As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Biografia Justin Bieber

121d8f7 justin bieber 1024x683 2 Biografia Justin Bieber

Justin Bieber é um cantor, compositor e ator, nascido em London, Ontário, no Canadá, no dia 1 de março de 1994. Após publicar vídeos no YouTube onde aparece cantando covers de artistas famosos, em 2007, Bieber foi descoberto pelo executivo Scooter Braun, que o levou para Atlanta, na Geórgia, e tornou-se seu agente e empresário. Justin se consagrou como um cantor Pop e uma das maiores revelações da música, quando tinha apenas 15 anos.

Justin se reuniu então com Usher e logo assinou um contrato com a gravadora Island Records, dando o pontapé inicial em sua carreira como músico no ano de 2009, após concluir o ensino médio.

O seu álbum de estreia foi dividido em duas partes e intitulado “My World” e My World 2.0”, sendo o primeiro lançado em novembro de 2009, com quatro músicas se tornando um grande sucesso instantaneamente, são elas: “One time”, “Love me”, “One less lonely girl” e “Favorite girl”. Esses quatro singles alcançaram o top 15 da Canadian Hot 100 e o top 40 da Billboard Hot 100. O sucesso foi tão grande que Justin se tornou o único artista a estrear com quatro singles na Billboard antes do lançamento do álbum de estreia.

O álbum “My World” estreou na sexta posição da Billboard 200, recebendo muitas críticas positivas vindas de especialistas no mundo da música. Seu álbum de estreia vendeu mais de 137 mil cópias durante a primeira semana, alcançando a segunda melhor venda de um artista revelação naquele ano. O álbum rendeu em seu país de origem, o Canadá, o certificado de outro da Music Canada e, após um mês, recebeu também no país o certificado de Platina.

Foi em 2010 que o artista alcançou um milhão de cópias vendidas nos Estados Unidos, ganhando também no local o certificado de Platina. Na mesma época, ele ganhou o certificado de Prata no Reino Unido.

Já a segunda parte do álbum, “My World 2.0”, lançada em março de 2010, teve a estreia na primeira posição da Billboard 200, alcançando 283 mil cópias já durante a primeira semana. A música “Baby” alcançou o top 5 em mais de 10 países. Justin recebeu o certificado de Platina tripla pela venda de quatro milhões de cópias. Na Nova Zelândia e Austrália, Bieber recebeu Ouro.

A partir daí, Justin não parou de compor novas músicas. Não demorou muito para ele ser consagrado o príncipe do pop e alcançar a fama mundial.

Como Justin iniciou sua vida no showbusiness muito jovem, ao longo de sua vida pública, se envolveu em muitas polêmicas e até cometeu crimes, sendo preso mais de uma vez.

Em seus relacionamentos também houve polêmica sobre o namoro com a também cantora e atriz Selena Gomes, cheio de altos e baixos, idas e vindas.

Atualmente, o cantor está mais tranquilo, após se casar com a modelo Hailey Bieber e precisar diminuir o ritmo para tratar a doença de Lyme. No entanto, o astro continua chamando a atenção por onde passa e movimentando sua multidão de fãs.

Fatos sobre a vida de Justin Bieber

NomeJustin Drew Bieber
GêneroMasculino
Famoso comoCantor, compositor e ator
NacionalidadeCanadense
Nascido1 de março de 1994
CônjugeHailey Baldwin (2018 a atual)

Quem é

O cantor, ator e compositor canadense Justin Drew Bieber nasceu no St Joseph’s Hospital, no dia 1 de março de 1994, em uma província canadense de Ontário, chamada London, ele é descendente de alemão e francês.

Apenas três meses após seu nascimento, Justin mudou-se com a família para a cidade de Stratford, ainda em Ontário. Seus pais são Patricia Mallette e Jeremy Jack Bieber. Justin foi fruto de um relacionamento da juventude de sua mãe, que tinha apenas 17 anos quando deu à luz.

Os pais de Justin nunca se casaram e quem o criou foi sua mãe, sua avó materna, Diana, e o padrasto, Bruce Dale. Mesmo não tendo um relacionamento, a mãe e o pai de Bieber sempre foram amigos e estiveram próximos ao filho, traçando objetivos em relação a vida da criança.

Alguns anos depois Justin ganhou dois meios-irmãos, Jaxon e Jazmyn Bieber, frutos do casamento de Jeremy com Erin Wagner.

Justin começou a ter aulas de bateria muito cedo, aos dois anos, após sua mãe notar o interesse que ele demonstrava em bater nas panelas, cadeiras, mesas, potes e sofás. O primeiro contato que ele teve com a música foi na igreja.

O talento era tamanho que com três anos já sabia tocar bateria. Após dominar o instrumento, passou a aprender violão, o qual dominou aos seis anos.

Sua mãe, também conhecida por Pattie, o apoiava incondicionalmente, porém, como vinham de uma família que seguia rigorosamente os valores cristãos, ela se sentia confusa sobre o futuro de Bieber no meio artístico, pois muitas histórias sobre jovens que se perdem após conseguir a fama e não sabe lidar com vícios e tentações que rodeiam os artistas. Por todos esses medos, inicialmente, Justin permaneceu se apresentando apenas na igreja.

A vida escolar de Bieber teve início no Downie Public School, mudando-se em seguida para a Avon Public School.

A carreira de Justin teve início quando o executivo de marketing da So So Def Recordings, Scooter Braun, assistiu a um dos vídeos postados por Bieber em 2007. Braun se encantou pela apresentação realizada em frente ao Avon Theater e começou a procurar pelo garoto.

Depois de inúmeras ligações e uma longa conversa com Pattie, Justin embarcou com sua mãe para Atlanta e assinou contrato com o executivo, se mudando temporariamente para o local.

Braun se tornou então empresário de Justin e enviou suas músicas para diversos artistas renomados, como Justin Timberlake e Usher. Ambos mostraram interesse em trabalhar com Bieber, que foi contratado pela Island Def Jam.

Durante a gravação do álbum de estreia, a música “One Time” foi lançada e chegou a 12ª posição do Canadian Hot 100 durante a primeira semana de lançamento, em 2009. Pouco tempo depois, o single chegou a 17ª posição do Billboard Hot 100.

Bieber passou a ser reconhecido mundialmente ainda no outono de 2009 e a música ganhou Platina nos EUA e Canadá, além de receber certificado Ouro na Nova Zelândia e Austrália.

O astro vendeu mais de 150 milhões de discos e garantiu o título de artista de música mais vendido no mundo.

Além de seu talento, o cantor também ficou conhecido por ter lançado uma revolução entre os jovens. Todos os adolescentes do mundo imitaram o corte de cabelo, as roupas, tênis e acessórios com que Bieber andava dando a ele o apelido de “Príncipe do pop” e “Rei do Teen- Pop”.

Justin também venceu premiações como: 15 American Musica Awards, 20 Billboard Music Awards, 2 Brit Awards, 1 Grammy Latino, 1 Grammy Awards e 3 MTV Video Music Award.

Outro feito importante da vida de Bieber foi ser incluído na lista das dez celebridades mais poderosas do mundo da Forbes nos anos 2011, 2012 e 2013. No ano de 2016, ele foi considerado o primeiro artista que obteve mais de 10 milhões de visualizações no VEVO.

Em janeiro de 2020 Justin diminuiu o ritmo após ser diagnosticado com a Doença de Lyme, que afetou o cérebro, a pele e o restante de sua saúde.

Juventude

No ano de 2006, após completar doze anos, Justin participou de um concurso de sua cidade chamado Stratford Idol. Bieber não apresentava vantagens sobre seus adversários, pois todos os outros candidatos faziam aulas de canto, mas isso não impediu o jovem de conquistar o segundo lugar.  

No ano seguinte, em 2007, com tamanho talento já identificado pela família, Justin e sua mãe decidiram postar vídeos de apresentações do menino no Youtube para mostrar aos familiares que moravam distante, foi então que a família começou a compartilhar e as publicações de Justin fazendo covers de músicas conhecidas alcançaram cada vez mais pessoas, chegando a milhares de visualizações.  

Carreira musical

Com o lançamento do EP chamado “My World” em novembro de 2009, sua carreira decolou. Em apenas uma semana vendeu 137 mil cópias e ganhou certificado de Ouro e Platina. Além do single “One Time”, “One Less Lonely Girl”, lançada também antes da divulgação do EP, se tornou sucesso imediato.

Após o lançamento do álbum, Bieber alcançou algo não conseguido por outros artistas, que era ter quatro singles de estreia no top 40 da Billboard Hot 100 antes mesmo de lançar o álbum.

No ano de 2010, Justin recebeu $ 53 milhões e recebeu o título de adolescente mais bem pago de Hollywood. Esse alto número de retorno financeiro se deve ao fato de o cantor ter vendido mais de quinze milhões de discos desde sua estreia.

Bieber lançou em 2010 as músicas “Baby”, “Never Let You Go”, “U Smile” e, em seguida, liberou o álbum “My World 2.0”. O álbum vendeu mais de 283 mil cópias em uma única semana e estreou na primeira posição da Billboard 200.

Em fevereiro de 2011 houve o lançamento da biografia 3D “Justin Bieber: Never Say Never “. Esse lançamento liderou bilheterias de vários países e arrecadou, apenas no dia da estreia, cerca de US$ 12, 4 milhões de dólares. Para acompanhar o lançamento, Justin também liberou o álbum “Never Say Never – The Remixes”.

Bieber também recebeu um prêmio do Primeiro Ministro do Canadá, chamado de “Queen Elizabeth II Diamond Jubilee Medal”. Uma homenagem para personalidades que contribuíram com alguma região do Canadá ou conquista que tenha levado reconhecimento ao país.

Em março de 2012, Bieber liberou a música intitulada “Boyfriend”. Esse single vendeu mais de 559 milhares de downloads pagos e foi um sucesso logo em sua primeira semana nos EUA. Na época, essa música foi considerada uma transição de artista teen para adulto. No mesmo ano, Bieber também lançou o álbum “Believe”, dando início a “Believe Tour “. O álbum estreou em terceiro lugar nas paradas de 15 países.

A coletânea “Journals” foi lançada no iTunes Stores e rendeu indicações em 12 categorias do Grammy Awards. No mesmo ano ele foi premiado em sete categorias do Billboard Music Awards.

No ano de 2015 Justin lançou a música “Where Are Ü Now”, em parceria com Jack Ü. Essa canção ganhou o Grammy na categoria Melhor Gravação de Dance, em 2016. Nesse mesmo ano, Bieber também fez uma aparição no vídeo da música “I Really Like You”, de Carly Era Jepsen.

Como música principal do álbum Purpose, o cantor lançou, em agosto de 2015, o single “What do You Mean?”, uma música que misturou pop, dance e R&B acústico, se tornando o primeiro single do cantor a estrear em primeiro lugar na Billboard Hot 100. Com isso, Justin quebrou um recorde mundial, pois se tornou o artista masculino mais novo a estrear em primeiro na parada.

O segundo single do álbum foi lançado em outubro de 2015. “Sorry” foi disponibilizada através de download digital e com pré-encomenda no iTunes, estreando em segundo na Billboard Hot 100, subindo para o primeiro lugar após oito semanas.

Com o lançamento da música “Love Yourself”, terceiro single de Purpose, Justin se tornou o primeiro artista homem a ter três músicas número 1 em quase uma década. Quem havia conseguido esse feito anteriormente foi Justin Timberlake. A quarta música do álbum foi lançada em março de 2016 e intitulada “Company”.

Purpose foi o sexto álbum de Justin a ter sua estreia no topo das paradas mundiais. Lançado em novembro de 2015, o álbum vendeu mais de 649 mil cópias, estreando como número um da Billboard 200. Esse álbum também foi o mais vendido deste ano, atingindo 3,1 milhões de cópias no mundo.

Bieber deu início a Purpose World Tour em novembro de 2015, porém, ele cancelou os shows em julho de 2017 e não explicou quais seriam os motivos.

Os quatro primeiros álbuns de Justin Bieber foram lançados em vinil no ano de 2016.

Em julho de 2016 Bieber passou o recorde de Mariah Carey, pois através do single lançado com o trio de EDM Major Lazer, “Cold Water”, ele estreou no número dois da Billboard Hot 100 americana e se tornou o terceiro número dois do cantor no ranking, tornando-se o artista com maior número de estreias.

Ainda em 2016, Bieber colaborou em músicas do Dj francês DJ Snake, com a música “Let Me Love You”, alcançando o quarto lugar na Billboard Hot 100. Nesse mesmo ano ele colaborou com o rapper americano Post Malone no single “Deja Vu”.

A música “Despacito” foi lançada em abril de 2017, com a parceria dos cantores Luis Fonsi e Dassy Yankee, com Justin Bieber. Essa canção foi a primeira em espanhol de Bieber e se tornou a primeira top 10 em espanhol na Billboard Hot 100 desde o lançamento de “Macarena”, em 1996.

Em abril de 2017 Bieber participou de “I’m the One” do DJ Khaled, com os rappers Chance the Rapper, Lil Wayne e Quavo. Com esse single, Bieber alcançou a sua quarta música no topo da Billboard. Bieber lançou, em agosto de 2017, a música “Friends”.

Em 2018 Bieber se recusou a comparecer ao Grammy Awards para apresentar “Despacito”. Na ocasião, ele alegou que não se apresentaria antes de finalizar o próximo álbum.

Em março de 2019 o cantor se pronunciou nas redes sociais afirmando que faria uma pausa na carreira para lidar com problemas pessoais. No entanto, enquanto participava do Coachella de 2019, anunciou que faria o lançamento do quinto álbum em breve.

Justin lançou, em parceria com o cantor Ed Sheeran, em maio de 2019, o single “I Don’t Care”, música que se tornou um sucesso e alcançou o número 2 nas paradas musicais dos EUA. No mesmo ano, o cantor participou do remix da música “Bad Guy”, de Billie Eilish e, em outubro de 2019, lançou a canção “10 000 Hours”.

Após gravar inúmeras músicas com outros artistas e conquistar as paradas mundiais, Bieber anunciou, em 2019, o quinto álbum intitulado “Changes” e a quarta turnê para o ano de 2020. O primeiro single do prometido álbum foi “Yummy”, liberado em 3 de janeiro de 2020.

Ainda em 2019, Justin divulgou o trailer de uma série documental intitulada “Justin Bieber Seasons”, transmitida no Youtube ao longo de 2020.

Muitos singles foram lançados com parcerias de outros famosos artistas. Entre eles está “Stuch With U”, com colaboração de Ariana Grande, lançado em maio de 2020. No mesmo ano, Bieber divulgou uma música com colaboração de Chance the Rapper chamada “Holy”. O cantor afirmou que essa música significava o início de uma nova era em sua vida.

Carreira como ator

Justin Bieber, além de cantar, também se arriscou em algumas produções como ator. Confira:

CSI: Crime Scene Investigation: Sua estreia como ator aconteceu na décima temporada de CSI. No episódio, Bieber interpretou Jason McCann, um adolescente que precisou tomar decisões sobre seu único irmão. Tempos depois, Justin participou da série mais uma vez, em fevereiro de 2011, onde seu personagem morreu.

Justin Bieber – Never Say Never: A outra aparição do astro aconteceu em seu próprio documentário, onde mostra um pouco de sua carreira e gravações da turnê realizada em 2010. O filme foi um sucesso de bilheterias e alcançou o primeiro lugar nos EUA, faturando mais de US$ 12 milhões no primeiro dia. No primeiro fim de semana, o documentário arrecadou mais de US$ 30 milhões nos Estados Unidos.

Premiações

O primeiro prêmio recebido por Justin foi referente ao álbum “My World 2.0”, onde ganhou na categoria Álbum de pop/rock favorito, no American Music Awards. Nessa mesma premiação, o cantor venceu em outras três categorias.

No mesmo ano, Bieber ainda venceu três categorias do Muchmusic Video Awards. As músicas Baby e One time também foram destaques nos prêmios Kid’s Choice Awards e Billboard Music Awards, vencendo em todas as categorias nos quais concorreram.

Em 2011, Justin ganhou em sete categorias das doze em que competiu no Billboard Music Awards. Com o documentário Justin Bieber: Never Say Never, o compositor venceu na categoria Melhor momento de cair o queixo, do MTV Movie Awards.

O cantor também foi premiado como Vídeo colaborativo do ano no CMT Music Awards, pela canção “That Should Be Me”, parceria com a banda Rascal Flatts.

Outra premiação recebida foi no Juno Awards, onde ganhou em duas categorias. No Teen Choice Awards ele venceu em quatro categorias.

Vida pessoal e relacionamentos

Justin Bieber se tornou ao longo dos anos de fama uma das personalidades mais influentes do mundo, principalmente quando falamos do sucesso online. Com o sucesso estrondoso, o jovem demonstra seus gostos e interesses através de sua maneira de vestir e se comunicar e não apenas através da música.

Justin Bieber tem estátuas de cera em exibição em museus de cera de Nova York, Londres, Amsterdã e, inclusive, no renomado Madame Tussauds.

Porém, não é só de música que vive Bieber e sua vida pessoal também ganha destaque a qualquer novidade. Justin assumiu em fevereiro de 2011 um relacionamento com a atriz e cantora Selena Gomes. Infelizmente, na época, seus fãs não souberam lidar com a notícia e passaram a ameaçar e ofender Selena através das redes sociais. No final de 2012 Justin e Selena anunciaram o fim do relacionamento.

Após se envolver em algumas polêmicas sobre o relacionamento com Selena e algumas retomadas do namoro, além de se envolver com outras mulheres, Justin Bieber se casou com a modelo Hailey Baldwin em outubro de 2019.

Um item que marcou a carreira de Justin e seu estilo foi o cabelo que se tornou um fenômeno cultural e um dos penteados mais copiados no mundo: o Biebercut.

Quando o cantor mudou o corte em 2011, doou uma mecha para a apresentadora Ellen DeGeneres. Ellen leiloou através de seu site e conseguiu mais de US$ 40 mil dólares. O dinheiro foi doado a uma organização que se dedica ao resgate de animais abandonados.

Religião, opiniões pessoais e filantropia

Bieber se declarou cristão em algumas de suas entrevistas, também já se pronunciou em algumas vezes sobre ser contra o aborto e também sobre relacionamentos homoafetivos, onde falou sobre ser uma decisão tomada por cada indivíduo.

Ao longo de sua vida, Justin usou diversas vezes sua influência e seus recursos financeiros para apoiar causas comunitárias. Uma delas é a “Pencils of Promise”, fundada por Adam Braun, que constrói escolas para crianças e adolescentes nos países em desenvolvimento.

Justin também foi líder de uma campanha na Guatemala, onde participou de galas para arrecadar dinheiro para instituições de caridade. Ele também doa parte da bilheteria dos shows e da empresa de perfumes para organizações.

O cantor participa da associação PETA e incentiva seus seguidores a se tornarem voluntários e fazer adoção de animais ao invés de comprá-los em lojas.

No ano de 2013 Bieber se solidarizou com as vítimas do tufão Haiyan e lançou uma campanha para ajudar as vítimas. Na ocasião, ele viajou para as Filipinas após conseguir US$ 3 milhões em doações. Graças a sua incansável ajuda durante o acontecimento, ele ganhou uma estrela na Calçada da Fama das Filipinas.

Além disso, o compositor ajuda com frequência instituições como “Alzheimer ‘s Association” e “Children’ s Miracle Network Hospitals”.

Polêmicas

A popularidade de Justin Bieber foi tão grande que preocupações sobre problemas de segurança foram levantadas em alguns shows do astro. Por isso, a apresentação no Roosevelt Field para promover seu primeiro álbum, My World, precisou ser cancelada após sair do controle. Na ocasião, foram necessários acionar mais de 35 seguranças extras após alguns fãs se ferirem na multidão.

O vice-presidente da Island Records, James Roppo, foi preso no dia após dificultar o trabalho da polícia para conter as pessoas no local, além de não ter avisado publicamente que o evento seria cancelado. Em março do mesmo ano, Scooter Braun foi preso após receber acusação referente ao incidente.

Ainda sobre o ocorrido no Roosevelt Field, em 2011, a gravadora de Justin e sua gestão se declarou culpado pela violação de códigos de incêndio no local e as acusações feitas contra o vice-presidente acabaram sendo retiradas.

No dia 26 de abril de 2010 várias meninas ficaram feridas em meio a uma multidão de fãs de Justin, causando o cancelamento de uma promoção de performance, na Austrália, onde o cantor se apresentaria com três músicas para o programa Sunrise.

Em uma ocasião, Bieber foi avisado pelas autoridades que se ele saísse do hotel, em Liverpool, seria preso caso seus fãs causassem aglomerações.

Os fãs de Justin Bieber muitas vezes foram criticados pela forma como demonstram o amor pelo ídolo. É muito comum encontrar Beliebers ameaçando ou fazendo observações caluniosas contra as mulheres apontadas como possíveis namoradas do cantor.

No ano de 2011 Justin foi surpreendido por uma mulher de 20 anos que procurou a justiça e apareceu na mídia falando que estava grávida dele. Um processo foi aberto e Justin foi sentenciado a pagar US$ 100 mil para instituições de caridade. No mesmo ano, a jovem retirou a ação movida contra Bieber e alegou que seu ex-namorado admitiu ser o pai da criança, afirmando que tudo era uma farsa para ganhar dinheiro.

No ano de 2013, durante turnê pela Suécia, a polícia local abordou e apreendeu o ônibus de Justin. Durante a busca, uma grande quantidade de drogas foi encontrada.

Ainda em 2013, o jovem se envolveu em outro problema quando abandonou um macaco de estimação na Alemanha. A polícia encontrou o animal e, após realizar exames em uma clínica veterinária, foi enviado para um zoológico. Justin foi multado em US$ 10,7 mil por abandono.

Em novembro de 2013, Justin foi processado por um fotógrafo após ter sido agredido pelo cantor na Argentina. A população local ficou ainda mais revoltada após o cantor desrespeitar o país quando jogou a bandeira para fora do palco com os pés.

O jovem também já foi advertido pela polícia de Los Angeles após ser flagrado fazendo manobras perigosas com um Cadillac. Na ocasião, Bieber estava na companhia de Sean Kingston, que estava em um Rolls-Royce.

Após muitas advertências e problemas não tão graves, Justin foi preso em janeiro de 2014 na cidade de Miami Beach, Flórida, após dirigir alcoolizado e participar de racha. Não satisfeito com o problema, ele reagiu quando foi abordado e xingou os policiais. Sua carteira de habilitação também estava vencida. Nessa ocorrência, o jovem dirigia uma Lamborghini, em uma velocidade entre 80 e 90 km/hr em uma via residencial. Os testes de bafômetro apontaram álcool e drogas em seu sangue. Ele foi fichado, preso e processado pelas autoridades.

A outra prisão do cantor aconteceu em janeiro de 2014, em Toronto, no Canadá. Justin foi acusado de agredir o motorista de uma limusine em 30 de dezembro de 2013. Segundo as autoridades, o acontecido foi registrado em uma madrugada, quando o motorista precisou buscar Bieber e seus amigos, em uma boate da cidade. Após chegar ao hotel, Bieber começou a discussão e feriu a cabeça do homem. O cantor fugiu antes da polícia chegar.

Uma investigação muito comentada em 2014 foi quando a polícia de Los Angeles passou a investigar Bieber por tentar roubar o telefone de uma mulher. Segundo as autoridades, a mulher caminhava pela rua quando Bieber tentou tirar o celular de seu bolso.

O cantor também foi declarado culpado por vandalizar a casa de um vizinho em julho de 2014, nos Estados Unidos, ficando dois anos cumprindo liberdade condicional, com supervisão da justiça. Se Justin cometesse qualquer infração, poderia ser preso. Ele ainda precisou pagar multa de US$ 81 mil pelos danos à propriedade.

Em agosto de 2014 Bieber foi preso mais uma vez após colidir contra um veículo, em Toronto, no Canadá. Na ocasião ele conduzia o veículo de forma perigosa. O cantor também foi acusado de agressão. Dois meses depois, Justin agridiu fotógrafos novamente, em Paris. Um dos profissionais abriu um processo contra o cantor.

O juiz Alberto Julio Banos, da Argentina, emitiu em abril de 2015 um mandado de prisão contra o cantor após o mesmo não ter aparecido em Buenos Aires para uma audiência.

No ano de 2017, Justin Bieber foi proibido de se apresentar na China, após apresentar má conduta no país.

você pode gostar também
Comentários