A Maldição da Residência Hill foi uma série bastante elogiada pelo público e pela crítica no ano de seu lançamento na Netflix, e que ainda desperta o interesse de muitas pessoas até os dias atuais.

Lançado em 2018, a obra foi uma das principais produções da plataforma naquele ano, conseguindo índices de audiência realmente surpreendentes, desbancando inclusive outros gêneros que costumam gerar mais visualizações que o gênero de terror.

A história narrada no filme foi originalmente retratada em um livro da escritora norte-americana Shirley Jackson, no ano de 1959, intitulado de “A assombração da casa da colina” e sendo um grande clássico de terror no país, e tendo muito do terror psicológico, bastante retratado nas obras da autora.

No entanto, embora tenha partido desse mundo, a obra trata de uma temática totalmente original, e com diversos aspectos que prendem realmente a atenção de quem assiste sua história. Anteriormente o livro já contou com duas outras adaptações, sendo voltadas para o cinema, com um filme em 1963 e também com outro filme em 1999.

A Maldição da Residência Hill – Trailer

Uma ótima produção já consegue mostrar muitas de suas qualidades já em seu trailer, fazendo com que quem assista, desperte seu interesse e queira realmente conhecer ou aprofundar naquela história. E A Maldição da Residência Hill consegue mostrar a que veio já em sua produção inicial, que se torna envolvente e amedrontadora. Então, se apenas o trailer já passa muito de todo drama da história, imagine então como não será a série em si.

Elenco de A Maldição da Residência Hill

A Maldição da Residência Hill foi um dos maiores sucessos do ano de 2018, que também contou com outras grandes produções dentro da plataforma, inclusive algumas de terror, como O Mundo Sombrio de Sabrina, que também foi outra produção com bastante reconhecimento.

E, além da produção impecável, um dos fatores que realmente chamou muita atenção para a obra, foi a atuação dos atores, que foi um ponto bastante elogiado pela crítica especializada e pelo próprio público. Contando com atores experientes, como Carla Gugino, mas também com outros menos conhecidos, inclusive crianças.

Residencia hill Carla Gugino A Maldição da Residência Hill: elenco, trailer e curiosidades
Carla Gugino como Olívia Crain
Resedencia hill Oliver Jackson Cohen A Maldição da Residência Hill: elenco, trailer e curiosidades
Oliver Jackson-Cohen como Luke Crain
Residencia hill Victoria Pedretti A Maldição da Residência Hill: elenco, trailer e curiosidades
Victoria Pedretti como Eleonor Crain

Resumo da série A Maldição da Residência Hill

A Maldição da Residência Hill é uma história de terror e drama bastante conhecida da Netflix, que possui realmente muitas cenas fortes e chamativas, com uma alta qualidade de produção, elenco e efeitos.

Embora possua uma premissa meio clichê inicialmente, a produção se mostra bastante original, observando aspectos futuros aos eventos sobrenaturais ocorridos quando todos ainda eram bem jovens, e não foca realmente nos eventos principais, que são narrados na infância dos personagens.

Bem, a história se inicia quando uma família resolve se mudar para uma mansão que estava abandonada, isso com a intenção de reformar a casa, vender e ganhar um bom dinheiro com esse negócio.

Assim, a família, composta por cinco crianças e seus pais acabam realmente para essa mansão, que antigamente pertenceu a uma família chamada Hill, dando então o nome da série, A maldição da residência Hill.

Após se mudarem para a residência, eles acabam passando por diversas experiências sobrenaturais, com aparições assustadoras, que realmente atormentam a vida dos personagens, e causam traumas profundos em todos eles.

No entanto, como mencionado, esse não é o foco principal da obra, que finaliza esse arco, e passa a mostrar a vida desses filhos já 30 anos após os acontecimentos, e com todos os traumas que todos eles ainda vivem tanto tempo depois.

É gerado então, nesse tempo futuro, com alguns momentos de terror que aparecem mesmo atualmente, se agora tudo é realmente real, ou seja um terror sobrenatural, ou parte dos traumas de cada um, sendo então um terror psicológico.

Contudo um acontecimento faz com que seja necessário reviver todos aqueles acontecimentos novamente, mesmo após tantos anos e com tantos traumas acumulados, mostrando também a forma como cada um dos personagens busca se dar com aquelas lembranças sombrias.

Principais pontos de A Maldição da Residência Hill

A trama inteira é realmente bastante completa, mostrando um olhar bastante original sobre as histórias de terror, que muitas vezes acabam sendo realmente bastante clichês, principalmente quando se trata de uma casa mal assombrada.

Assim, o olhar dado para a série, focado não nos acontecimentos principais em si, ou melhor nas assombrações da casa, mas sim no que acontece após tudo isso, em como essas pessoas lhe dão com o tudo o que aconteceu, e com os traumas adquiridos.

Dessa forma, além de chamar a atenção para essa originalidade, a própria produção em si também é outro ponto forte da obra, afinal A Maldição da Residência Hill contou com um acabamento realmente impecável, sendo uma obra muito bem feita e desenvolvida.

No entanto, um dos fatores que mais chama a atenção é justamente a mescla que acontece entre passado e presente na vida dos personagens, mostrando que suas lembranças os assombram até os dias atuais.

São diversos momentos em que esse recurso é utilizado, não havendo assim uma separação entre presente e passado, mas sim uma divisão entre esses dois tempos, dando ainda mais drama a toda a produção.

Além do mais, as atuações são um show a parte da série, que misturou alguns atores mais experientes, com outros menos conhecidos, assim como a presença marcante das crianças, que mesmo bastante jovens conseguiram interpretar com maestria seus papéis.

Assim, todo o contexto da obra conseguiu realmente gerar um efeito bastante significativo, transformando A Maldição da Residência Hill na obra mais aclamada da Netflix em 2018.

Qual o episódio mais marcante da série?

De uma forma geral, toda a obra de A Maldição da Residência Hill foi bastante aclamada pelo público e pela crítica, mas houveram sim alguns desses pontos que realmente se destacaram, como já foi apontado no tópico anterior.

No entanto, além desses pontos, outra coisa que também chamou bastante a atenção foi um episódio em específico, que na verdade foi um tipo de teste do diretor, que resolveu inovar e utilizar um recurso bastante chamativo. Mas, qual foi esse episódio?

Bem, ao assistir A Maldição da Residência Hill é impossível não notar a enorme qualidade de produção do sexto episódio da obra, que realmente deu uma visão única ao enredo, e uma dramaticidade marcante na história.

Por cerca de 10 minutos desse episódio, foi utilizado o recurso chamado de plano sequência, que nada mais é do que uma gravação completa, sem cortes entre as atuações. Assim, não são gravadas diversas passagens, mas sim uma única filmagem, que passa por todo cenário.

E enquanto isso, se passam longos diálogos, que se mostram bem interessantes para quem assiste, sem falar em pequenas pausas, para retomar ao passado, e depois voltar para dar continuidade ao plano sequência.

Assim, esse episódio em si também foi bastante elogiado, conseguindo despertar o interesse para com a obra, sendo então uma aposta certeira da produção, que conseguiu um efeito inovador e único na série A Maldição da Residência Hill.

A Maldição da Residência Hill tem uma segunda temporada?

Ao acompanhar a história que foi contada em A Maldição da Residência Hill, é possível perceber que a trama foi muito bem finalizada, ao menos em relação ao que cada um dos personagens tinha em relação aos seus traumas, ou até mesmo com a morte de alguns deles. Dessa forma, todo o enredo foi realmente feito para uma única temporada.

Assim, a possibilidade de uma extensão da obra, embora realmente já não fosse premeditada, é algo realmente muito difícil acontecer, devido justamente ao final que já foi dado, ao encerramento e desfecho que a trama teve já em sua primeira temporada.

Contudo, quem realmente virou fã da série, pôde ter outra oportunidade de acompanhar o trabalho de excelente qualidade em A maldição da residência Hill.Isso porque, embora não seja especificamente uma continuação da obra, a série A maldição da mansão Bly, também da Netflix, foi lançada na plataforma em 2020, buscando repetir o sucesso. Para isso, contou com diversos fatores similares, que também fizeram bastante sucesso com o público.

Qual a relação entre A Maldição da Residência Hill e a Maldição da Mansão Bly?

Como já mencionado, embora não conte com uma continuação convencional, assim como ocorre em outras séries da Netflix, como Orange Is The New Black, A Maldição da Residência Hill conta com um tipo de continuação diferenciada, que é a A Maldição da Mansão Bly. Mas qual a relação entre as duas obras?

Em questão de história em si, ou personagens, as duas obras não contam com nenhuma relação específica. Na verdade, é que se elas fizessem parte de uma mesma continuação chamada de A Maldição. Assim, embora sejam tidas como continuação uma da outra, realmente não há nada internamente que ligue as duas obras.

Contudo, há sim uma estreita relação entre as duas obras, mas de uma forma externa, ou seja, com os fatores não que não se ligam a história em si, mas que também são importantes.

Isso porque, as duas obras foram criadas pelo diretor Mike Flanagan, como um conjunto de uma obra chamada de maldição. Outro fator que também liga as duas produções são a utilização dos atores, que foram bastante elogiados em A maldição da residência Hill, e foram aproveitados em grande parte nessa nova obra.

Dessa forma, embora as histórias sejam bastante desconexas uma da outra, o diretor, o elenco e os diversos elementos, as transformam em um tipo de continuação, mas podendo ser assistidas sem uma ordem cronológica específica.

Com isso, embora não seja possível assistir uma continuidade da obra, é possível acompanhar outra história com a mesma qualidade de produção, e com muitos elementos fascinantes em A maldição da mansão Bly.

A maldição da Residência Hill é realmente boa?

Apesar de apresentar uma temática inicialmente já muito batida, com uma casa mal assombrada, a série original da Netflix, como já foi mencionado, trouxe um olhar bastante original para as histórias de terror, que é justamente a de mostrar como essas pessoas ficam após todos os acontecimentos.

E é justamente essa originalidade que consegue trazer um olhar mais positivo sobre a obra, que foi realmente bastante aclamada. Mas será que realmente vale a pena assistir A maldição da Residência Hill?

Bem, a resposta para essa pergunta não poderia ser outra a não ser SIM. Afinal, é uma série realmente fascinante, que mistura muitos dos elementos já conhecidos no gênero, com outras coisas novas, tendo uma grande carga também para o lado do drama, que é bastante forte na obra.

Como já mencionado também, a atuação dos personagens também é um show a parte, não à toa foram aproveitadas na segunda produção desse conjunto “A maldição”.

E toda a parte de fotografia, iluminação, imagem e sons também traduzem muito dos significados que a obra quer passar, com a troca de cores mais fortes por cores mais fracas nas passagens de tempo, e também com uma linguagem visual muito marcante.

Assim, embora existam também muitos diálogos no decorrer das séries, apenas as imagens já conseguem expressar muito bem todas as informações importantes.

Onde assistir A Maldição da Residência Hill?

Como já foi explicado durante o artigo, A maldição da residência Hill é uma obra original da Netflix, que vem a cada ano investindo cada vez mais nesse tipo de produção. Afinal os benefícios que elas geram para a plataforma em questão, como o aumento no número de assinantes, é realmente bastante significativo. Assim, o streaming que já conta com obras no estilo de Away, consegue aumentar ainda mais seu catálogo bastante amplo.

Assim, para quem tem o interesse em acompanhar A maldição da residência Hill, é preciso apenas se tornar um assinante dos serviços de streaming da Netflix. Assim, de quebra ainda consegue acompanhar outras grandes produções, como o maior sucesso da plataforma em todos os tempos, Bridgerton.