Como parece já ter acontecido na China com o lançamento antecipado da pré-encomenda, os estoques americanos da linha do iPhone 13 estão começando a sofrer atrasos. Uma hora após o início das encomendas nos Estados Unidos, o iPhone 13 Pro Max já havia recuado.

Atualmente, todos os modelos estão aparecendo disponíveis para retirada na loja no dia 24 de setembro, como antes. No entanto, a entrega do iPhone 13 Pro Max agora está listada como sendo entre 6 e 11 de outubro, com algumas cores do modelo de 1 TB.

O iPhone 13, o iPhone 13 mini e o iPhone 13 Pro continuam disponíveis para entrega em 24 de setembro para aqueles que encomendaram os aparelhos. Na China, o iPhone 13 e o iPhone 13 mini ainda serão entregues nessa data, mas o iPhone 13 Pro já caiu entre dois e três semanas.

Atrasos na entrega do iPhone 13 em outras partes do mundo.

É uma situação semelhante no Reino Unido. Por lá, o iPhone 13 Pro Max está atualmente em espera e não será entregue até entre 4 e 11 de outubro.

No entanto, o Reino Unido também está vendo um atraso no modelo básico do iPhone 13. Após cerca de uma hora de pré-encomendas, esse número também caiu para entre 4 e 11 de outubro.

Não é possível concluir que o iPhone 13 Pro Max seja a versão mais vendida da nova linha, no entanto. A Apple não divulga detalhes de quantos ela escolhe fazer, ou tem capacidade de produção para fabricar, de qualquer modelo em particular.

No entanto, é pelo menos possível que o iPhone 13 Pro Max esteja vendendo mais do que a Apple esperava.

No início deste ano, a Apple solicitou aos seus fornecedores a entrega de 90 milhões de unidades do iPhone 13 até o final de 2021.

A Bloomberg divulgou que, a fabricante americana acredita que a demanda por smartphones este ano, no “mundo pós-covid”, será ainda maior que nos anos anteriores. Tudo indica que a Apple está certa.