As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades

Brooklyn Nine-Nine  é uma comédia policial americana criada por Dan Goor e Michael Schur, que são a dupla por trás de Parks and Recreation. O show se passa no fictício 99º Distrito no Brooklyn, e é centrado em Jake Peralta, um detetive da NYPD altamente talentoso, mas imaturo, que inicialmente entra em conflito com seu novo comandante, o severo e ‘robótico’ Capitão Raymond Holt.

O programa foi repentinamente cancelado em maio do ano passado, minha melhor amiga Katherine ficou chocada e arrasada com o cancelamento. Depois de testemunhar a imensa reação online contra o cancelamento e a rápida aceitação da NBC no dia seguinte o programa foi renovado.

Trailer – Brooklyn Nine-Nine

Trailer da 8ª e última temporada

Elenco – Brooklyn Nine-Nine

1 3 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Andy Samberg
Personagem : Jake Peralta
3 3 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Melissa Fumero
Personagem : Amy Santiago
2 3 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Andre Braugher
Personagem : Cpt. Raymond Holt
4 2 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Joe Lo Truglio
Personagem : Charles Boyle
5 2 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Stephanie Beatriz
Personagem : Rosa Diaz
6 2 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Terry Crews
Personagem : Terry Jeffords
7 2 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Chelsea Peretti
Personagem : Gina Linetti
8 1 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Dirk Blocker
Personagem : Hitchcock
9 1 Brooklyn Nine-Nine: Elenco, Trailer, Curiosidades
Joel McKinnon Miller
Personagem : Scully

Resumo da série Brooklyn Nine-Nine

A série conta o dia a dia de uma delegacia que conta os os policiais mais excêntricos e diversos possível. Mostrando como as relações são exploradas entre eles e também, com uma dose de ação e investigação. A série é totalmente diferente de qualquer coisa que vimos até então dentro do gênero de comédia.

O grande feito de Brooklyn 99 é conseguir explorar as relações dos seus personagens, seus medos, desejos, inseguranças, sonhos, tudo de forma muito sútil e sem tirar o foco do seu objetivo principal, o humor.

Porém, é preciso reafirmar que o grande diferencial da série são os seus personagens. Portanto, vamos conhecer um pouco mais sobre os personagens principais da série e as suas relações. Vejamos

Capitão Holt

Ray Holt é um policial durão que gosta de regras e, mais especificamente, de gravatas usadas no local de trabalho. Felizmente, ele aprendeu a relaxar (não apenas com a regra do empate) e começou a criar relacionamentos duradouros com seus subordinados.

O capitão Holt era um oficial assumidamente gay (ele se assumiu em 87 e fundou um grupo para membros afro-americanos gays da NYPD) e era casado com o professor Kevin Cozner da Columbia University. O que já traz uma forte representatividade para os negros e gays, principalmente nos EUA onde esses assuntos são delicados.

Jake Peralta

Jake, é o absolutamente ridículo, mas de alguma forma ainda charmoso imbecil da equipe do Brooklyn Nove-Nove . Jake começou a série desafiando a nova autoridade do Capitão Holt, mas aprendeu a respeitar o homem e iniciou uma amizade estranha e cativante com ele. 

Peralta tinha um ótimo relacionamento com todos os seus colegas de trabalho, incluindo uma competição boba com a também detetive Amy Santiago para ver quem consegue pegar a maioria dos bandidos.

Boyle e Diaz

Boyle e Diaz juntos, mas apesar de nunca terem saído no passado e provavelmente até no futuro, suas histórias se entrelaçam um pouco, já que Boyle pensa que está apaixonado por Diaz. O amor de Boyle pela difícil e incrível Diaz se justifica porque, ela é incrível.

Boyle é o melhor amigo de Jake e chega a ser um tanto quanto inocente nas suas ações. Enquanto Diaz, provavelmente é a melhor policial do departamento, durona e ao mesmo tempo carismática. Dois personagens que com certeza vão fazer você se apaixonar.

Gina Linetti

Ela é incrível, ela apresentou o Capitão Holt a Kwazy Cupcakes, ela foi a mestre das queimaduras na primeira temporada do programa, e ela ficou com Boyle. Além disso, quando se trata de Gina, acho que você precisa observar suas travessuras por si mesmo para entender totalmente sua grandiosidade.

Amy Santiago

O que sempre me impressionou em Amy é que ela era claramente uma boa policial, mas sempre precisava da aprovação do capitão Holt para provar a si mesma.

Ela adorava seu trabalho, tinha uma competição com Peralta e era socialmente desajeitada. O relacionamento de Amy com Teddy era muito doce e saudável, embora seja difícil apostar contra seu relacionamento potencial com Jake. Embora eu não veja Amy e Jake como o fim do jogo no momento, ainda acho que eles seriam ótimos juntos.

Terry Jeffords

Terry Crews é engraçado. Seu personagem, Terry Jeffords, pode parecer duro como pregos, mas na 1ª temporada ele tinha medo de tudo. O sargento Jeffords se envolveu em um tiroteio antes do início da 1ª temporada que resultou em trauma para Terry e uma morte … de um manequim. 

No entanto, por causa desse incidente, ele não conseguiu superar o medo e sua família basicamente o proibiu de voltar para o campo.

Curiosidades sobre Brooklyn Nine-Nine

Existem uma série de curiosidades sobre as séries. Mas as principais estão ligadas ao desenvolvimento da série que se tornou uma verdadeiro fenômeno mundial. Vejamos alguns pontos importantes sobre a série e que fizeram ela ser o que é hoje:

1. Personagens divertidos, identificáveis e bem trabalhados

Todas as temporadas da série possuem diálogos espirituosos e a diversidade de personagens, cada um com personalidades distintas são o destaque. Os personagens de Brooklyn Nine-Nine são identificáveis ​​e você vê uma parte de si mesmo neles porque são personagens altamente multifacetados e complexos. Por exemplo, me identifico com a altamente organizada e ambiciosa Amy Santiago (Melissa Fumero) e a natureza peculiar e excêntrica de Charles Boyle (Joe Lo Truglio).

2. Explora problemas sérios da vida real de uma forma eficaz e diferenciada

Embora Brooklyn Nine-Nine tenha seus momentos hilários e cômicos, não tem medo de abordar questões importantes como raça, corrupção, igualdade de gênero e homofobia. No episódio ‘Moo Moo’ (S4 E16), o sargento Terry Jeffords (Terry Crews) experimenta o perfil racial e luta para saber se ele deve registrar uma reclamação e correr o risco de reação. 

Na última temporada, o episódio ‘He Said, She Said’ (S6 E8) é baseado no movimento #MeToo e na questão do assédio sexual. Amy e Jake investigam um caso em que uma mulher de negócios afirma que foi abusada sexualmente por seu chefe, mas ao mesmo tempo corre o risco de colocar sua carreira em risco ao relatar o problema. No geral, o show faz um excelente trabalho de equilibrar a tensão de questões sensíveis e sérias com o alívio cômico e cenas comoventes.

3. Celebra a diversidade e a inclusão

Brooklyn Nine-Nine é elogiado por quebrar barreiras com seu elenco altamente diversificado. Apresenta pessoas de cor e mulheres em posições de poder. Por exemplo, os personagens principais incluem duas mulheres latinas (Beatriz e Fumero) e dois homens afro-americanos (Crews e Braugher), o que é raro na comédia convencional.

Além disso, os diversos personagens não são representados de maneiras estereotipadas. O capitão Holt e a detetive Rosa Diaz (Stephanie Beatriz) são membros da comunidade LGBTQ +, mas não são definidos por sua sexualidade. Os estereótipos de gênero são subvertidos por meio de personagens masculinos “femininos”, como Charles Boyle, que tem hobbies e interesses tradicionalmente não masculinos.

4. Cheddar

Se você adora cães, será um prazer! O show apresenta um corgi adorável e bem treinado chamado Cheddar. O Cheddar é propriedade do Capitão Holt e seu marido Kevin Cozner, e há até um episódio dedicado a ele (S3 E18). 

Uma piada corrente ao longo do show é como o Cheddar muda ao longo do show e é interpretado por corgis diferentes, mas seus donos e os outros personagens não parecem perceber.

5. Debates sociais fortes

A série conversa com os espectadores sobre o que está acontecendo nos Estados Unidos e no mundo, principalmente sobre a mudança de consciência que está ocorrendo. Tendo muitas conversas sombrias e profundas. Com isso, o show trazer algo que seja realmente inovador a cada temporada. Aproveitando a oportunidade e usam da melhor maneira possível.

Programas de televisão em torno da aplicação da lei foram colocados sob um microscópio em meio a semanas de manifestações destacando a brutalidade policial e o racismo sistêmico, que começaram após a morte de George Floyd, um homem negro que morreu sob custódia de quatro policiais de Minneapolis que já foram presos e acusado criminalmente.

Brooklyn Nine-Nine decidiu descartar os primeiros quatro episódios de sua próxima temporada para redirecionar o programa para o atual movimento de justiça social. Com a ascensão das causas sociais na mídia e em todo mundo, as série passou por um processo de regravação para se adaptar a real situação da sociedade.

Assim, a série traz debates importantes e não se cala perante o público. Para os produtores, aqueles que não apoiam essas causas contra racismo e violência são um público que não vão fazer falta ao show. Porém, tudo isso acontece sem que o humor e a história se percam.

Onde assistir Brooklyn Nine-Nine

Você pode assistir a todas as temporadas de Brooklyn 99 no Netflix. O serviço de streaming que ajudou a salvar a série possui as temporadas com as opções para idiomas original com legenda ou dublado.

Essa que é uma das grandes séries de comédia da atualidade, se junta a séries como a recém chegadas Clickbait. As novas temporadas vem para melhorar ainda mais o catálogo do serviço. Então, se você nunca assistiu a Brooklyn 99 corra para ver.

você pode gostar também
Comentários