As Melhores Notícias Sobre Tecnologia, Games e Muito Mais

Ben Daniels: Biografia

Via Wikipédia

Ben Daniels é um importante ator de origem britânica, que nasceu no ano de 1964, e que se dedica à arte da atuação desde 1987. Durante boa parte de sua carreira, ele participou de séries dentro da gigante BBC, que é uma das maiores emissoras de TV do mundo.

Contudo, também atuou em muitos filmes para o cinema,  bem como também em produções da própria Netflix, que lidera o ranking de maiores plataformas de streaming do planeta, e que consegue dar bastante destaque a seus atores, dona de produções como Round 6.

Suas produções mais importantes são justamente as séries para a BBC “Lei e Ordem: Reino Unido”, de 2009 a 2011; “O Exorcista”, de 2016; bem como “House of Cards”, entre os anos de 2013 e 2014; “Jupiter’s Legacy”, de 2021, para a Netflix; e também filmes como “Rogue One: Uma história Star Wars”, de 2016.

Fatos Rápidos sobre a vida de Ben Daniels

NomeBen Daniels
GêneroMasculino
Famoso comoAtor
NacionalidadeBritânico
Signo do zodíacoTouro
Nascimento10 de junho de 1964

Redes sociais de Ben Daniels

Instagram: Ben Daniels @Bendanielsss

Quem é Ben Daniels?

Ben Daniels é um ator britânico já renomado, de 57 anos de idade, com cerca de 35 deles dedicados à arte, onde se dedica a atuar dentro dos palcos, bem como também na televisão e nas telas do cinema, conseguindo destaque por suas interpretações.

Em sua carreira, Ben Daniels construiu uma filmografia realmente bastante extensa, com dezenas de participações em produções nos mais variados formatos, como filmes e séries.

As séries formam uma boa parte dessas produções, como em “Wall of Tyranny”, de 1988; “The Modern World”, de 1988; “Scene”, de 1988; “The Paradise Club”, de 1989 e “Capital City”, do mesmo ano; “Casualty” e “Soldier Soldier”, ambos de 1992; “Cutting It”, entre 2002 e 2004; “Britannic”, de 2000; “Truth or Dare”, de 1996; “Lei e Ordem: Reino Unido”, de 2009 a 2011; “O Exorcista”, de 2016; “House of Cards”, entre os anos de 2013 e 2014; “Jupiter’s Legacy”, de 2021; etc.

Já os filmes também possuem uma participação significativa em sua carreira, com atuações em “Wish Were You Here”, de 1987; “The Lost Language of Cranes”, de 1991; “Beautiful Thing”, de 1995; “Madeline”, “I Want You” e “Passion in the Desert”, todos de 1998; “Doom”, de 2005; “Jack the Giant Slayer”, de 2013; “The Exception”, de 2016; “Rogue One: Uma história Star Wars”, também de 2016; etc.

Ben Daniels é também um importante ator homosexual, tendo sua homosexualidade assumida desde os seus 24 anos de idade, e mantendo um relacionamento duradouro com outro ator desde o ano de 1997. Ele possui uma representatividade também muito grande para o gênero, o que acaba sendo um ponto muito importante de sua carreira, sempre levando voz para a comunidade, combatendo o preconceito que existem em todas as classes da sociedade, inclusive dentro da profissão de ator.

Como foi a infância de Ben Daniels?

Ben Daniels nasceu em Warwickshire, na Inglaterra, no dia 10 de junho do ano de 1964, em uma família com boas condições financeiras, o que foi importante para o apoio a seu desenvolvimento como profissional que se tornou.

Sua mãe era empresária no ramo de vestuário infantil, e seu pai era engenheiro, e sempre buscaram dar apoio ao filho na busca por seus sonhos dentro da carreira artística, o que não demorou muito para acontecer.

Ben Daniels estudou inicialmente na Manor Park School , e depois, dos 16 aos 18 anos, ele estudou no Stratford College. Durante esses anos, ele sempre se dedicou às aulas de teatro, sendo sua base para iniciar a atuar profissionalmente, alguns anos mais tarde. Sua formação principal ocorreu nos anos seguintes, onde estudou na Academia de Londres de Música e Arte Dramática.

Segundo ele, sempre foi uma mistura entre timidez e agitação, tímido em alguns momentos, mas agitado e preciso em outros. Tudo isso não contribuiu negativamente para sua evolução, e ele conseguiu lidar muito bem com suas características, nunca deixando sua vergonha inicial lhe impedir de alcançar seus sonhos.

Assim, Ben Daniels foi rompendo pouco a pouco essa barreira, conseguindo se encontrar dentro da arte, galgando passo a passo dentro da profissão, evoluindo a cada novo trabalho, e hoje já são cerca de 35 anos dedicados a atuação dentro dos palcos, bem como na televisão e também nas telas do cinema, com indicações e premiações por seus papéis.

Início da vida profissional 

Antes de conseguir seus primeiros papéis dentro da televisão e do cinema, Ben Daniels atuou bastante dentro do teatro, onde ainda faz carreira, e também conseguiu pegar algumas interpretações em clipes musicais.

Sendo assim, o primeiro trabalho conhecido do ator é justamente em um clipe da banda The Moody Blues, interpretando o vocalista Justin Hayward, quando ele era bem mais jovem. Esse trabalho ocorreu no ano de 1986, quando Daniels tinha 22 anos de idade.

Depois disso, aos 23 anos, ele já começou a trabalhar em filmes e também em séries, simultaneamente, e desde então, não parou mais de atuar, tendo uma filmografia realmente invejável, que conseguiu construir em seus então 35 anos de carreira.

Dentro dos filmes, sua primeira aparição foi como um papel simples, interpretando um policial em “Wish You Were Here”, de 1987. O mesmo ocorreu dentro da televisão, ao interpretar um estudante em um episódio da série “One By One”, de 1987.

Nessa parte inicial de sua carreira, foi realmente dentro da TV que ele conseguiu fazer seu nome como ator, e é onde pôde construir sua fama, conquistando muitos papéis importantes dentro desse mercado.

Os filmes começaram novamente apenas no início da década de 90, mas ele também conta com muitas atuações nesse formato em sua carreira, algumas de grande produção, embora seja na TV onde ele é realmente conhecido e possui mais destaque.

Os palcos do teatro também contam com uma presença marcante de Ben Daniels, uma vez que são de extrema importância para conectar os atores com o público, através do contato direto, e onde o Ben consegue realmente se sentir bem e realizado, tendo ainda uma participação ativa nos palcos.

Principais Trabalhos dentro da televisão

A TV é a grande responsável por gerar toda a fama para Ben Daniels, que conseguiu fazer seu nome rapidamente dentro do Reino Unido, e depois expandir sua fama também para outros países, com seus trabalhos em grandes plataformas de streaming.

Após seu primeiro trabalho em 1987, ele já conseguiu engatar muitas outras participações nos anos seguintes, como em “Wall of Tyranny”, de 1988, como o personagem Streimer; e no mesmo ano também fez “The Modern World”, como Hans Castorp; bem como também o Adrian, na série “Scene”; mas, todos sendo papéis ainda pequenos.

Em 1989, ele conseguiu manter o mesmo fluxo dentro da TV, interpretando personagens como DC Webster, em “The Paradise Club”; e também Colin de Seincourt, em “Capital City”.

Atuações em “Casualty”, de 1992, interpretando o oficial Graham Marda; e também em “Soldier Soldier”, do mesmo ano, com o personagem do capitão Andy Wright, foram de grande importância para sua carreira.

A primeira série mais longa de Ben Daniels ocorreu entre os anos de 2002 e 2004, onde ele interpretou o personagem Finn Bevan, na série “Cutting It”. Mas, até esse ano ele continuou com diversas atuações dentro da TV, como em “Britannic”, de 2000, como Townsend; e “Truth or Dare”, de 1996, como Ben.

Entre 2009 e 2011, Ben Daniels interpretou James Steel na série Lei e Ordem: Reino Unido, que foi exibida aqui no Brasil pela TV Record, e que foi um grande sucesso. Em 2016, ele conseguiu ganhar destaque também na série “O Exorcista”, aparecendo como o padre Marcus Keane, que era um dos personagens principais da trama.

A entrada de Ben Daniels na Netflix

No ano de 2013, já como um ator renomado no Reino Unido, tendo 49 anos de idade, e com muitas atuações dentro de séries da BBC, Ben Daniels entrou também para a Netflix, que por ser a maior plataforma de streaming de todo o mundo, consegue apresentar os atores para todo o planeta.

Na Netflix, ele interpretou o personagem Adam Galloway, na série que trata de um drama político “House of Cards”, entre os anos de 2013 e 2014, o que foi fundamental para aumentar seu destaque na profissão.

Em 2021, Ben Daniels voltou para a plataforma de streaming, agora como o personagem “Walter Sampson”, fazendo parte do elenco principal do grande sucesso que é “Jupiter’s Legacy”, uma série de super heróis da Netflix, com grande destaque inicial, integrando o catálogo da plataforma, já bastante recheado com outros sucessos do naipe de Bridgerton.

Principais filmes de Ben Daniels 

Depois de atuar em seu primeiro papel dentro dos filmes, em “Wish Were You Here”, Ben Daniels voltou a participar de produções nesse formato apenas em 1991, ao interpretar o personagem Robin no filme “The Lost Language of Cranes”.

Seu destaque nessas produções ocorreu no ano de 1995, atuando como Tony, no filme de temática homosexual “Beautiful Thing”, que teve grande destaque dentro do Reino Unido, e que foi muito importante para sua carreira.

Em 1998, Daniels participou de três filmes no mesmo ano, sendo eles “Madeline”, como Leopold; “I Want You”, surgindo como o DJ Bob; e também “Passion in the Desert”, atuando como Augustin Robert.

No ano de 2005, depois de participar de diversos outros filmes até então, ele surgiu em “Doom”, aparecendo como Eric Fantom, também chamado de Goat; e em 2013, surgiu como Fumm, no filme “Jack the Giant Slayer”.

Assim como na televisão, o ano de 2016 também foi muito importante para o Ben Daniels dentro dos filmes, onde ele participou, além de “The Exception”, como Sigurd; ele também atuou em uma das grandes produções do cinema atual, que foi o filme “Rogue One: Uma história Star Wars”, também de 2016.

No filme, ele interpretou o general Antoc Merrick, o que também lhe deu uma boa notabilidade, principalmente pelo grande sucesso com o público e a crítica que a obra recebeu. Para se ter uma ideia, Rogue One ultrapassou a marca de 1 bilhão de dólares em sua bilheteria, superando com folga os 200 milhões de dólares que foram gastos em sua produção.

Nesse ano, o filme ficou atrás apenas de Capitão América: Guerra Civil, que foi outro grande sucesso de 2016, o que mostra a grande produção na qual Ben Daniels estava envolvido. A obra recebeu ainda duas indicações ao Oscar.

Vida pessoal de Ben Daniels

Em relação a sua vida pessoal, um dos pontos principais da vida de Ben Daniels é em relação a sua orientação sexual. Isso porque, desde seus 24 anos de idade, ele é assumidamente gay, sendo uma importante personalidade dentro do mundo da atuação ao carregar essa bandeira contra a homofobia, que ele mesmo já chegou a sofrer e ainda sofre em sua carreira.

Assim, desde o início de sua carreira como ator ele já se revelou como gay, e desde então vem sendo muito importante para essa representatividade de gênero. Ele já atuou em algumas produções onde essa temática é bastante presente, como em “Beautiful Thing”, de 1995. Mas, a grande parte de suas atuações não envolve sua homosexualidade.

Outro fato interessante é seu longo relacionamento com o também ator Ian Gelder, com o qual é casado, mantendo uma relação desde o ano de 1993, ou seja, cerca de 30 anos juntos, o que é realmente bastante tempo em qualquer gênero.

Além de ativo em sua vida profissional, Ben Daniels também é bastante presente dentro de suas redes sociais, no Instagram, por exemplo, seus seguidores sempre recebem atualizações sobre a pessoa que ele é. Grande parte de seus postes envolvem também sua vida profissional, como bastidores de gravações, etc.

Seu relacionamento com Ian Gelder também é mostrado, assim como sua verdadeira paixão por animais, como os cães, e em especial os gatos, por quem Ben Daniels se mostra realmente apaixonado, com inúmeros cliques postados em sua rede.

você pode gostar também
Comentários