produção. Ainda mais com a população insatisfeita com os novos administradores que não estavam trazendo filhos, isso com certeza poderia soar em uma grande desgraça.

Essa alternativa está em nossa lista de séries para maratonar por alguns motivos: o primeiro é que ela é muito pequena e conta com apenas seis episódios com duração de 50 minutos e a segunda é que consegue ensinar MUITO sobre histórica na prática.

Veja, abaixo, o trailer da produção para descobrir se faz o seu estilo:

17. Orange Is the New Black

Orange Is the New Black tem 7 temporadas com cerca de 91 episódios que possuem a duração média de 50 minutos, podendo variar de acordo com cada capítulo. O enredo começa abordando sobre Piper Chapman, que é um classe média alta que foi presa por algo que fez no seu passado: era lésbica e atuava com outra mulher no transporte de drogas em escala internacional. Muito tempo depois, quando já era noiva, a polícia vem bater em sua porta.

Apesar das dificuldades, ela e o noivo prometem que irão ficar juntos. Mas, tudo começa a acontecer diferente do planejado, na cadeia, descobre que sua ex também está presa no mesmo lugar, começam a ter um caso. O relacionamento com o noivo começa a desandar e tudo piora quando ele tenta usar a história de Piper para ganhar fama nos jornais e redes sociais ao falar que ela está presa por ser traficante.

Essa série é uma boa alternativa para quem gosta de protagonistas femininas, violência e romance lésbico. E, claro, não somente isso: a produção ainda mostra, de forma nua e crua, quais e como funcionam as relações das mulheres dentro da prisão, o que fazem para conseguir o que precisam e muito mais.

18. The I-Land

A série foi criada exclusivamente pela Netflix e lançada no dia 12 de setembro de 2019. Mas, sobre o que aborda? De forma resumida, uma série de pessoas acordam em uma ilha. Ninguém se conhece e precisam saber como se protegerem dos perigos iminentes no local. No entanto, começam a se revoltar entre si até que mais tarde conseguem descobrir, após uma série de conflitos, que há alguém observando todas as relações e brigas. Não existem expectativas para o lançamento de novos episódios.

Essa é uma série indicada para pessoas que gostam de suspense e mistério, assim como um pouco de ficção científica.

Para assistir, justamente porque é uma produção exclusiva, é necessário que o telespectador tenha uma conta na Netflix. O valor do serviço de streaming pode variar de acordo com o pacote ou plano que preferir contratar.

Vale a pena assinar porque a Netflix conta com grandes títulos e, inclusive, uma grande parte do que citamos neste artigo, também está presente para ser assistido por lá.

O trailer não conta com tanta repercursão no portal do Youtube e chegou a mais ou menos 65 mil visualizações no Brasil até o momento que essa matéria foi fechada.

19. Grey’s Anatomy

Outra alternativa, agora para quem gosta de séries para maratonar no estilo médico, é Grey’s Anatomy. O primeiro episódio foi ao ar no dia 27 de março de 2005 e, até o momento, os desenvolvedores já lançaram cerca de 18 temporadas com mais de 381 eps. Ou seja, esse número é ainda maior que grandes séries, como é o caso de Diário de um Vampiro e até mesmo Supernatural (que já vem alcançando o GA).

A produção está disponível tanto no Globo Play quanto em portais como o Amazon Prime Video, que pode ser assinado na faixa de R$ 9,90 por mês (o valor pode variar de acordo com o dia e época que ler esse artigo).

O foco do enredo está na vida de Meredith Grey (Ellen Pompeo), que é filha de médicos e decide que irá seguir para a mesma área de estudos. Desde então, sua vida vem estando somente dentro do hospital e, quando está fora dele, se relaciona com pessoas que estão lá dentro. Muitas perdas ocorrem durante as temporadas e parece aquele estilo de série que todo mundo morre no final.

Veja, abaixo, o trailer referente à décima sexta temporada da série. Com o tanto de sucesso que ela faz em escala internacional, temos certeza que você também vai adorar.

20. 13 Reasons Why

Por fim, mas não menos importante, temos a série 13 Reasons Why. Neste caso, Hannah é uma adolescente do ensino médio que acaba se suicidando.

Então, um de seus admiradores encontra uma série de fitas que foram deixadas por ela e decide que iria começar a escutar. Algo diferente do imaginado ocorre: nas fitas, a moça diz os motivos pelos quais tomou a decisão final de cometer o ato.

Um deles é que um jovem popular da escola havia a estuprado. São vários outros como a não aceitação do corpo. A série levantou uma série de debates sobre a possibilidade de ser proibida porque crianças não deveriam ver, que causa gatilhos.

Se deveria ser proibida ou não, vai da opinião de cada um, mas sabemos que ela aborda sobre um assunto que até os dias atuais é considerado tabu – na verdade, vários assuntos – como a dificuldade em denunciar o estupro, o medo, o não aceitamento do corpo e até mesmo o suicidio.

você pode gostar também
Comentários