Oprah 2 Biografia Oprah Winfrey: (1954 - Atualmente)
Via Wikipédia

Oprah Winfrey, embora muitas outras profissões, é uma famosa apresentadora norte-americana de 67 anos de idade, que conseguiu sair da estaca zero para o sucesso absoluto, conquistando recordes e prêmios por seu programa de enorme audiência.

Ela possui investimentos e projetos dentro da internet, da rádio, da TV, do cinema e também da escrita. E, graças a seu talento e persistência, tornou-se uma das mulheres mais influentes e importantes dentro da sociedade. Multibilionária atualmente, conseguiu subir através de sua força de vontade, inteligência e carisma, mas sem nunca se esquecer de sua origem pobre, e de todos os traumas que sofreu em sua infância e juventude.

Fatos Rápidos sobre a vida de Oprah Winfrey

NomeOprah Winfrey
GêneroFeminino
Famoso comoApresentadora, Empresária, Escritora e Atriz.
NacionalidadeNorte americana
Signo do ZodíacoAquário
Nascimento29 de janeiro de 1954
Conhecido por serApresentadora do Talk Show The Oprah Winfrey Show
MaridoStedman Graham

Quem é Oprah Winfrey?

Oprah Winfrey é uma apresentadora, escritora, atriz e empresária norte-americana, sendo uma das mulheres negras mais importantes do mundo. Seu trabalho em seu programa de entrevistas, The Oprah Winfrey Show, que ficou mais de 25 anos no ar, foi um marco na história da televisão mundial.

Sua fama e influência, tanto dentro da inclusão do povo negro, mas também como da mulher, a transformaram em um simbolo de persistência, superação e luta de diversas classes. Afinal, embora atualmente seja uma das mulheres mais ricas do mundo, ela partiu de uma família pobre, foi abandonada, estuprada, traumatizada, e mesmo assim conseguiu passar por cima das barreiras e vencer. A inspiradora história de Oprah Winfrey mostra que ela é um exemplo de vitória, de representatividade, e que a cada dia mais constrói o seu legado.

Como foi a infância e a juventude de Oprah Winfrey?

Oprah Winfrey nasceu no dia 29 de janeiro do ano de 1954, nos Estados Unidos da América, mais precisamente no estado do Mississipi. Embora tenha se tornado uma das mulheres mais influentes de todo mundo, não apenas para a população negra, a parte inicial de sua vida não parecia lhe proporcionar o melhor dos mundos.

Seus pais, Vernon Winfrey e Vernita Gail Lee, eram adolescentes quando ela veio ao mundo, e não tinha condições nem interesse em ter uma criança no momento. Na verdade tudo foi apenas um descuido, onde nem mesmo um relacionamento fixo eles mantinham.

Com isso, ela passou sua infância aos cuidados de sua avó, Hattie Gail, onde teve uma vida pobre. Sua mãe viajou a trabalho e seu pai, embora tenha registrado o bebê, a visitava muito pouco, sendo ambos bastante ausentes na vida da pequena Oprah Winfrey.

Sua avó, embora fosse rígida, por ser pertencente a igreja batista, teve uma grande influência na vida, uma vez que sempre a levava para a igreja, e a fazia cantar, ler e falar em público, sendo algo com que ela se acostumou desde muito cedo, e que realmente é o que ela utiliza em sua vida profissional.

Em 1960, ela acabou ela viajou com sua mãe para Wisconsin, ainda nos EUA, continuando tendo uma vida difícil, onde não conseguiu ter uma orientação direta, já que sua mãe trabalhava o dia todo, e ela ficava sozinha.

Oprah Winfrey foi estuprada quando criança?

Em Wisconsin, Oprah Winfrey acabou vivendo o período mais traumático de sua vida, quando um tio e seus filhos foram morar com Vernita, precisamente no ano de 1963.

Nesse ano Oprah estava com nove anos, e foi estuprada por diversas vezes, tanto por seu tio quanto seus primos, e com sua mãe, que era emocionalmente distante da filha, e também devido às ameaças que sofria, caso relatasse algo, ela nunca conseguiu falar nada para ninguém, por um bom período.

A importância dos estudos em sua vida

Com sua infeliz sina, Oprah Winfrey não podia fazer muitas coisas para mudar a situação, e decidiu então focar em seus estudos, como uma das portas de saída para sua vida. Claro que seus traumas também a transformaram em uma pessoa diversificada, onde embora fosse dedicada aos estudos, também era obrigada a ser rebelde às vezes, levando em consideração que sua vida a obrigava a agir como era necessário em cada situação.

Por isso, utilizando sua capacidade intelectual, conseguiu se tornar bolsista em uma ótima escola em Milwaukee, ainda nos EUA, tendo que fugir de casa, indo morar, posteriormente, com a família de uma amiga que conheceu exatamente nessa escola em Milwaukee, com apenas 13 anos.

O filho natimorto de Oprah Winfrey

Em Milwaukee, Oprah Winfrey conheceu um rapaz, e em um descuido, assim como sua jovem mãe, acabou engravidando aos 14 anos de idade. O jovem também não queria o filho, e a abandonou após a espancar e tentar forçá-la a tirar o menino.

Contra todas as expectativas, deprimida, e sem que sua família soubesse da situação, inicialmente, Oprah acabou tendo seu filho prematuro, vindo a morrer com poucas horas de vida, afundando ainda mais a jovem em seu desespero e angústia.

Desse período, o único ponto positivo, se é que se possa tirar algo positivo disso, foi a prisão de seus então estupradores, quando ela teve coragem de falar para sua mãe sobre o que acontecia em sua infância.

A entrada na universidade

Após esse fatídico ocorrido, a jovem Oprah Winfrey foi morar com seu pai, no Tennessee, e depois com sua mãe, no mesmo estado, onde, fora a frieza de sua família, conseguiu mudar de vez sua vida, dando seus primeiros passos para tornar-se a mulher que é atualmente.

Primeiramente, ela deu continuidade a seus estudos intermediários, onde, devido a sua beleza e carisma, conseguia ser bastante popular entre os alunos de sua nova escola e também de seu bairro, conseguindo curtir sua vida como uma garota normal, inclusive namorando bastante, e ganhando inclusive concursos locais, tanto relacionados a sua beleza quanto sua simpatia.

Ainda no Tennessee, conseguiu entrar para o curso de Comunicação Televisiva, na universidade do estado, como bolsista, por meio de um concurso de locução, que acabou vencendo. E foi esse ponto a grande virada de sua vida, uma vez que, ainda nessa parte inicial da formação, começou a trabalhar como radialista. Desse ponto em diante ela conseguiu arranjar outros serviços, também na TV, onde apresentava alguns jornais mais pequenos, e também era repórter.

Como surgiu o The Oprah Winfrey Show?

Após trabalhar em um projeto similar a um talk show, em Maryland, Oprah Winfrey recebeu uma proposta para ter seu próprio talk show, agora em Chicago. Era um projeto matinal, apenas para o estado, e que se chamava AM Chicago.

O programa estreou no ano de 1984, e embora fosse um projeto ainda pequeno, conseguiu mudar totalmente seu rumo, graças a qualidade de Oprah, que é realmente um talento inquestionável. Assim, com pouquíssimo tempo no ar, rapidamente ele desbancou os outros programas similares em Chicago, tornando-se um fenômeno na região.

Dessa forma, o AM Chicago já se transformou no Oprah Winfrey Show, agora maior e também não sendo mais apenas um programa local, mais sim direcionado para todo os Estados Unidos, isso com dois anos de estreia, e assim como ocorreu inicialmente, de uma forma rápida, o seu talk show passou a ter uma audiência absurda, sendo um dos principais do país, e não muito depois, desbancou todos os concorrentes, se tornando o programa de entrevista mais assistido dos EUA, e ficando no ar por 25 anos, até 2011, pelo canal americano ABC.

Qual foi a maior audiência da Oprah?

Com 9 anos no ar, e já firmado como um sucesso absoluto, Oprah Winfrey teve a grande oportunidade de sua vida, quando teve a oportunidade, graças a sua influência e capacidade, de entrevistar nada mais nada menos do que Michael Jackson.

O então rei do pop não era de dar tantas entrevistas, então, o modo como essa exclusiva aconteceu, de dentro da casa do ídolo, e da forma que foi apresentada, conduzida e noticiada, realmente não poderia dar outra.

O ano era 1993, e o especial alcançou incríveis 600 milhões de pessoas em todo o mundo. Essa marca é simplesmente a segunda colocada dentro dos índices de audiência mundial, tornando o já fenômeno nacional Oprah uma estrela em todo o planeta.

Quais são os filmes da Oprah Winfrey?

Além de uma apresentadora renomada, Oprah Winfrey também se aventura por diversos outros campos artísticos e empresariais. E um deles é a atuação, tendo inclusive uma indicação ao Oscar como melhor atriz coadjuvante, e também ao Globo de Ouro, na mesma categoria.

A Cor Púrpura

O filme A Cor Púrpura, lançado no ano de 1985, marcou a estreia de Oprah Winfrey no cinema. E embora tenha sido sua primeira atuação, o talento da então apresentadora, conseguiu realmente impressionar.

A obra, de temática afro-americana, é um drama que se passa na parte inicial do século XX, já nos Estados Unidos, e fala sobre uma jovem que foi estuprada por seu pai, e depois, maltratada por seu marido, tendo uma vida realmente bastante infeliz. De um certo modo, há uma semelhança com a própria vida da Oprah, talvez, sendo esse um dos motivos que a fizeram se entregar tanto em sua atuação.

Graças ao seu papel, como Sofia, ela acabou ganhando uma indicação ao Oscar de 1986, e também ao Globo de Ouro, do mesmo ano, como melhor atriz coadjuvante, que é a personagem que não é a principal, que dá apoio a protagonista. Ela não ganhou os prêmios, mas, de todo modo, foi um feito realmente significativo, que mostra o talento da apresentadora, também como atriz, já que esses são os mais importantes prêmios do cinema mundial. Ela também atuou em outros filmes, além de também ter trabalhado como dubladora, como em Bee Movie, do ano de 2007.

A escritora Oprah Winfrey

Não é apenas com sua voz que Oprah encanta. Afinal, como mencionado, ela também atua, e inclusive escreve. Na verdade, ela é também dona de algumas revistas, como a The Oprah Magazine, que é um grande fenômeno nos Estados Unidos.

Por que a Oprah acabou o seu talk show?

Embora tenha passado 25 anos no ar, finalizando o seu talk show no ano de 2011, o fim do seu programa já estava previsto desde 2009. O motivo que levou o fim desse grande sucesso foi devido a outros projetos que a Oprah também gostaria de se dedicar. Afinal ela é uma mulher multitalentos e empreendedora. Com isso, seu desejo de também alcançar outros objetivos, traçar novas metas, a fez encerrar seu ciclo dentro do seu talk show.

Nesse mesmo ano, ela deixou de ter apenas um programa e passou a ser a dona de um canal de TV inteiro, vindo de uma parceria entre ela e a Discovery, onde acabou transformando um canal secundário no The Oprah Winfrey Network, conhecido também como OWN.

Oprah Winfrey tem marido e filhos?

Como foi possível perceber, embora tenha um final feliz, a trajetória de Oprah Winfrey até a fama realmente não foi nada fácil. Ela sofreu vários traumas, sendo estuprada, e também abandonada.

A morte do seu filho prematuro, que ele acabou tendo ainda aos 14 anos de idade, mas que não sobreviveu por muitas horas, sendo ainda fruto de um relacionamento rápido, onde o pai da criança não iria assumir, lhe causou um de seus traumas mais profundo, o que a impediu inclusive de se envolver com outros homens por um tempo.

Quanto aos filhos, devido a essa perda, ela acabou por se decidir a nunca mais ter outro bebê, promessa que leva até os dias atuais. Seu apoio maternal, ela distribui entre as várias crianças que ela ajuda em projetos sociais.

Embora não seja casada oficialmente, ela se mantém estável em um relacionamento com Stedman Graham, que é um empresário que conheceu no ano de 1986, e juntou-se com ele rapidamente, ainda no mesmo ano. Claro que com a agenda conturbada dos dois, eles acabam viajando bastante, se dedicando a seus projetos também.