As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Comércio eletrônico deve ter movimentação de R$ 6 bilhões graças à Black Friday

O comércio eletrônico deve vender mais de R $6 bilhões no Brasil no ano de 2022, segundo pesquisa da ABComm. Com isso, veja mais dados de como o e-commerce pode impactar as vendas de várias lojas e a intenção de compra do público no país.

Previsão para o comércio eletrônico no Brasil

A Black Friday 2022 está bem perto, afinal está marcada para o dia 25 de novembro. Por isso, são esperados mais de 8 milhões de compras somente nos itens mais aguardados pelo público neste período da promoção importada ao território Tupiniquim, segundo a ABComm.

Segundo o Google e Instituto Ipsos, cerca de 71% das pessoas que participaram no estudo no Brasil pretendem pesquisar ou comprar algum item durante a data da Black Friday. Logo, várias marcas já criaram promoções de Esquenta para atrair ainda mais o público.

Estes dados são impressionantes, pois mostram um crescimento de 16% em relação à intenção de compra das pessoas no ano de 2021 para o mesmo período. Então, pode ser uma ótima oportunidade para empresas impulsionarem suas vendas.

Indecisão do público?

O estudo revela que 60% das pessoas já têm ideia do que comprar ou estão decididas 100% de qual item buscar. Porém, muita gente ainda não sabe onde procurar e qual loja deverá fazer as compras.

Dica para o comprador

É ideal ter cuidado e prestar atenção em alguns pontos na hora de escolher qual produto comprar e onde escolher. Isso porque com o aumento do comércio eletrônico e alta demanda de busca por promoções, criminosos se aproveitam para criar sites falsos.

O fato é que estes criminosos conseguem simular perfeitamente o site de uma marca e até invadir determinado domínio que ofereça um link de redirecionamento. Com isso, eles incluem este site falso no ambiente, que leva o cliente a cair em um golpe.

Há ainda um outro golpe comum que envolve o uso de CNPJ ou QR Codes falsos. Desse modo, o cliente “adquire” um produto em um lugar falso, paga pelo mesmo, mas não recebe nada em troca.

Como evitar golpes no comércio eletronico?

Preste atenção se o site ou comércio eletrônico que você acessou tem no URL, que é o endereço do site, o nome da empresa em questão. Outro ponto é olhar se antes deste URL tem um pequeno cadeado preto sem um corte vermelho, que significa que é um ambiente mais seguro.

Dica para lojistas se darem bem no período

Uma boa forma de aumentar suas vendas e conseguir impactar o público no caso de um e-commerce é investir em divulgação nas redes sociais. Isso porque um outro estudo revelou que mais da metade das pessoas sofrem influência de anúncios no Instagram ou Facebook na hora de decidir o que comprar.

Incluir formas diversas de pagamento e opção de parcelamento ajuda a atrair as pessoas que deverão comprar nas grandes empresas. Do mesmo modo, oferecer uma entrega eficaz e com o menor frete possível é uma boa forma de induzir as compras eu seu comércio eletrônico.

você pode gostar também
Comentários