O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos – é Bom?

Você já deve ter ouvido falar em Jordan Peterson, um nome que nos últimos anos ficou bastante conhecido na internet.

Caso não o conheça, neste post iremos apresentar o livro “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos” desse autor, mostrando suas principais características, vantagens e desvantagens.

12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos, de Jordan Peterson

Imagem com 12 Regras Para a Vida de frente
Foto: 12 Regras Para a Vida de frente

“12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos” é um livro do professor e psicólogo canadense Jordan B. Peterson que foi publicado pela primeira vez no ano de 2018 e se tornou um best-seller mundial.

Aqui, vamos traçar um panorama da obra, sua premissa básica; em seguida faremos uma análise geral e apontaremos aspectos relevantes sobre o livro. Para saber mais, continue lendo este post!

Características:

  • Autor: Jordan B. Peterson
  • Ano de lançamento: 2018
  • Editora (Brasil): Alta Books
  • Gêneros: psicologia/filosofia/desenvolvimento pessoal
  • 448 páginas

Sinopse

Jordan Peterson se propõe a apresentar 12 premissas que, na sua concepção, serviriam para orientar a vida das pessoas, ajudando-as a lidarem com as dificuldades do dia a dia e do mundo à sua volta e facilitando a conquista de seus objetivos por meio do desenvolvimento pessoal.

A cada regra, é destinado um capítulo, o qual se inicia com a proposição do autor, sendo esta desenvolvida ao longo do capítulo.

Para darmos um exemplo, a primeira regra é “Costas eretas, ombros para trás”. A partir dessa frase, ele discorre sobre a importância da postura e da linguagem corporal para mudar a forma como nos enxergamos e nos posicionamos no mundo.

Resenha

A um primeiro olhar, já pelo título temos a impressão de que 12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos é um livro de autoajuda.

De fato, na maioria das livrarias e sebos do Brasil, essa obra está catalogada como autoajuda e desenvolvimento pessoal, mas ao entrarmos em contato com as ideias do livro, nos damos conta de que isso é apenas parcialmente verdade.

Ou, em uma outra perspectiva, se esse for um livro de autoajuda, sua abordagem é um pouco diferente das demais do gênero.

Imagem com 12 Regras Para a Vida deitado
Foto: 12 Regras Para a Vida deitado

Existe certo preconceito com livros de desenvolvimento pessoal, o que pode afastar os leitores de “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos”, criando uma resistência prévia apenas diante do título.

Entretanto, ao longo de sua obra, Peterson difere dos livros dessa categoria por apresentar conceitos muito mais elaborados e até complexos vindos da filosofia e da psicologia.

Ele se utiliza de fábulas, clássicos da literatura e até exemplos da bíblia para explicar seus pontos de vista de uma maneira mais clara e objetiva.

A escrita e as ideias

Ainda que o livro apresente ideias bem embasadas e com certa complexidade, a linguagem é fácil de ser compreendida por praticamente qualquer leitor que venha a se interessar pela obra.

Outro ponto a salientar diz respeito às 12 regras em si: não podemos negar que elas são, de certa forma, “senso comum”, ou seja, coisas muito básicas que em teoria todo mundo sabe.

Todavia, isso não é algo necessariamente negativo, pois o que conta é que o autor apresenta todas essas proposições de um ponto de vista diferente.

Ainda que teoricamente essas regras sejam “básicas” e “todo mundo sabe”, na prática não é bem assim.

Afinal, se todos sabem, por que a maioria das pessoas não as aplica em suas vidas? A abordagem de Peterson é importante justamente para embasar essas regras gerais e estimular as pessoas a segui-las, e, assim, melhorarem suas vidas.

Recepção e Crítica

Sendo Jordan Peterson uma pessoa com opiniões polêmicas (apresentaremos o autor nos trechos mais abaixo), é natural que a recepção de “12 Regras Para a Vida” tenha dividido o público.

De modo geral, a obra teve ótima recepção, afinal se tornou um best-seller que continua na lista dos mais vendidos.

Por outro lado, ainda há uma ferrenha crítica ao livro por parte de alguns leitores, mais pela figura do autor do que de fato pelo conteúdo presente na obra.

Prós e Contras de “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos”

Imagem com 12 Regras Para a Vida
Foto: 12 Regras Para a Vida de lado

Prós

  • Leitura dinâmica
  • Escrita simples e fácil de ser compreendida
  • O livro serve como uma espécie de guia para quem está buscando soluções simples a fim de melhorar a qualidade de vida
  • Livro best-seller, agrada a vários perfis de leitores

Contras

  • Autor com posicionamentos polêmicos que podem desagradar alguns leitores que não separam o autor da obra

O Autor

Quem é Jordan Peterson?

Jordan Bernt Peterson nasceu em 1962 no Canadá e é psicólogo e professor. Ganhou visibilidade na internet no ano de 2016 ao se colocar contra a obrigatoriedade do pronome neutro direcionado a pessoas de identidade de gênero diversa ao convencional.

Seus posicionamentos geraram e ainda geram muita polêmica, especialmente nas redes sociais, alguns o criticando e outros o defendendo.

Além de “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos”, Peterson também é autor de outras duas obras: “Mapas do Significado – A Arquitetura da Crença” (2018) e “Além da Ordem: Mais 12 Regras Para a Vida” (2021).

“12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos” é bom?

Afinal, “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos” vale a pena?

Esse é um livro que divide muitas opiniões, principalmente porque se trata de um autor polêmico.

No que diz respeito a crítica, há dois principais tipos de reações: primeira, a daqueles que leram e não gostaram por diversos motivos, desde de discordar das ideias do autor até por não terem afinidade com esse tipo de livro.

E segunda, a de pessoas que não leram o livro, mas têm aversão a ele apenas pelo fato de não gostarem de Jordan Peterson e de seus posicionamentos, ou então de se desencorajarem pelo título que remete a autoajuda.

As opiniões favoráveis a esse livro dizem que ele é capaz de ensinar as pessoas a viverem melhor suas vidas ao tomarem atitudes diárias muito simples que fazem toda a diferença.

Nosso veredito é de que esse livro funciona para algumas pessoas e para outras não. O que conta é o gosto pessoal de cada um por determinado tipo de leitura.

Entretanto, afirmamos que de fato as 12 regras que Peterson apresenta são ações benéficas e positivas que podem, sim, te ajudar a colocar a vida nos eixos e conquistar seus objetivos a partir de passos simples.

As pessoas também perguntam

Qual livro do Jordan Peterson ler primeiro?

Nós recomendamos “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos” por ser o livro que Peterson expõe as ideias de maneira mais simples. Ele também escreveu “Mapas do Significado – A Arquitetura da Crença“, mas esse é um livro bastante teórico e com um maior grau de complexidade. Além de “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos”, Peterson também é autor de outras duas obras: “Mapas do Significado – A Arquitetura da Crença” (2018) e “Além da Ordem: Mais 12 Regras Para a Vida“, que é ideal para ser lido somente após o primeiro livro de regras.

Quantas páginas tem o livro 12 Regras Para a Vida?

12 regras para a vida

A edição brasileira dessa obra, da editora Alta Books, conta com 448 páginas.

Sobre o que é o livro 12 Regras Para a Vida de forma resumida?

Para resumir, podemos dizer que se trata de um livro que apresenta 12 regras básicas para se viver da melhor forma possível, a cada dia buscando ser uma melhor versão de si.

Considerações Finais

Neste texto, apresentamos a obra “12 Regras Para a Vida: Um Antídoto Para o Caos”, de Jordan Peterson, mostrando as características mais relevantes do livro.

Recomendamos a obra para quem quer melhorar a qualidade de vida aplicando algumas atitudes simples. Como o gosto é algo muito subjetivo, cabe a você decidir se essas regras e o livro em si funcionam para sua situação, e, nesse caso, não há certo ou errado.

Gostou do post? Deixe suas impressões aqui embaixo nos comentários!

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]
você pode gostar também
Comentários
>