As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Por que o Live Commerce é importante para a Black Friday?

Entenda a importância do Live Commerce para a Black Friday e porque as empresas aderem a este tipo de campanha para alavancar as vendas. Desse modo, veja onde surgiu e saiba como a prática cresceu nos últimos anos.

Live Commerce e sua importância

Nos últimos anos, os padrões de consumo das pessoas mudaram e muitos fatores contribuíram, como a pandemia, que deixou todos sem sair de casa. Isso favoreceu ainda mais o crescimento dos e-commerces.

Essas mudanças podem explicar o nascimento e crescimento do Live Commerce. Por sua vez, as mesmas também são conhecidas por Live-Shopping ou Livestream Shopping e esta surgiu e se popularizou na China e cresceu nos Estados Unidos, além do Brasil apresentar cada vez mais campanhas como essa.

O mercado está cada vez mais em evolução para atender as necessidades de consumo das pessoas. Portanto, é natural que, ao notar aumento de atividades em determinada área, as empresas se adaptem a esse padrão.

Importância na Black Friday

A Black Friday apresenta números expressivos, seja em valores movimentados ou número de vendas. Os e-commerces apresentam também alto número de pedidos e pesquisas apontam que em 2022 estes devem passar de 8 milhões.

Por esse e outros motivos, o Live Commerce é importante para gerar mais vendas por impulso. Além disso, aumenta as chances de vender para as pessoas que já iam comprar em outra empresa, afinal os consumidores podem assistir e aguardar algum desconto para tomar a decisão.

Com o surgimento da pandemia do Covid-19, entre os anos de 2019 e 2021 empresas como as Lojas Americanas e outros e-commerces começaram a implantar campanhas como essa na Black Friday.

E o mais importante é que, segundo a Forrest Research, 70% dos consumidores se agrada dessa forma de divulgação e se interessam por abordagens como a usada no Live Commerce, que lembre muito o famoso canal do Shoptime.

A experiência do consumidor é uma tema abordado por todos os segmentos, que entenderam que o mesmo não quer mais se prender a algo robótico. Logo, o Live Commerce propicia um ambiente menos intimidador e mais propício às vendas.

Como funciona o Live Commerce?

O Live Commerce é uma transmissão ao vivo com foco na divulgação de produtos em oferta. No entanto, os apresentadores desse “evento”, que são geralmente influencers, geram entretenimento de diversas formas enquanto mostram os itens.

Muitos cantores também são chamados para atrair ainda mais pessoas para a transmissão. Isso porque ter contato com algo que você gosta antes de tomar uma decisão pode ajudar a aliviar a tensão e a alta expectativa em torno da promoção.

As lives são usadas ainda para distribuir cupons de desconto para os consumidores. Por sua vez, gera empatia e aproxima as empresas do público, o que ajuda muito na fidelização dos mesmos.

As transmissões são feitas por meio de redes sociais e plataformas de streaming. Por isso, são muito comuns no Facebook, Twitch, Youtube e TikTok e a tendência é que você se depare cada vez mais com campanhas assim, principalmente agora no período da Black Friday 2022.

O bom humor, típico do Live Commerce, é para, de alguma forma, aliviar as tensões dos consumidores e a sua ansiedade, já que vários estão na expectativa de comprar os produtos e na tensão, com medo de perder as melhores ofertas.

Caso a experiência seja válida para aquele consumidor, a tendência dele comprar novamente naquela determinada empresa é maior, visto que o posicionamento de marca é muito importante e o evento ajuda a fixar a empresa na memória das pessoas.

Live commerce é a nova tendência

Mesmo que muita gente ainda não tenha se adaptado ou não goste desse formato, o Live Commerce veio para ficar. Afinal, grande parte pessoas já se habituaram a fazer suas compras enquanto assistem uma transmissão descontraída e a democracia deve prevalecer até mesmo nesse sentido.

Fonte: metropoles.com

você pode gostar também
Comentários