As mães e os pais sabem organizar as coisas das crianças e manter o quarto delas arrumado. Quando o assunto é roupa, então a situação pode complicar-se ainda mais. Por isso, trouxemos alguns modelos de cabide infantil para lhe ajudar a organizar as roupas dos pequenos.

Em primeiro lugar, cabe reconhecer que a ordem no quarto das crianças é muito mais difícil de conseguir do que aprender a tabuada. Felizmente, existem muitas possibilidades de arrumação que nos permitem aproveitar ao máximo os espaços.

Nesse sentido, envolver as crianças desde cedo na organização de seus espaços é muito importante, já que pouco a pouco elas vão se sentido responsáveis por cuidar de suas coisas.

Organização de quartos infantis

Armazenamento flexível e extra para crianças

Manter o quarto das crianças arrumado não é uma tarefa fácil, e disso as mamães e papais já devem estar cansados de saber. Entre as montanhas de brinquedos, material escolar, livros e roupas, é possível criar uma confusão, onde encontrar algo se torna uma aventura.

E, embora saibamos que os pequenos podem ser grandes exploradores, o mais simples é dar um lugar determinado aos principais objetos da desordem. Isso tornará muito mais fácil reorganizar tudo, e eles entenderão que existe um lugar para todos os livros, roupas e brinquedos.

Cada quarto é diferente, e nem sempre temos a mesma quantidade de espaço, por isso é melhor selecionar um sistema de armazenamento flexível que se adapte ao estilo do quarto e permita aumentá-lo à medida que as crianças crescem.

Muitas vezes, a impressão que os pais e mães têm é que nunca há brinquedos demais, o que há é menos espaço. 

É por isso que devemos sempre ter algum armazenamento extra, como cestos, caixas ou gavetas de cama para organizar os brinquedos. Assim, haverá mais espaços para colocar todos os novos objetos que cheguem ao quarto.

Escrivaninha e gavetas infantis como aliadas

Mesmo que sejam pequenas, é bom que as crianças tenham um espaço de trabalho onde possam relaxar, colorir em silêncio ou ler uma história. Pode ser uma mesa com algumas cadeiras para que elas também possam convidar os seus amigos e organizar uma inesperada tarde de atividades manuais.

À medida que crescem, elas precisarão de uma escrivaninha para atender às suas necessidades, e passarão de uma mesa para quatro pessoas para um ambiente onde possam fazer o dever de casa ou estudar com conforto. Isso permitirá que elas organizem seu pequeno espaço de estudo pessoal, organizem seus livros e cadernos, e se concentrem.

Mini gavetas também são uma ótima opção quando a mesa é muito pequena para elas e a ordem desaparece entre montanhas de cadernos e papéis. Chega um momento que entre livros de aula, folhas soltas, cartas e outros papéis, dificilmente conseguem trabalhar e a necessidade de mais espaço cresce na mesma velocidade que eles.

Além disso, esses pequenos lugares de armazenamento permitirão que eles guardem algumas de suas coisas mais pessoais que não querem que os pais vejam (esse momento vai chegar!), como a carta para aquela garota ou garoto do acampamento.

Guarda-roupa e cabides infantis

Para que as crianças pouco a pouco aprendam a vestir-se de forma independente, e também para facilitar na hora de guardar roupas e sapatos, o melhor é colocar tudo da forma mais acessível possível. Para isso é aconselhável reconfigurar e adaptar o armário de acordo com a altura da criança.

Da mesma forma, os cabides serão uma boa solução para que possam pendurar a mochila ou o casaco assim que chegarem e para que consigam organizar suas roupas.

Nesse sentido, existem no mercado alguns modelos de cabide infantil que ajudam a manter as roupas bem guardadas no armário. 

Alguns modelos têm formatos chamativos; outros são aveludados para que a roupa não escorregue. Há ainda modelos ultra slim que ajudam a ocupar menos espaço.

A seguir fizemos uma lista com 5 cabides infantis para melhorar a organização do guarda-roupa das crianças.

Os cinco melhores cabides infantis

Confira lista dos 5 melhores cabides infantis:

Set com 10 Cabide Veludo Cinza 3sprouts

O set de cabides da 3sprouts tem acabamento aveludado, efeito antideslizante e ajuda a manter a roupa em seu lugar, evitando que itens menores escorreguem.

O kit vem com 10 peças.

Conjunto de 10 Cabides de Veludo com Gancho Toq OIKOS

Este conjunto de cabides é da marca OIKOS e faz parte da coleção TOQzinho. Com formato ultrafino, ocupa pouco espaço no guarda-roupa.

O cabide é revestido com veludo, sendo assim antideslizante, o que ajuda muito na hora de guardar as roupas das crianças.

Kit com 50 Cabides de veludo Infantil Rosa Coração

Produto com design slim, o que permite colocar mais roupas em um mesmo espaço. Possui curvas delicadas que ajudam a conservar o formato das roupas.

É fabricado com hastes em aço cromado e a parte onde as roupas ficam penduradas é aveludada, para evitar que escorreguem.

Kit com 50 Cabides de Acrílico Cristal Infantil Resistentes

O kit com 50 cabides fabricados em acrílico transparente é super resistente.

O produto, além de poder ser usado em casa, é ideal para lojistas.

Kit – Cabide Infantil Soft Touch Branco

O kit vem com 6 cabides de aço, revestidos na cor branca, e é vendido pela marca Mor.

Arrumando o guarda-roupa das crianças

Por guarda-roupa infantil, vamos considerar os armários das crianças de até 12 anos. A partir dessa idade, as suas roupas já são grandes e o guarda-roupa tem de se adaptar a isso.

Em primeiro lugar, como em todos os guarda-roupas, vamos precisar de cabides e de gavetas. Algumas roupas das crianças são mais fáceis de guardar nas gavetas porque dobram muito bem.

Nos cabides vamos colocar basicamente vestidos e casacos.

O mais importante é que o armário seja bem distribuído, pensando em você e na criança. Se os pais querem incentivar que a criança comece a se vestir sozinha, terão que facilitar para ela.

Faça uma distribuição lógica

Antes de colocar qualquer coisa no armário, pense na sua rotina e na da criança. Se ela usar uniforme escolar todos os dias, colocaremos o uniforme em uma prateleira que seja acessível a ela. Desta forma, ele ou ela pode aprender a se vestir a cada dia.

Organize por categorias

Preencha as gavetas por categorias de roupas: as camisas todas juntas, as calças em uma mesma seção, etc. A ideia é deixar o armário fácil e intuitivo para todos.

 Você também pode separar as roupas por dias da semana. Portanto, todas as roupas do meio da semana estarão juntas, as roupas de fim de semana irão separadamente e as roupas de “festas” serão mantidas separadas também.

 

Ordene pelos tamanhos

Você pode colocar as roupas usadas com mais frequência nas primeiras gavetas e nos primeiros cabides, e, depois dessas, as roupas de maior tamanho. 

Também coloque uma caixa em algum lugar do armário para encher com as roupas que estão ficando pequenas; quando tiver o suficiente, faça uma boa ação e doe para famílias que precisam.

Separe as roupas de acordo com cada estação

Quatro vezes por ano, durante o início de cada nova estação, concentre-se em verificar cada item no armário e examiná-lo cuidadosamente. O objetivo é determinar se ele deve ou não ficar em casa.

Certifique-se, por meio dessa revisão, que roupas que não serão mais usadas para que não ocupem espaço sem necessidade. Essa separação deverá ser feita conforme as crianças crescem, e você sabe, isso ocorre incrivelmente rápido.

Dicas práticas e eficazes para organizar as roupas para seu bebê recém-nascido

Não podemos esquecer que os bebês são muito vulneráveis, ​e sua pele, muito sensível às mudanças do ambiente. 

Além disso, ao guardar o enxoval do seu filho também é fundamental considerar a acessibilidade. Afinal, o que você menos deseja é não conseguir encontrar o que precisa ao vestir seu filho. O ideal é organizar tudo de maneira que seja prática e simples para você, assim você terá tudo ao seu alcance.

Para organizar as roupas do seu filho de forma funcional e confortável, deve-se considerar estes três critérios: 

Visibilidade

É preciso que você tenha uma visão clara das roupas que tem para o seu bebê, desde as que usa no dia a dia, até as que são de passeio. Mas principalmente, que você possa ver aquelas vestimentas que são menores, para não correr o risco do bebê crescer e não usá-las.

Limpeza

A limpeza deve ser a sua prioridade número 1 na escolha do local onde guardará as roupas do seu bebê, obviamente para evitar que ele contraia alergias ou outras doenças que podem se desenvolver tanto nas roupas quanto no local onde serão guardadas.

Versatilidade

É surpreendente como em apenas um ano de vida, os bebês mudam de tamanho de roupa com muita facilidade. Portanto, o espaço que o atende agora pode ser muito pequeno para você mais tarde. 

Invista em móveis e armários multi-espaço, para que possa aproveitar cada recanto por muito mais tempo.

Pendurar ou dobrar as roupas do seu filho ou filha?

Para guardar as roupas do seu filho, você pode usar armários ou closets e também móveis horizontais ou multifuncionais. Ambas as opções são ideais, desde que sejam limpas, e se possível hipoalergênicas, tenham espaços aproveitáveis ​​e sejam confortáveis, ou seja, permitam que as roupas sejam retiradas e armazenadas com facilidade.

Recomendam-se móveis de madeira, gavetas e bolsas herméticas, que preservam o frescor das roupas e evitam o desenvolvimento de bactérias causadas pela poeira. Além disso, eles podem ser muito eficazes para armazenar aquelas roupas que são pouco usadas.

Mas é melhor pendurar ou dobrar as roupas? Por outro lado, deve-se considerar que as roupas penduradas em cabides absorvem mais sujeira. No entanto, roupas dobradas tendem a estragar mais rápido. Além disso, para saber qual o melhor local para guardar as roupas, outros fatores devem ser considerados, tais como:

  • Qualidade e tecido das roupas.
  • Modelos de roupas.
  • Frequência de uso.
  • Espaço de armazenamento disponível.

Nesse sentido, vestidos, suéteres e casacos devem ser pendurados, assim como cobertores. Macacões, calças, pijamas e meias podem ser dobrados.

Ou seja, devem ser penduradas as peças mais soltas e delicadas, bem como as de espessura considerável (como casacos térmicos ou impermeáveis), enquanto as peças de espessura média podem ser dobradas sem nenhum problema.

As roupas de bebê que você deve ter sempre à mão

No caso dos recém-nascidos, o que conta é a versatilidade e a simplicidade, peças que podem ser úteis ao longo do dia, fáceis de trocar, frescas, seguras e delicadas. 

Por isso, os especialistas recomendam tecidos 100% algodão, por serem respiráveis ​​e naturais, evitando que o bebê desenvolva alergias, ao contrário dos tecidos sintéticos, como lycra ou seda, e tecidos que podem soltar penugem, como lã ou camurça.

Conclusão

A organização das roupas das crianças é uma das tarefas mais difíceis para alguns pais e mães. Isso demanda tempo e a capacidade de escolher bem os espaços onde guardar cada peça.

Nesse sentido, os diversos modelos de cabide infantil representam uma verdadeira ajuda na hora de guardar algumas peças, especialmente aquelas que não podem ficar dobradas nas gavetas.

No mercado, encontramos vários modelos. Há cabides cujo formato arredondado evita que a roupa fique marcada, e tem aqueles modelos que são revestidos com camurça, o que evita que as roupas escorreguem e caiam no guarda-roupa.

Com tantos modelos disponíveis, comprar um cabide infantil não é tão complicado, e há produtos de diversos preços e marcas disponíveis na internet. Por isso, escolha aquele modelo que melhor se adapte ao guarda-roupa do seu filho e boa organização!

Clique para avaliar
[Total: 0 Nota: 0]