As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Lojas pequenas podem se planejar para competirem com grandes marcas na Black Friday 2022

Apesar da Black Friday deste ano prometer mais vendas, as lojas pequenas devem ficar atentas. Isto é, porque o início da Copa do Mundo será na mesma data do evento. Então, os varejistas vão precisar se esforçar para atrair a atenção dos consumidores.

Os comerciantes também vão ter que competir com empresas grandes pelos cliques e compras. Contudo, Fernanda Bromfman, líder de Commerce do Google Brasil, fez uma lista de recomendações. Ou seja, dicas para que as lojas possam se preparar.

Lojas pequenas precisarão de mais planejamento

As lojas de pequeno porte devem fazer seu planejamento com estoque e disponibilidade de produtos. Bem como, a logística de entregas para a Black Friday 2022 para evitar qualquer problema.

Analisar dados anteriores é essencial

As lojas que estão há mais tempo no mercado precisam analisar dados dos anos anteriores. Por exemplo, os registros de consumidores para comunicar a eles sobre as próximas promoções. Aliás, segundo Brofman, quanto antes tiverem uma base de clientes, melhor. 

Investi em campanhas é o ideal

A especialista também informou que antecipar as campanhas é fundamental. Igualmente, para algumas lojas pequenas, pode ser que faça mais sentido promoções semanais. Ou seja, uma semana de promoção por mês em cada categoria.

Imagem de pessoa segurando smartphone e olhando ofertas da Black Friday diante loja com cartazes de promoção
Lojas pequenas devem investir em campanhas digitais. Imagem de CardMapr.nl no Unsplash

Lojas pequenas terão mais vantagens no ambiente digital

As lojas pequenas devem investir em mídias digitais para ter uma campanha mais eficiente. Dessa forma, quanto mais elas se anteciparem, mais relevantes ficarão para as buscas. Além disso, o Google vai priorizar sites com dados completos dos produtos.

Uma vantagem das campanhas digitais é que elas não precisam de muita interação humana. Nesse sentido, saber o que quer e pedir para o robô fazer é a melhor estratégia. Isto é, anunciar seu produto em uma rede e deixar a automação achar o consumidor.

É importante aproveitar cenário da Copa

A Copa do Mundo começará no mesmo dia das promoções da Black. Então, as lojas pequenas podem aproveitar dessa movimentação para divulgarem as suas ofertas. Assim, elas devem ser criativas e elaborar promoções de acordo com o campeonato.

Bromfman cita que a criatividade é mais fácil de fluir em uma pequena organização. Bem como, que consegue tomar decisões mais ágeis e mover-se rapidamente. Por exemplo, no âmbito da copa, a agilidade fará diferença após os resultados de cada jogo.

Lojas pequenas devem focar em categorias mais procuradas

Segundo uma pesquisa encomendada pelo Google ao Instituto Ipsos mostrou que os brasileiros vão comprar mais. Dessa maneira, 71% dos entrevistados farão compras nesta Black Friday. Ou seja, 29% a mais do que no ano de 2021, principalmente da Classe C.

Para atrair esses clientes, as lojas pequenas precisarão focar nas categorias mais procuradas. Nesse sentido, é crucial que façam ofertas desses produtos que estão entre as intenções de compra:

  • Roupas e acessórios;
  • Livros e itens de papelaria;
  • Calçados;
  • Celulares;
  • Eletroportáteis.

Este ano, os consumidores também vão priorizar itens de qualidade e não só mais baratos. Assim, segundo o Google, as buscas pelo termo “melhor” já superam as da palavra “barato”. Portanto, os varejistas devem ficar atentos em suas estratégias e seleções. 

você pode gostar também
Comentários