As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Como saber se um site é seguro? Proteja-se na Black Friday

A Black Friday já está bem próxima e muitas empresas inclusive já estão com ofertas em vários departamentos. Por isso, veja dicas para saber se um site é seguro na hora de fazer as suas compras online, para não correr risco de cair em nenhum golpe durante a promoção.

Em 2022, espera-se, segundo pesquisas, que os pedidos feitos em lojas online ultrapassem os 8 milhões. Desse modo, esta pode ser uma grande oportunidade para os criminosos aplicarem golpes nos consumidores que fazem compras pela internet.

Dicas para saber se um site é seguro

A Black Friday é o período do ano mais esperado pelos consumidores e muitas pessoas planejam as suas compras com antecedência. No entanto, as dicas a seguir servem não apenas para esta época, mas sim para todas as transações que você possa vir a fazer no decorrer do ano.

Celular sobre mesa com código de programação de site em sua tela com foco nos protocolos HTTPS de segurança
Verifique protocolos de segurança para saber se o site é confiável antes de comprar. Imagem de Caspar Camille Rubin em Unsplash

1. Não clique em qualquer link

Em primeiro lugar, a dica é ser desconfiado de tudo, afinal saber se um site é seguro vai além de proteger seu dinheiro, mas também seus dados. Dessa forma, não clique em qualquer link ou banner que receber ou que ver na internet.

A dica é valiosa porque você não sabe para onde este endereço irá te levar. Por isso, o ideal é evitar entrar neste tipo de destino, seja pelo computador ou pelo seu dispositivo móvel, para se proteger melhor.

2. Opte sempre por digitar o endereço

Esta é sem dúvida uma das melhores dicas, afinal muitos sites falsos podem simular um destino oficial. Por exemplo, é comum ver golpes na internet com sites que são idênticos ao de alguma loja, mas o endereço, se você reparar, não tem sequer o nome da empresa.

Neste tipo de situação, há grande chance de ser um site falso, então para se livrar destes é ideal digitar o local que você deseja acessar, pois esses golpes podem aumentar ainda mais durante a Black Friday 2022.

Assim, caso queira conferir os preços dos produtos na Magazine Luiza, por exemplo, digite o site www.magazineluiza.com.br, do mesmo modo para todas as empresas. Essa é uma das melhores formas de se resguardar dessas situações.

3. Confira a veracidade da URL

Existem duas formas de identificar a veracidade de um site. Afinal, muitos desses endereços feitos para aplicar golpes podem ter domínios bem parecidos com os sites oficiais das marcas.

Uma forma de identificar se um site é seguro é ver se no local onde você digita o site no navegador existe a sigla HTTPS, antes do nome do site. Essa sigla com a letra S no fim, significa que a página tem protocolos de segurança mais rígidos.

Outro fator que deve ser observado é a presença ou não de um cadeado preto antes do HTTPS. Esse, por sua vez, não deve ter um risco vermelho em cima, pois isso significa que o mesmo não é confiável. Ao clicar no cadeado, será aberta uma pequena página com todos os protocolos de segurança do site em questão.

4. O site deve conter alguns dados obrigatórios

Para saber se um site é seguro é ideal conferir ainda a presença ou não de informações obrigatórias. Isso porque todas as lojas virtuais no território brasileiro devem conter dados como nome da Empresa, CNPJ ou CPF e o endereço da mesma.

É preciso ainda que a mesma contenha dados de localização e contato, para que o consumidor tenha acesso às informações necessárias antes de fazer a compra. Para o caso de vendas feitas por pessoas físicas, o CPF do vendedor deve estar disponível para consulta também.

5. Verifique a situação cadastral do CNPJ da empresa

A consulta é simples e pode ser feita no site da receita federal. Para isso, basta pegar o número informado no site e consultar no endereço informado acima. Desse modo, o site te dará um retorno com todas as demais informações da empresa e a situação, onde dá pra saber se a mesma está regular ou não.

6. Consulte a reputação do site

Uma das melhores dicas é pesquisar a reputação do local que você deseja fazer as compras. Então, uma das maneiras é acessar o Reclame Aqui, site que registra todos os dados relativos a problemas em compras, atualizado pelos próprios consumidores.

Outra dica é consultar uma lista com o nome “Evite esses sites”, que está disponível na página online do Procon-SP. Por sua vez, o site mantém um montante de nomes de lojas online de várias cidades que não são confiáveis.

7. Utilize ferramentas online

Existem várias páginas que você pode ter acesso de forma simples, onde há registros das informações de inúmeros sites. Uma delas é o “Site Confiável”, que mantém um banco de dados vasto com informações sobre várias empresas.

As plataformas, por sua vez, entregam resultados de forma rápida e eficaz e são muito fáceis de usar. Portanto, vale a pena acessar ferramentas como essa nesse período de promoção para fugir de golpes e ciladas.

Dica extra

Outro fator a se observar para saber se um site é seguro, é identificar as formas de pagamento da oferta. Isso porque grande parte dos destinos falsos e maliciosos só dão opções de pagamento à vista.

Vale destacar também que fazer pesquisas com antecedência sobre os produtos que você deseja comprar ajuda a fugir de ofertas falsas. Afinal, muitos sites oferecem promoções exorbitantes, para ludibriar o cliente e conduzi-lo ao golpe, além de usarem gatilhos de escassez, como a frase “última unidade”.

Fonte: JovemPan.com.br

você pode gostar também
Comentários