Tudo sobre beleza no Cupomzeiros.com

Vestido Franzido: Conheça a Tendência e Se Inpire!

As roupas com efeito franzido são a tendência charmosa do momento, a principal delas é o vestido franzido.

Olha só quem está voltando! Diretamente dos anos 90, o vestido franzido fará você se apaixonar pelo seu estilo, simplicidade e elegância. O verão 2020 trouxe a proposta em alta do vestido franzido e a combinação diferente de cores em blocos e voltou com tudo para esse ano!

Além de se tornar uma peça atemporal o franzido proporciona conforto e modernidade ao look, por conta do elástico, o look se torna confortável e de fácil mobilidade.

A tendência do vestido franzido realmente chegou para ficar, com vários modelos, sejam eles franzidos com elástico ou até mesmo, franzidos com túnel, ambos estão com tudo.

O franzido regulável é o que está em alta, seja em vestido, saia ou até mesmo em blusas. Alguns modelos possuem apenas um franzido central, o ponto focal da peça.

Já os modelos franzido com lastex, trazem um ar mais boho (boêmio), além de acinturar a peça ao corpo. Seja no busto, quadril ou até na cintura. Todos os modelos são lindos e femininos.

Mas para quem gosta de um estilo um pouco mais discreto e não quer deixar tão amostra esse elástico, uma boa ideia é optar por peças que sejam menos franzidas. Assim você terá um look moderno e de muito conforto.

O lastex é uma tendência que teve início na década passada, e hoje traz de volta a proposta dos franzidos de elástico com um ar mais delicado e boho. Está presente em decotes, cintura, punhos, manga ou até mesmo em toda peça.

E a proposta para a moda praia nesse verão será também marcada por essa tendência em biquínis e maiôs. Mas é importante lembrar que esse franzido chama mais a atenção para o local, por isso é importante escolher bem seu look ideal.

Tipos de vestido franzido

O vestido franzido é uma escolha bastante versátil e moderninha que você vai adorar ter no armário. O resultado é um look clássico com uma modelagem diferentona e cheia de personalidade!

Um grande truque de estilo para você aproveitar esse tipo de vestido ao máximo é transformá-lo em uma saia com a ajuda de uma camiseta oversized.

Vestido franzido de manga longa – é aquele vestido ideal para ser usado em eventos noturnos ou mesmo em tempos amenos. O franzido sempre traz um toque especial ao vestido.

Imagem com Vestido franzido de manga longa xadrez
Fonte: @Janaynny Alves – Pinterest 
Imagem com vestido franzido de manga longa verde
Vestido franzido de manga longa verde
Fonte: secretocloset.com.br

Vestido franzido de manga curta – muito usado em eventos casuais, o vestido franzido de manga curta é o vestido ideal para o verão.

Imagem com Vestido franzido de manga curta marrom claro
Fonte: @JJ’sHouse – Pinterest
Imagem com Vestido franzido de manga curta florido
Vestido franzido de manga curta florido
Fonte: br.shein.com

Vestido franzido com alças – ideal para ser usado em dias quentes, o vestido franzido de alças é bastante escolhido. O look composto com esse estilo é bastante sensual e sofisticado.

Imagem com vestido franzido com alças vinho
Fonte: @LightInTheBox – Pinterest
Imagem com Vestido franzido com alças preto
Vestido franzido com alças preto
Fonte: sriclothing.com

Vestido franzido curto – se você busca sensualidade, o vestido franzido curto é a aposta perfeita!

Imagem com Vestido franzido curto rosé
Fonte: @Chic Me – Pinterest
Imagem com Vestido franzido curto branco
Vestido franzido curto
Fonte: ufashionshop.com.br

Vestido franzido comprido – não é muito comum de se encontrar, mas o vestido franzido comprido traz todo um charme à mulher que o escolhe.

Imagem com Vestido franzido comprido amarelo
Fonte: @LightInTheBox – Pinterest
Imagem com Vestido franzido comprido florido
Vestido franzido comprido florido
Fonte: madrinhasdecasamento.com.br

Veja como fazer o seu próprio vestido franzido:

Fonte: @Ingryd Lourenço – Youtube

O franzido em outras roupas

Para transformar um visual e deixá-lo mais interessante, uma excelente dica é apostar em alguns truques de estilo. E o detalhe que tem chamado atenção no momento é o franzido nas roupas, que conquistou o armário de muitas fashionistas e já virou tendência.

Top cropped – É possível encontrar top croppeds em vários modelos com o efeito franzidinho, que aparece especialmente no decote e na lateral. Geralmente, o franzido é feito com a ajuda de uma cordinha, assim você pode regular da forma que preferir. Legal, né?

Imagem com cropped franzido
Fonte: @shein – Pinterest

Saias – As saias também não escaparam dessa tendência, viu? O franzido garante uma silhueta perfeita para elas, que podem ter o comprimento curto, midi ou longo. Qual você prefere?

Imagem com saia franzida
Fonte: @Maritza -Pinterest

Vamos falar um pouco sobre os vestidos de uma forma geral.

A origem do vestido

“Independente da ocasião, existe um vestido ideal para seu estilo e para o seu tipo de corpo. O que sempre deve ser levado em consideração é a elegância, o conforto e a harmonia do visual.” Autor desconhecido

Por isso o vestido é uma das peças mais cobiçadas pelas mulheres e é presença garantida em quase todos os guarda-roupas femininos. Mas como surgiram os vestidos?

Acredita-se que as túnicas, principalmente gregas, são as ancestrais dos vestidos na História da Humanidade. As túnicas são peças que surgiram há muito tempo, bem antes da Era do Cristianismo

Aproximadamente em 1.500 AC que a confecção das roupas começa a se tornar possível devido às tecnologias de modelagem e costura. Nesta época, e por muitos séculos depois, só os membros da nobreza podiam se vestir com variedade e qualidade.

Inicialmente era comum vestirem túnicas com cortes retos, sem muita variação de modelo, mas decoradas com pedras e bordados. Esses adereços eram uma forma de distinção social. No final da idade média e início do Renascimento, entre meados do séc. XIV e séc. XV, tem início o advento da moda.

A partir daí este comportamento de conferir distinção social através da originalidade e da beleza das roupas se amplia e dá início a novos fenômenos.

Mas só a partir do século XVIII, depois da revolução francesa, quando ricos e pobres passam a se vestir de forma mais despojada e parecida, é que podemos dizer que o vestido passa a ser considerado uma peça mais adequada ao público feminino.

Imagem com vestido franzido do século XVIII
Fonte: @Wattpad – Pinterest

Em muitos momentos a história dos vestidos é confundida com a história da saia.

No fim do século XIX, os vestidos ganharam novas possibilidades de criação por conta da invenção da crinolina, que era uma armação que dava forma e volume às roupas das mulheres.

Até 1870 as cores dos vestidos eram mais neutras e os comprimentos eram mais longos. Mas ao longo desta década, cores mais vibrantes, tecidos mais fluidos e estampados começaram a surgir no dresscode feminino.

No século XX, com a despedida das crinolinas e espartilhos, os vestidos passam a ter um caimento mais natural, com uma cintura menos marcada.

Um avanço na longa trajetória da revolução do vestuário feminino que conquistou o conforto e a mobilidade para as mulheres.

No início do século, os vestidos ainda eram feitos com muita renda e estampas bem delicadas, pois estavam ainda em forte sintonia com o conceito de feminilidade romântico do século anterior.

A década de 20, com seus elementos que encantam as pessoas até os dias de hoje, trouxe um pouco mais de ousadia para a moda feminina.

Os vestidos passam a mostrar os tornozelos das mulheres, que antes era impensado! A cintura era pouco ou quase nada marcada e o comprimento era um pouco abaixo do joelho. Estes modelos eram bem mais confortáveis que os vestidos pesados, com armações, das décadas anteriores.

Nessa mesma década foi criado o famoso Pretinho Básico de Coco Chanel, que teve a ilustração do vestido publicada no ano de 1926, pela revista “Vogue”.

Os vestidos dos anos 40 também tinham o comprimento um pouco abaixo dos joelhos, mas esses novos modelos não tinham mangas longas e valorizavam o colo das mulheres, com um toque a mais de sensualidade.

Imagem com vestido franzido do século XVIII azul
Fonte: @danygonzalezaranguiz2009 – Pintetrest

Os vestidos tomara que caia, surgiram em 1946. O figurinista Jean Louis criou um tomara que caia em cetim para a atriz Rita Hayworth, estrela do filme Gilda.

O estilista Balenciaga desenhou um modelo com busto e cintura bem justos e com a saia bem rodada em 1950.

O volume nas saias dos vestidos, a cintura marcada e as estampas delicadas, como os poás, foram presença garantida na moda dessa década.

Esses vestidos foram também uma evidência a mais de como a moda tem em sua gênese esta vocação para releitura das formas e conceitos estéticos de períodos passados.

Os anos 60 trouxeram, junto com a minissaia, o mini vestido. O modelo era uma febre entre as mulheres, chegando até a ser usado por noivas em cerimônias de casamento. Os tubinhos foram usados até mesmo em casamentos nos anos 60.

Foi também nos anos 60 que surgiu o vestido tubinho, criado por Yves Saint Laurent, quando o estilista lançou a coleção de vestidos “cocktail dresses”. A ideia era que esses modelos fossem usados em ocasiões próprias para trajes não muito formais.

As estampas dos vestidos eram desenhadas com linhas gráficas e coloridas inspiradas nos quadros do artista Mondrian.

Os anos 70 trouxeram um clima mais leve para a moda e os vestidos nessa época incluem novamente o comprimento um pouco longo, porém, acompanhando a tendência da década, eles eram feitos com tecidos mais leves e modelos menos estruturados.

Também na década de 70 Diane Von Furstenberg criou o famoso vestido envelope. O modelo é muito usado até os dias de hoje.

Nos anos 80 foi lançado o famoso vestido jeans. Nesta época, o jeans era tendência dominante e seu sucesso permaneceu por muito tempo! Até o início dos anos 2000, foi criada uma grande variedade de vestidos jeans com decotes, comprimentos e volumes diferentes atendendo aos mais variados estilos.

Atualmente, em meio a uma infinidade de modelo de vestidos, feitos com todo tipo de tecido, o que não falta é diversidade de vestidos e de todos as outras peças que combinam com todos os estilos. Hoje a moda é livre para atender a todo tipo de estilo e comportamento.

Com a moda é possível produzir uma infinidade de modelos de vestidos com variados tipos de decotes, comprimentos, volumes, em tecidos tradicionais e tecnológicos, encontrados em todos os tamanhos, com estilo para todas as idades e ocasiões.

Como o gosto e o estilo se tornaram coisas muito pessoais, estar na moda vai muito além de acompanhar tendências da estação e de se vestir de acordo com o dresscode do momento. A moda se transformou em uma forma única de expressar sua essência e seu estilo de vida.

As novidades, é claro, não param de ser criadas! Não podemos nos esquecer que os modelos de vestidos lançados a cada ano são desenhados em sintonia com as tendências identificadas pelos futuristas.

No entanto, é interessante também perceber que a releitura do que foi moda nas décadas passadas também influencia bastante o que encontramos nas lojas a cada estação.

Vestidos verão: tendências que você vai querer usar no verão

Saiba quais são as cores, estampas e modelos de vestidos verão que vão fazer muito sucesso na estação! Quando a temperatura aumenta e o calor chega, não tem jeito, só conseguimos pensar em três coisas: praia, sorvete e, é claro, em quais serão as tendências que vamos usar na estação.

Fresquinhos, práticos e femininos, os vestidos são um must-have (peça obrigatória) no guarda-roupa de qualquer mulher, independente do estilo e da idade. No verão, eles são os nossos melhores amigos, pois nos ajudam a compor looks práticos, mas cheios de estilo.

Se pudéssemos definir as tendências em vestidos verão em apenas uma palavra, possivelmente ela seria praticidade.  Afinal, depois de quase dois anos isolados em home office, o que mais vemos são as pessoas querendo sair por aí arrasando. Então, a aposta é em fendas, decotes, brilhos e cores saturadas.

Em contrapartida, toda aquela ideia do conforto que reinou durante os dois anos que passamos em isolamento continuará em alta por um bom tempo. Assim, apesar de querermos voltar a badalar por aí com muito estilo e elegância, ainda não vamos abrir mão do conforto.

Por isso, prepare-se para usar vestidos soltinhos, com caimento fluído e peças feitas à mão como os vestidos de crochê. Nesse cenário, também temos o resgate de peças dos anos 90 e 2000, décadas que a moda tem revisitado com frequência.

Desse modo, o slip dress e os vestidos mini vão fazer muito sucesso nessa temporada.

Recortes e amarrações

Imagem com vestidos de amarração para madrinhas
Fonte: @Madrinhas de Casamento – Pinterest

Os vestidos repletos de amarrações e recortes vão bombar! Várias grifes têm apostado nos vestidos com amarrações e fendas em suas coleções e desfiles.

As blogueiras e celebridades também investiram na proposta e começaram a surgir por aí exalando estilo e sensualidade. Desse modo, nasceu uma das trends de maior sucesso da temporada.

Como resultado, para o verão, os vestidos virão repletos de amarrações. Pode ser na cintura, nas costas, nos ombros, entre outros locais. Os recortes assimétricos, principalmente na parte superior, marcaram forte presença nos principais desfiles das últimas temporadas. 

Então, a trend marca o mood sensual e com muita pele à mostra que a moda adotou depois da pandemia. São vestidos perfeitos para formatura!

Cores vibrantes no vestido franzido

Imagem com vestido de cor verde vibrante
Fonte: @LightInTheBox – Pinterest

A moda pós-pandemia, além de sexy, é alegre e otimista. Essa vibe de alegria e positividade veio presente, principalmente, por meio das cores vibrantes, especialmente no vestido franzido.

O vestido franzido é uma das grandes tendências dessa verão pela sua sensualidade e frescor, podendo ser usado em diversas cores. Uma das cores que mais estarão em alta na estação é o verde, em especial o bandeira e o neon.

Falando no neon, não só o verde surge com esta proposta, mas também o amarelo e o rosa. Essas cores representam, ao mesmo tempo, a alegria, o otimismo e até mesmo a conexão com o mundo digital. Enquanto isso, os vestidos nas cores rosa e laranja trarão mais feminilidade às produções de verão.

Por fim, o azul é outra cor que promete bombar na estação. Afinal, o tom vem com força tanto na moda praia quanto nos vestidos e acessórios.

Estampas

Imagem com vestido estampado
Fonte: @chicme – Pinterest

O verão não seria verão se não tivesse, além das diversas cores alegres, os vestidos estampados! Dessa maneira, as estampas típicas da estação, como as tropicais e maxi florais, continuam em alta.

Enquanto isso, os padrões clássicos e atemporais, como o poá, as listras e o animal print, seguem sendo muito procurados e utilizados. Isso vale tanto para suas cores tradicionais, como o preto e o branco, quanto para versões mais coloridas.

Vestidos em crochê

Imagem com vestido de crochê branco
Fonte: @Afrikrea.com – Pinterest

Outra tendência que fará muito sucesso no verão são as roupas, vestidos, biquínis e até acessórios handmade. Ou seja, peças de roupas que são literalmente feitas à mão.

Nesse sentido, trabalhos artesanais como o crochê não poderiam ficar de fora da trend. Prepare-se para ver vestidos feitos de forma quase exclusiva nas mais diversas cores, comprimentos e modelos.

Mini vestido

Imagem com mini vestido
Fonte: @Victoriasvogue – Pinterest

O comprimento mini está de volta! Chegou a hora de deixar as pernocas de fora, seja para usar uma minissaia ou para apostar naquele vestidinho poderoso.

Afinal, os mini comprimentos voltaram com força total. Isso graças à vibe sensual e arrasadora que a moda vem vivendo.

Vestido Jeans

Imagem com vestido jeans
Fonte: @DicasdeMulher – Pinterest

O vestido jeans é uma das tendências em vestidos verão mais versáteis e práticas. Afinal, as peças virão em vários formatos, cortes e comprimentos, tendo opção para todos os gostos e estilos.

Além disso, vestidos em denim (tecido de que o jeans é feito) também farão muito sucesso. Isso porque são uma opção mais leve e fresca.

Slip dress

Imagem com slip dress
Fonte: @EmilyRatajkowski – Instagram

Mais uma herança que resgatamos dos anos 90, o slip dress voltou a ser tendência entre as principais it girls já há um tempinho. Sendo assim, esse modelo de vestido deve continuar fazendo sucesso por um bom tempo.

Desse modo, os destaques vão para os slip dresses em cetim e seda. Além de confortáveis, são sensuais e elegantes. Contudo, eles podem ser confeccionados nos mais diversos materiais, pois o que caracteriza o vestido é o seu modelo com alças finas e na forma de uma camisola.

Seja no comprimento mini, midi ou até longo, este vestido é super versátil. Você poderá usá-lo tanto em situações casuais, com tênis e jaqueta jeans, quanto em festas e baladas, com saltos altos, por exemplo.

Românticos

Imagem com vestido romântico
Fonte: @The Cool Hour – Pinterest

A moda está em uma vibe mais sensual, só que os vestidos românticos continuam em alta. Assim, modelos com babados, laços, renda e mangas bufantes seguem firmes e fortes para o verão.

Seja no comprimento mini, midi ou longo, a tendência continuará bombando na estação.

Conclusão

Nesse artigo trouxemos os diversos tipos de vestido franzido, quais estações usá-los e até mesmo como fazer o seu próprio franzido.

O vestido franzido é muito fácil de adaptar e usar. Embora seja pouco utilizado em eventos sociais devido a sua tendência para um lado mais sexual, sempre é possível achar uma ocasião para usá-los.

Além disso, pudemos ver que ele voltou com força total para esse verão, junto com as cores de destaque fica muito fácil achar o seu vestido franzido ideal.

E aí, gostou das nossas dicas?

você pode gostar também
Comentários