Display em cascata (com tela curva preenchendo o espaço dos painéis laterais do dispositivo) tem se tornado uma tendência ao longo dos últimos anos. A primeira vez que vimos algo do tipo foi no Samsung Galaxy Edge 7, onde a tela se curvava nas laterais.

Alguns outros dispositivos já possuem essa característica, entre eles se destacam o Vivo Nex 3, Huawey Mate 30 Pro e Oppo Find X2.

Nos últimos dias a Xiaomi apresentou um conceito diferente de display em cascata, onde o display além de preencher as bordas horizontais, também preenchem as bordas verticais, ficando em cascata nos quatro lados, algo até então inédito. Confira abaixo um vídeo disponibilizado pela empresa para a divulgação da tecnologia:

Para atingir esse resultado, a Xiaomi utilizou uma nova tecnologia de colagem de vidro 3D, além disso, foi utilizada uma técnica de dobra quente, aquecendo o vidro a 800 graus Celsius e após o resfriamento foram necessárias 10 etapas de polimento até atingir o resultado apresentado.

Por se tratar de um conceito, não de um aparelho comercial, a Xiaomi se aproveitou de outras tecnologias para permitir que o telefone não tenha botões físicos, nem alto-falantes, entrada de SIM Card ou até mesmo entrada para carregador, ainda assim ele possui a capacidade de se conectar a uma rede móvel através de um eSIM (SIM Card digital), a bateria se carrega sem a necessidade de um carregador e para reproduzir sons foi utilizada a tecnologia piezoelétrica.

Quanto custa e onde comprar?

Infelizmente ainda não se sabe quando esse tipo de aparelho começará a ser produzido para comercialização, mas já dá para ter um gostinho de como poderão ser os smartphones em um futuro não muito distante.

Agora eu quero saber: O que você achou deste conceito incrível de display em cascata dos quatro lados apresentados pela Xiaomi? Fala pra mim nos comentários, aqui em baixo: