30 mil computadores da Apple são atingidos por vírus

A companhia de segurança Red Canary revelou um alerta em relação a um vírus que teria atingido mais de 30 mil computadores da Apple. Como a praga virtual é desconhecida, então, os especialistas intitularam-na de “Silver Sparrow”.

No caso, em português, o vírus se chama “Pardal Prateado”.

Como age o vírus?

De acordo com especialistas, o vírus traz ameaças aos sistemas da Apple. Isso porque exibe propagandas indesejadas nestes pc’s;

O vírus ainda não teve o seu funcionamento descoberto. Ou seja, não se base como ele atinge os alvos.

Por outro lado, a praga virtual não passa de um computador para o outro. Assim, acredita-se que os arquivos com o vírus chegam os pc’s da Apple por meio de ações de ataques organizados.

Além disso, não se sabe se o vírus tem, realmente, objetivos maliciosos por parte dos responsáveis. Isso porque alguns sistemas Apple já foram analisados. Assim, constatou-se que as pragas ficaram somente no servidor. Por outro lado, não carrega demais informações – o qe dificulta o mapeamento deste vírus.

Parceiras da Apple investigam a praga virtual

De acordo com dados da Malwarebytes – uma fabricante de antivírus -, o vírus chegou a mais de 30 mil computadores Apple. No caso, considerando-se até o dia 17/02.

Além disso, a Malweebytes detectou que a praga que atingiu pc’s da “maça” em mais de 150 países. Dessa forma, acredita-se em uma contaminação global.

Também, há evidencias que a praga que atingiu os mais de 30 mil computadores da Apple começou ainda em agosto de 2020. Porém, o problema detecção apenas no final de janeiro de 2021, pela Red Canary.

Além disso, o vírus chama a atenção por carregar um código já compatível com o chip M1. No caso, o chip próprio da Apple.

De acordo com a Red Canary, tal fato revela que o código pode estar sob desenvolvimento dos responsáveis.

Além da Red Canary e da Malwarebyte, um especialista da Black Carbon, da VMWare, também contribuiu com a investigação do caso.

Vale ressaltar que tais características não são não comuns em vírus, como o que atingiu mais de 30 mil computadores da Apple. Assim, a praga virtual está sob investigação de diversas empresas contratadas pela gigante norte-americana.

 

 

 

Com informações do G1

Mostrar o perfil completo

Jornalista com mais de 10 anos de experiência em redação em geral. Passagens pela Folhaonline, Jornal Agora São Paulo, Revista Consumidor Moderno, site fashionbubbles.com, entre outros.

Teremos o maior prazer em ler o que você tem a nos dizer, seja dúvida, elogio, critica ou sugestão!

Escreva seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cupomzeiros
Logo
Registrar Nova Conta
Nome completo (obrigatório)
Redefinir Senha