Tudo sobre beleza no Cupomzeiros.com

Beach Waves hair: a Beleza Natural Dos Fios Vira Trend!

Beach Waves nada mais são do que fios indisciplinados, com um ar rebelde e natural de quem acaba de sair do mar ou da piscina, daí o nome – que significa “ondas de praia”.

É um cabelo levemente ondulado e texturizado, que é a cara do verão, e super combina com a pele bronzeada pelo banho de Sol.

A moda aparece tanto no visual do cabelo – aspecto estético -, quanto na cor. Mel, dourado, raiz escura com pontas claras e até o caramelo despontam como opções para compor o visual.

Aqui, não há mais aquela parte super marcada no meio da cabeça, fazendo a divisão das duas cores.

Dominam as luzes bem finas e os reflexos com aspecto natural, predominantemente em tons de loiro, mas existem também, é claro, outras opções.

Mais detalhes sobre o estilo, você confere na nossa seleção, que começa agora!

Imagem com beach waves em cabelo comprido
Beach Waves (efeito em cabelo comprido) – Fonte: theyou.com

As Beach Waves são uma expressão muito bonita do chamado “messy hair” – que é um cabelo bagunçado, traduzido em penteados não muito estruturados e com fios soltos, também conhecido como podrinho.

Felizmente, as ondas de praia podem ser bastante fáceis de criar.

Há duas maneiras de produzir vibrações de deusa da praia, com o típico cabelo de férias, dependendo apenas de quão deslumbrante ou desfeito você deseja que elas pareçam, uma lhe dará um acabamento ligeiramente mais elegante, enquanto outra é mais relaxado.

Se você não se importa de passar um pouco mais de tempo dedicando-se ao seu cabelo e gosta que pareça elegante, brilhante e um pouco mais feito, então a primeira opção é a sua cara.

Menos aperfeiçoadas e com muito menos esforço, as ondas de praia preguiçosas, por outro lado, são igualmente convincentes, mas sem submeter os fios ao calor de um modelador de cachos. E aí? Qual será a sua?

Imagem com beach waves com trança lateral
Beach Waves com trança lateral – Fonte: theyou.com

Para as meninas que são naturalmente loiras e querem reproduzir as beach waves, recomenda-se o uso de produtos que mantenham a cor clara dos fios, conservando brilho e hidratação.

Antioxidantes que protejam o cabelo contra o amarelado ou alaranjado que descaracterizam o trabalho com o tempo também são importantes.

Todos os formatos de rosto, tipos de cabelo e idades cabem para esse tipo de tendência. Ela é o equilíbrio perfeito entre cachos e cabelos lisos e funciona para quase todos os comprimentos de cabelo e tipo de situação, desde uma apresentação no trabalho até uma saída à noite.

E sem necessidade de viagem à praia ou água salgada, elas adicionam volume e movimento ao seu cabelo, acentuando as maçãs do rosto e permitindo a combinação com um visual super urbano (como o da foto), todos os dias!

Imagem com beach waves em rabo de cavalo baixo
Beach Waves com rabo de cavalo – Fonte: theyou.com

Quando a mulherada pede por ondas de praia no salão de beleza, isso é traduzido como ondas suaves, com pontas mais retas.

Elas são inspiradas por fios varridos pelo vento, adicionando-se a isso muito movimento e força.

Uma variação delas são as “Mermaide Waves”, ou ondas de sereia, mais longas e mais onduladas que as que trazemos aqui, mas ainda com as pontas finas e aquela textura de cabelo apenas mergulhado que foi encharcada no mar e depois seca um pouco, ao sol.

Não importa se o seu cabelo está para baixo ou preso em um rabo de cavalo alto, o que vale lembrar é que o exagero pode fazer com que esse visual fique muito simétrico, muito justo, muito perfeito, o que não condiz com a proposta original.

Imagem com Beach Waves presas com o próprio cabelo
Beach Waves presas com o próprio cabelo – Fonte: theyou.com

Acabamos de entrar na primavera, e pelas características naturalmente descontraídas e alegres dessa tendência, a boa notícia é que já se pode contar com o estilo em todos os lugares durante essa estação.

Se você tem algum tipo de ondulação natural em seu cabelo, provavelmente descobrirá que ele fica muito bom quando você faz um penteado menos intencional, para variar.

O ar saudável e iluminado de uma garota surfista da Califórnia, como aquela para quem Lulu Santos dedicou sua canção de sucesso, deve se adaptar de acordo com seu comprimento e textura de fio.

Por exemplo, ondas para cabelos curtos devem ser menos definidas do que para cabelos mais longos, pois o efeito é ampliado quando criado em quantidades menores de cabelo.

Para madeixas mais compridas, o ideal são ondas de aproximadamente um terço até a metade do cabelo, para obter um efeito mais controlado e natural.

No caso dos cabelos naturalmente encaracolados, as ondas de praia perfeitas devem incorporar seus cachos com uma boa definição.

Imagem com Beach Waves (efeito em cabelo curto)
Beach Waves (efeito em cabelo curto) – Fonte: theyou.com

Para quem não sabe, a possibilidade de efeito beach waves permanente existe e ele dura 6 meses – o que faz com que pelo menos você não tenha que ir ao salão com muita frequência.

Mas, atenção!

Vale reforçar que o excesso de procedimento no cabelo irá danificá-lo a longo prazo, por isso recomenda-se este método de ondas de praia para aquelas com cabelos virgens ou que apenas alteram sua cor natural para tons um pouco mais claros ou mais escuros e não usam regularmente tratamentos mais pesados.

O estilo de cabelo surfista disparou no início dos anos 2000, com a sua presença no Victoria’s Secret Fashion Show de 2003.

Esse evento, naturalmente, inspirará várias tendências de maquiagem e cabelo, e, naquele ano, ondas voluptuosas super sexy tomaram toda a passarela.

Imagem com Beach waves em Pixie Cut
Beach waves em Pixie Cut – Fonte: theyou.com

Personagens de “Sex and the City” e “Friends” também nos davam os primeiros sinais das ondas de praia bagunçadas que conhecemos e amamos hoje.

Nunca enrolado, raramente seco com secador e quase sempre com aparência natural, era o cabelo que ganhava holofotes assim que ícones da cultura pop da época, como Jennifer Aniston, entravam em cena!

De lá para cá, as beach waves tomaram conta de tudo, e até os cabelos mais curtos surfaram nessa onda! Atualmente ainda mais opções de estilo do que você imagina e mesmo um pixie cut ou corte de duende vai muito bem com elas.

No caso do efeito “perm” – um permanente típico de ondas de praia – dura cerca de seis meses, como dissemos, mas o benefício desse tipo de permanente é que ele crescerá com o cabelo para uma transição mais perfeita.

Imagem com Beach waves com franja
Beach waves com franja – Fonte: theyou.com

Estar na praia pode ser terapêutico para alguns de nós, e a forma como a água salgada faz o cabelo parecer e sentir é algo que vale a pena imitar ao longo do ano.

Embora ir à praia regularmente seja bom para muitos de nós, a realidade para a maioria não é provável, então aprender a criar ondas de praia em casa vai melhorar seu humor, não importa para onde você esteja indo.

Converse com seu profissional de cabeleireiro sobre uma cor e um corte que realmente acentuaria suas ondas de praia estilosas!

Micro franja é um penteado clássico popular desde a década de 1950. Em vez de esconder a parte superior do rosto como uma franja usual, ela chama toda a atenção para a testa e as sobrancelhas. Junte-o com longas madeixas loiras e adicione ondas soltas para um visual romântico e pronto!

Imagem com Beach Waves com look formal
Beach Waves com look formal Fonte: theyou.com

Ondas cristalinas são ótimas para eventos formais.

As ondas de praia geralmente ficam melhores em cabelos que não foram lavados com shampoo por pelo menos um dia; os óleos naturais do couro cabeludo umedecem a haste capilar e ajudam a protegê-la do calor intenso, caso use chapinha com frequência.

Outra maneira de proteger o cabelo é usar um spray protetor de calor.

Sal, vento e sol são todos os inimigos do cabelo saudável: sal absorve a umidade do seu cabelo, o que o torna menos liso, menos elástico e mais propenso à quebra.

Os minerais na água do oceano – sem mencionar a areia, o vento e a explosão UV – também são os responsáveis por criar uma textura fosca, bagunçada e volumosa.

A ideia é obter esse mesmo efeito, com o mínimo de dano. Vamos tentar?

Imagem com Beach Waves semi preso
Beach Waves semi preso Fonte: theyou.com

O cabelo natural existe há décadas, mas cada vez mais mulheres estão começando a adotar sua textura natural.

Parece que toda semana há uma nova foto ou vídeo no Instagram de um penteado incrível criado com cabelo natural. Existem muitas maneiras diferentes de usar seu cabelo natural, dependendo de sua personalidade e preferências de estilo.

Todo cabelo que não é totalmente liso apresenta um grau de ondulação, que pode variar de leve a acentuado.

Inclusive existe uma tabela para indicar informalmente os tipos de ondulação através dos números 2, 3 e 4, ondulados, cacheados e crespos, respectivamente.

Uma segunda classificação relaciona-se ao grau dessa ondulação ou intensidade da curvatura, representada por A, B e C.

Sobre as diferentes formas de usá-lo, o aspecto do cabelo indefinido/ondulado quando está seco pode mudar de acordo com a presença de camadas, repicados e afins.

Conhecer melhor o seu cabelo vai fazer você acertar em cheio nas suas ondas!

Imagem com Beach waves em cabelo colorido
Beach waves em cabelo colorido – Fonte: theyou.com

O sal extra no ar e na água da praia afeta a cutícula do cabelo, de modo que os cachos se formam com mais facilidade e a textura é adicionada.

A textura adicionada reforça a cutícula e dá mais estrutura ao cabelo, adicionando volume e sustentação às raízes. É isso que cria aqueles cachos chamativos.

Além do litoral, essas ondas passaram a aparecer em todos os lugares, desde eventos de tapete vermelho a bailes de formatura, até a vida cotidiana de garotas elegantes.

E já que o assunto é cabelo ondulado, você sabia que a tentativa de cachear os fios não é nada nova na história?

Pois é: as “finger waves” nasceram na década de 20 e, naquela época, as mulheres tinham poucos recursos na hora de diversificar o cabelo, e usavam pentes, alfinetes e os dedos para criar seus penteados.

Atrizes do cinema de prata como Josephine Baker e Bette Davis são creditados com a popularidade alcançada pelas ondas de dedo na América e Europa.

Imagem com Beach waves para cabelo preto
Beach waves para cabelo preto – Fonte: theyou.com

Ondas de sereia não precisam ser sinônimo de cabelos loiros. Os cabelos pretos também ganham destaque com as beach waves.

Então, se essa é a cor do seu cabelo e algo por aqui fisgou você, vá em frente e dê ao seu cabelo os cachos sensuais e despenteados que ele merece.

A chave para criar o padrão não uniforme que é típico das ondas de praia é selecionar seções aleatórias de cabelo, enrolando-os em uma direção alternada para frente e para trás, para que não se agrupem.

Uma verdade que já constatamos é que, às vezes, alguns dos melhores penteados são aqueles que parecem que você não tocou no seu cabelo, logo, a beleza de que tratamos aqui, não depende exclusivamente de cor ou de alguma mudança nesse sentido!

Imagem com Beach waves com coque e tranças fininhas
Beach waves com coque e tranças fininhas Fonte: theyou.com

Nada pode dar errado com um penteado de coque meio preso. É elegante, fácil de conseguir e salva um dia de cabelo oleoso.

Pequenas tranças fininhas também são um dos looks de verão mais legais que nunca envelhecem.

Sem muito segredo: Pegue as mechas da frente, faça uma trança para contorno do rosto e prenda com elásticos transparentes. Adicione quantas você quiser!

Sabia que tanto o coque quanto a trança em si podem ser seus aliados na hora de conquistar as beach waves em casa?

Basta depois da lavagem, aplicar um protetor térmico e, em seguida, usar o secador para secar levemente os fios.

Depois aplique o spray texturizador e faça um coque alto ou vários por toda a cabeça. Deixe secar naturalmente e depois solte para conferir os cachos marcados. Utilizando os dedos, é possível dar um ar mais natural ao visual.

No caso da trança, siga os mesmos passos, mas, ao final, faça uma bem apertada e deixe secar.

Imagem com Beach waves em ombré hair
Beach waves em ombré hair – Fonte: theyou.com

Aqueles que estão entediados com suas madeixas escuras podem iluminar seu visual adicionando um tom colorido brilhante no meio das pontas. É o estilo ombré hair.

É uma técnica de iluminação capilar que trabalha mechas de cabelo mais claras em uma base geralmente mais escura.

Essas mechas costumam começar há aproximadamente quatro dedos da raiz ou um pouco acima da orelha, como vemos na imagem.

A cor mais usada para essa transição é o loiro, mas ela também pode ser realizada com tintas não convencionais, se o seu desejo é fugir do óbvio e abandonar os padrões.

Imagem com Beach Waves para casamento
Beach Waves para casamento – Fonte: theyou.com

Como a textura ondulada geralmente se parece com tranças soltas, adicione tranças ao seu penteado, sem medo! Essa coroa trançada é perfeita para eventos de casamento!

Quando se trata de casamentos, esse visual é um vencedor total. Se você usa seu cabelo preso, solto ou dividido ao meio, essa textura casual é sexy e doce e oferece muita versatilidade em termos de estilo.

Pois é, as famosas beach waves vão fazer a cabeça das noivas que procuram um visual um pouco mais natural que os cachos mais estruturados do babyliss até o fim do ano.

Os penteados nesse contexto têm a ver com a locação da cerimônia.

Portanto, as beach waves combinam muito com casamentos em praia ou no campo.

Imagem com beach waves em cabelo platinado

Evite que um bob curto em camadas pareça plano e chato, adicionando cachos, produzindo nos fios ondas suaves com pontas viradas para fora.

Complete com uma tiara de arco, laço ou enfeite de tecido, como o da modelo.

Às vezes, é preciso se reinventar e mudar o visual para não enjoar e trazer mais inovação para os cabelos. Nem sempre isso significa um corte novo ou uma mudança de cor.

Existe uma grande variedade de acessórios para escolher e variar no look podendo até combiná-los com penteados.

Imagem com Beach Waves em pele negra
Beach Waves em pele negra – Fonte theyou.com

Com tendência à oleosidade na raiz e pontas ressecadas, os cabelos ondulados têm uma estrutura que se enquadra entre os fios lisos e os cacheados.

O tipo 2B pode apresentar frizz, além de ter mais peso e curvatura mais fechada, sendo referência para o cabelo popularmente conhecido por formar o famoso “beach waves”.

As ondas da praia são a maneira mais fácil de dar ao seu rosto uma aparência tranquila – falando neles, com um rosto quadrado, os cachos devem ser um pouco mais proeminentes e direcionados para longe da face, não para a face.

Já para as meninas com formato oval e triangular, qualquer versão de cabelo com ondas de praia é adequada, especialmente sua versão clássica – cachos descuidados com cachos mal-formados.

O passo a passo para as beach waves com ferramentas e produtos:

Imagem com Passo a passo para beach waves
Passo a passo para beach waves – Fonte: theyou.com

Já descobrimos alguns dos truques para se obter as beach waves (com coques ou tranças), como ilustra a imagem, mas existem mais – para não dizer uma infinidade – de técnicas e produtos, que dão como resultado as “ondas da praia” nos seus cabelos.

Vamos dar uma olhada?

  • Difusor: Depois de higienizar a cabeleira, aplique o protetor térmico e o leave-in. Passe os dedos abertos no cabelo criando fitas e, na sequência, amasse-as contra o couro cabeludo. Então, coloque uma mecha do seu cabelo dentro do difusor e o aproxime um pouco da raiz. Aguarde alguns segundos até a mecha secar e selecione outra mecha e depois de repetir o processo em todo o cabelo, é só finalizar como achar melhor.
  • Modelador de cachos: Após a lavagem com xampu e condicionador, penteie os fios, aplique um protetor térmico e, na sequência, um spray texturizador – ou leave-in – aplicado no cabelo quando você estiver quase terminando de secar.

Seque o cabelo com o auxílio de um secador, e se as suas ondas forem bem-marcadas, faça uma escova. Em seguida, divida o cabelo em mechas e use o modelador de cachos para criar o efeito.

Quando terminar todo o cabelo, aguarde alguns minutos para que o cabelo esfrie e comece a passar os dedos entre os cachos, desmanchando-os e criando o efeito de ondas naturais.

Se deseja, pode aplicar produto fixador.

  • Chapinha: Repetindo o processo anterior, use a chapinha na hora de modelar. Nesse momento, após dividir o cabelo em mechas, pegue a primeira, posicione a chapinha como se fosse alisar e aperte, porém, ao invés de deslizar diretamente você vai torcer a sua mão para frente, deixando o seu polegar para cima e, na sequência, volte-o para a posição inicial.

Depois disso, passe a ponta da mecha por cima da chapinha e comece a deslizar o aparelho pelo cabelo devagar, como se estivesse pranchando. Você vai reparar que os cachos passarão a aparecer, fazendo o mesmo em todo o cabelo.

A partir daqui é a hora de revisitar a técnica do item acima. O tutorial em vídeo, você encontra aqui:

Surfando em 360º: um mergulho além das beach waves

Por ser um penteado muito tradicional na cultura afro, as ondas 360 são mais comuns no cabelo crespo, mas nada impede que sejam feitas em fios cacheados, ondulados ou até lisos.

Quanto mais cacheado for o cabelo, mais largas serão as ondinhas, e quanto mais crespo forem os fios, mais fininhas elas serão.

E você? Pronta para mergulhar de cabeça?

você pode gostar também
Comentários