Em uma nova entrevista, o co-fundador e ex-diretor técnico da Tesla, JB Straubel, compartilha seus pensamentos sobre porque a Apple não está construindo iPhones nos Estados Unidos, embora “absolutamente” pudesse. O apresentador do podcast “This Week in Startups” Jason Calacanis convidou JB Straubel recentemente para falar sobre uma variedade de tópicos, incluindo lixo eletrônico, reciclagem de baterias e os primeiros dias da Tesla.

Em um momento interessante perto do fim, Calacanis perguntou a Straubel se a Apple poderia fazer iPhones nos Estados Unidos.

“Será que iPhones podem ser feitos aqui? Tipo, direto, como se vocês construíssem carros aqui, as pessoas ficavam tipo ‘isso é impossível’, você conseguiu. Como poderiam iPhones e, digamos, smartphones ser fabricados aqui e quanto custariam uma centena de dólares a mais ou algo assim?”.

Saiba mais:

A Apple tem potencial para construir seus smartphones nos EUA

Straubel disse acreditar que a Apple e outras empresas podem “construir coisas absolutamente complicadas” nos EUA, mas também compartilharam mais pensamentos, incluindo falhas estratégicas dos EUA nas últimas décadas, que significaram que a China assumiu a liderança na fabricação. Parte disso, diz Straubel, é porque os EUA “não tentaram”.

“Acho que podemos construir coisas absolutamente complicadas nos Estados Unidos. Acho que parte disso é que não tentamos. E tomamos algumas decisões estratégicas de que não era uma competição heads-up em alguns casos. Você sabe, certamente, há talento aqui, há pessoas inteligentes, eu diria realmente muita inovação e criatividade, especialmente em torno de automação e software de fábrica e a maneira de melhorar isso, você sabe em ciclos rápidos”.

O cofundador da Apple complementou: “Você sabe, não estou dizendo que esta é uma competição fácil. Quer dizer, a China é incrivelmente empreendedora e eles estão trabalhando muito, muito duro. Você sabe, eu acho que as pessoas não podem tomar isso como garantido e você não pode entender talvez sem realmente estar lá e ir lá, quão intenso e quanto trabalho eles colocaram nisso, em sucessão”.

Embora a Apple tenha feito algumas mudanças para mudar sua fabricação para mais lugares do que a China nos últimos anos, ela é fortemente dependente de fornecedores e trabalhadores na região da Ásia-Pacífico.