A Consumer Reports publicou sua análise do que chama de “melhores smartphones de 2021”. Esta lista divide os melhores smartphones do ano e, de forma surpreendente, a publicação classifica o iPhone 12 Pro Max como o “melhor iPhone” para se comprar. Se você quer saber porque o smartphone topo de linha da Apple recebeu esta nota, continue aqui nesta leitura.

O que é surpreendente sobre a recomendação da Consumer Reports do iPhone 12 Pro Max é que raramente a publicação endossa o iPhone mais sofisticado da Apple para as massas. O iPhone 12 Pro Max custa US $ 1.099 – em reais, isso ultrapassa R$6.000,00, tornando-o notavelmente mais caro do que o iPhone 12 de US $ 829.

As vantagens do iPhone 12 Pro Max

Na verdade, a publicação afirma que o iPhone 12 Pro Max faz o suficiente para justificar aquele preço mais alto, embora observe que o iPhone 12 Pro também é uma excelente escolha.

Enquanto o 12 Pro Max vai custar US $ 100 a mais do que seu irmão menor, o 12 Pro, ele vem com várias horas de duração da bateria, uma tela um pouco maior e uma câmera com zoom 2,5x que deixa você um pouco mais perto da ação do que a câmera 2x do 12 Pro.

Por outro lado, a versão Max é significativamente mais pesada e pode ser difícil de usar com uma mão, mesmo para pessoas com dedos longos. Se você desconfia de telefones volumosos, talvez fique mais feliz com o 12 Pro.

Mas o que também é interessante é que, quando você olha p05ara as classificações completas do Consumer Reports para smartphones, o iPhone 11 Pro Max está classificado acima do iPhone 12 Pro, com pontuação de 85 e 84, respectivamente. O iPhone 12 mini tem uma pontuação de 79, enquanto o iPhone 12 tem uma pontuação geral de 78.

A história é semelhante no lado Android, onde a Consumer Reports recomenda o Samsung Galaxy Note20 Ultra 5G de última geração. O melhor “telefone econômico”, de acordo com a publicação, é o OnePlus Nord N10 5G de US $ 300.