O Melhor guia informativo sobre compras na internet.

As Melhores Cortinas – Confira Aqui o TOP 10!

As cortinas são um item fundamental para o interior de uma casa e para os ambientes em geral.

Isso porque elas são capazes de mudar a percepção que temos de um lugar: o modelo certo traz elegância e forma uma estética harmônica, enquanto uma escolha equivocada pode tirar completamente o charme do ambiente.

Além do design, elas também possuem funções muito importantes como bloquear ou controlar a iluminação que entra, proteger do sol o interior da casa e também garantir a privacidade de quem vive nela.

Em meio a tantas opções, nem sempre sabemos qual modelo de cortina escolher e ficamos confusos. Se esse é o seu caso, não precisa se preocupar, porque nós ajudaremos.

A equipe do Cupomzeiros preparou uma lista com as melhores cortinas do mercado para te ajudar a deixar sua casa mais bonita e elegante!

Além disso, ao longo do texto mostraremos dicas para te ajudar nas suas compras. Para saber mais, continue lendo este post.

TOP 10 – Melhores Cortinas

A seguir, confira nossa seleção com as melhores cortinas disponíveis no mercado e decida qual é a melhor para você e para sua família:

Cortina Jacquard Semi blecaute

Imagem com Cortina Jacquard Semi-Blecaute
Melhores Cortinas: Cortina Jacquard Semi-Blecaute

O que chama atenção na Cortina Jacquard Semi blecaute a um primeiro olhar é sua extrema elegância e o requinte que traz para o ambiente.

Seu tecido jacquard vai até o chão e existe em diversas possibilidades de cores, podendo ser combinado facilmente com a estética da sua casa. Trata-se de um tecido bastante resistente e que tem seu uso muito comum em estofados.

Resistência e qualidade parecem ser as palavras-chave no que diz respeito a essa cortina: seus ilhós prateados contam com uma proteção que os impede de serem vítimas da ferrugem com o passar do tempo.

A Cortina Jacquard Semi blecaute bloqueia grande parte da luz que vem de fora.

Cortina Voil Forro Micro Fibra

Imagem com Cortina Voil Forro Micro Fibra
Melhores Cortinas: Cortina Voil Forro Micro Fibra

Quem conhece o tecido voil sabe a elegância e a delicadeza que ele traz para o ambiente. É um tecido feito de vários materiais, costuma ser uma mistura de algodão com mesclas de poliéster, elastano e outros compostos.

O voil, tendo essa estética que beira o transparente traz toda a leveza de que sua casa precisa, e a vantagem da Cortina Voil Forro Micro Fibra é que não é necessário sacrificar sua privacidade, pois ela conta com duas camadas que tampam qualquer transparência que o tecido venha a apresentar.

Além da privacidade, a camada com fundo de microfibra protege da iluminação externa, o que também é um detalhe importante.

Cortina de Janela Voil

Imagem com Cortina de Janela Voil
Melhores Cortinas: Cortina de Janela Voil

Trazendo novamente o tecido voil como possibilidade para sua casa, apresentamos essa Cortina de Janela Voil, que, diferentemente da alternativa anterior, não traz a mesma privacidade.

Ela é ideal, portanto, para cômodos em que você não se importe de mostrar um pouco do interior do ambiente, isto é, visto por fora. Isso porque esse tecido apresenta um grau de transparência e a cortina não tem camada dupla.

Essa cortina vai até o chão, tendo 2,80 metros de largura e 1,70 de altura. Sua composição é 100% feita de poliéster e apresenta um acabamento refinado, com detalhes suaves e delicados.

Cortina Portinari Cetim Amassadinho

Imagem com Cortina Portinari Cetim Amassadinho
Melhores Cortinas: Cortina Portinari Cetim Amassadinho

Que o cetim é um tecido diferenciado, a maioria das pessoas concorda. Gostos são diferentes, mas muitos vão admitir que a delicadeza e o requinte do cetim fazem toda a diferença em uma casa.

Se imaginarmos uma sala de estar, por exemplo, a Cortina Portinari Cetim Amassadinho é uma ótima candidata para criar um ambiente harmônico visualmente.

Essa cortina não é feita do cetim comum liso, mas um modelo “amassadinho”, que tem uma textura discreta própria para uma cortina.

Um ponto de alerta é a alta aderência desse tipo de material a outras substâncias, o que torna muito fácil de sujar. Portanto, deve-se tomar alguns cuidados com esse tecido, como, por exemplo, evitar que ele arraste no chão.

Cortina Algodão Cru

Imagem com Cortina Algodão Cru
Melhores Cortinas: Cortina Algodão Cru

Essa é uma cortina de tamanho considerado pequeno ou médio e que não vai até o chão. É um modelo bem básico e prático para o dia a dia, sendo também um produto com certa facilidade de lavar.

A limpeza não requer o mesmo tipo de cuidado que um tecido voil, por exemplo, demandaria, por isso, se você tem pouco tempo a vive na correria, essa pode ser uma ótima opção.

O tecido da Cortina Algodão Cru é composto por fibras naturais e tem alta durabilidade. Apesar de ser feita de um material mais grosso e resistente, essa cortina não tampa completamente a luz que vem de fora, mantendo, assim, seu ambiente razoavelmente iluminado.

Cortina Floratta Tabaco Bia Enxovais

Imagem com Cortina Floratta Tabaco Bia Enxovais
Melhores Cortinas: Cortina Floratta Tabaco Bia Enxovais

O próximo item desta lista é a Cortina Floratta Tabaco Bia Enxovais, um exemplo de cortina com estampa para dar mais vida à estética da sua casa.

O diferencial desse produto é, em primeiro lugar, seu design de extremo bom gosto, com flores delicadas desenhadas nas laterais e ao centro o tom marrom do tecido que combina perfeitamente com todo o restante.

Sua composição é de 40% algodão e 60% poliéster na parte estampada e 100% poliéster na parte marrom. Tem 2 metros e conta com 16 ilhós, mas o melhor de tudo é o preço baixo, tratando-se, assim, de um ótimo custo-benefício.

Cortina de Tecido Grosso Semi Blecaute

Imagem com Cortina de Tecido Grosso Semi-Blecaute
Melhores Cortinas: Cortina de Tecido Grosso Semi-Blecaute

Talvez o lugar que você queira cobrir seja uma grande área e exija uma cortina maior. Nesse caso, apresentamos a Cortina de Tecido Grosso Semi Blecaute, que tem 5 metros de largura por 2,80 de altura.

É claro, não é preciso instalá-la em uma janela ou porta necessariamente grande, pois tudo depende do efeito que você quer criar.

Por exemplo, digamos que você queira que a cortina fique bastante ondulada: colocá-la em uma área menor pode ser interessante, já que, assim, o tecido se juntaria bem.

Feita de tecido grosso, ela dá um efeito de semi blecaute, ou seja, escurece bem o ambiente sem privá-lo completamente de luz.

Cortina Lunna Tafetá Amassado e Voil Avelã

Imagem com Cortina Lunna Tafetá Amassado e Voil Avelã
Melhores Cortinas: Cortina Lunna Tafetá Amassado e Voil Avelã

Essa cortina tem um estilo mais clássico, ou, poderíamos dizer, ao mesmo tempo discreto e elegante. O forro é feito de Tafetá amassado, dando um belo efeito quando a luz bate.

O xale em voil dá o toque final de elegância, preso formando um arco no qual o tecido se junta de forma delicada.

A composição é de 100% poliéster, sendo o ilhós de ouro velho e as dimensões da cortina já franzida de 3 metros de largura por 2 m de altura.

Ela é indicada para varão de até 3 metros, mas vale lembrar que ele é vendido separadamente. O preço da Cortina Lunna não é o mais barato do mercado, mas deve-se levar em conta a qualidade e confiabilidade da marca, o que pode acabar compensando.

Cortina Clássica com Laços

Imagem com Cortina Clássica com Laços
Melhores Cortinas: Cortina Clássica com Laços

A Cortina Clássica com Laços é a escolha perfeita para um quarto infantil. Os laços, um de cada lado, dão um toque infantil e singelo na peça, e o tecido contribui para dar um efeito de suavidade.

A composição do tecido é de microfibra 100% poliéster que une qualidade e durabilidade ao produto.

Essa cortina é o exemplo de praticidade e versatilidade, já que controla a luz do ambiente de acordo com sua preferência e seu design combina com variadas estéticas de interiores.

Portanto, há uma ampla gama de decorações diferentes com as quais você pode combinar essa peça e deixar sua casa ainda mais estilosa.

Cortina Para Sala Berlin

Imagem com Cortina Para Sala Berlin
Melhores Cortinas: Cortina Para Sala Berlin

Para quem gosta de um estilo mais criativo, fechamos esta lista com uma cortina com estampa. Se você acha que o seu ambiente carece de detalhes que confiram autenticidade e estilo ao local, essa pode ser a cortina certa! Isso porque ela aposta em desenhos discretos, bonitos e de bom gosto.

Ajudando a controlar a iluminação do ambiente, a Cortina Para Sala Berlin é ideal para impedir que a luz de fora invada a sala, apesar de não vedá-la completamente.

Com bom caimento, suas dimensões são de 3 metros de largura por 2,40 de altura e serve para varão de até 3 metros.

O que levar em conta na hora de comprar uma cortina?

Na hora de adquirir sua cortina, algumas coisas precisam ser levadas em consideração.

Embora você possa, na decoração da sua casa, usar a imaginação e a originalidade, existe um tipo de cortina mais adequado para cada ambiente e situação.

Por isso, a seguir mostraremos alguns dos pontos mais importantes a se levar em conta antes de realizar a compra.

Medidas

Esse é o primeiro detalhe a se considerar e um erro pode pôr tudo a perder. Para não acabar comprando uma cortina que depois se mostre pequena ou grande demais para sua janela ou porta, é fundamental tirar as medidas certas antes de fazer a compra.

Para tirar as medidas da sua janela (ou área em que deseja instalar a cortina), você precisa ter em mente qual tipo de efeito quer. Franzido? Se sim, utilize uma cortina de 1,40 metro a cada meio metro de varão.

Caso queira um efeito liso, apenas meça a janela (ou área) e use a mesma medida para a cortina, lembrando sempre que é preciso contar um espaço de pelo menos 10 centímetros de cada lateral para que a cortina cubra toda a extensão da área.

Caso você queira cortinas longas que vão até o chão, opte por peças com dimensões de 1,60 m a 1,80 m de altura.

Tecido, material e composição

O tecido faz toda a diferença no resultado final da cortina. Um tecido pode aparentar mais ou menos elegância, leveza ou sensação de solidez, delicadeza ou força.

A textura pode informar se o estilo de decoração daquele ambiente é clássico ou contemporâneo, básico, criativo ou minimalista.

Por isso, dependendo da ideia que você quer passar, talvez seja melhor ficar longe de alguns tipos de tecidos. Por isso é importante se ter em mente qual o resultado final desejado e qual tecido é mais adequado para esse fim.

Cor

A cor também informa qual será a estética do ambiente e cada uma passa uma mensagem.

Muito se pode dizer de uma casa pela paleta de cores que é utilizada na decoração, e é importante que a estética de um lar reflita a vida e a personalidade dos indivíduos que lá habitam.

Tons mais claros e neutros indicam leveza, tranquilidade e elegância, enquanto mais escuros e vivos aparentam originalidade, criatividade e diversão.

Design e estética

O design da cortina é o conjunto de todos os seus elementos combinados.

Como já falamos de tecido, textura e cor, vale ressaltar aqui o formato da cortina. Ela tem laços? Como são esses laços? Pequenos ou grandes?

Tudo isso também passa uma mensagem, uma primeira impressão.

Há designs de cortinas que só ficam bem em quartos infantis, por exemplo, assim como há modelos adequados para salas de estar. Existem cortinas que só combinam para ser utilizadas em cozinhas, assim como há peças que são mais apropriadas para as áreas de lazer, e assim por diante.

Iluminação

O controle de iluminação também é um ponto muito importante a se levar em conta. Se você quer vedar completamente a luz vinda de fora, o ideal são as cortinas blackout/blecaute.

Geralmente feitas de plástico PVC, elas isolam completamente o ambiente, impedindo que a luz entre. Há também as semi blackout, que protegem apenas parcialmente da luz.

Se você não se preocupa com isso ou até prefere a presença de luz, há as cortinas translúcidas, que são de tecidos mais leves e dão um efeito visual bonito, deixando passar a iluminação externa.

Instalação e limpeza

Instalar e limpar sua cortina deve ser uma tarefa fácil, e não penosa.

Por isso, para evitar maiores transtornos, sempre escolha o tipo de cortina que se encaixa na sua realidade.

Se você não tem muito tempo para realizar a limpeza da cortina, invista em uma que seja fácil de limpar, como, por exemplo, a blackout de plástico.

Tipos de cortinas

  • Voil (voal) – a cortina do tecido voil é leve e delicada, trazendo transparência e leveza para o ambiente.
  • Blackout (blecaute) – cortinas blackout são aquelas que vedam completamente a entrada de luz no ambiente.
  • DuoFold – esse modelo consiste em faixas verticais com um sistema diferenciado de abertura. Parecida com a persiana e contendo dobras plissadas, a cortina DuoFold pode ser aberta ou fechada tanto por cima como por baixo.
  • Rolô – conforme aberta, se enrola na parte superior de modo a ficar escondida.
  • Painel – consiste em painéis de tecido que correm lateralmente por um trilho.
  • Romana – a cortina romana é composta por faixas horizontais que se dobram umas sobre as outras conforme abertas.

As pessoas também perguntam

Qual o melhor tipo de cortina?

Para responder isso, uma série de fatores precisam ser levados em consideração. Se o critério para decidir qual a melhor cortina for a estética, podemos apontar as cortinas feitas de voil como provável opção. Afinal, é um tecido leve, com uma transparência que traz um efeito lindo para o interior da casa. Por outro lado, se o critério for o controle de iluminação, a escolha certa é uma cortina blackout/blecaute, feita de um tecido mais grosso ou até plastificado.

Qual a melhor cortina para bloquear o calor do sol?

Para diminuir a incidência do sol sobre o ambiente, a melhor cortina é a do modelo blackout/blecaute. É essa categoria de cortina que melhor veda a iluminação do ambiente, mas também precisamos citar a tela solar, cuja função é exatamente essa: conter a intensidade do sol.

Como deve ser a cortina da sala?

Para a cortina da sala, o ideal é que seja utilizado um modelo longo. Por uma questão estética e pela sala ser um dos cômodos principais de uma casa, o longo confere maior elegância ao ambiente. Nesse caso, um modelo voil pode ser a melhor opção. Na escolha da cor, tudo depende da estética do restante do cômodo. A cortina pode ser de qualquer cor, mas nossa recomendação é para que se escolha tons mais claros ou neutros, como branco, pérola ou cinza.

Quais os tipos de cortinas?

Existem muitos tipos de cortinas, mas os principais são: voil (ou voal), blackout (ou blecaute), DuoFold, Rolô, Painel e Romana.

Considerações Finais sobre as Melhores Cortinas

Na hora de escolher uma cortina, nem sempre sabemos qual modelo escolher em meio a tantas opções lindas no mercado.

É importante fazer a escolha certa porque é a cortina que vai dar aquele toque final na sala de uma casa, por exemplo. Esse é um detalhe que faz toda a diferença.

Neste post, apresentamos 10 modelos das melhores cortinas para você arrasar na decoração da sua casa. Também demos dicas de como escolher a cortina certa para sua situação. Esperamos ter ajudado!

Se você gostou do post, deixe suas impressões aqui embaixo nos comentários!

Clique para avaliar
[Total: 1 Nota: 5]
você pode gostar também
Comentários
>