Remédios naturais para tontura e labirintite

Você está sofrendo com sintomas de tontura e labirintite? Confira agora os melhores remédios caseiros para você se sentir restaurado e aliviar-se dos sintomas.

A labirintite é uma inflamação no labirinto, uma estrutura do ouvido que auxilia no equilíbrio, audição e percepção corporal. Já a tontura é uma sensação de desequilíbrio e falta de estabilidade.

Muitas pessoas sofrem com crises de labirintites e crises de tontura, em que é difícil ficar em pé ou se concentrar para fazer as atividades do cotidiano.

A tontura ou a vertigem não são doenças em si, mas são sintomas de outras patologias. É muito comum essas sensações estarem acompanhadas de náusea e vômito.

Por isso, é necessário que um profissional da saúde seja procurado, a fim de que um tratamento adequado seja prescrito.

Enquanto isso, é possível tomar algumas medidas naturais para o alívio dos sintomas e promover bem-estar ao indivíduo sofrendo com tontura.

Consuma vitaminas

sol, vitamina d, tontura
Uma das formas de combate à tontura e vertigem é o consumo de vitaminas, que ajudam a combater as causas desses sintomas persistentes.

As causas da sensação de desequilíbrio e tontura podem estar relacionadas com diversas desfuncionalidades do corpo.

Um exemplo disso pode ser a falta de circulação sanguínea em determinadas regiões do corpo. Isso faz com que a tontura se agrave, o que causa mal estar.

O consumo de vitamina E e de vitamina D é comprovadamente eficaz para combater sintomas associados à tontura e vertigem.

Isso se explica pela comprovada ajuda dessas vitaminas na elasticidade dos vasos sanguíneos e no combate de sintomas de tontura e vertigem.

Tome água

água, água potável, bebida, tontura
A desidratação é uma causa comum da sensação de tontura. Por isso, é essencial se atentar à quantidade de água consumida diariamente.

Uma das principais causas da sensação de tontura pode ser simplesmente desidratação.

A solução para isso certamente é consumir mais água. Porém, é sempre bom analisar a quantidade de água e em que momentos do dia você tem tomado mais água.

É importante analisar as condições pelas quais o seu organismo passa. Se o clima está muito quente, e, consequentemente, seu corpo transpira mais. Ou se você tem feito muitas atividades físicas e não tem reposto a quantidade de água.

De qualquer forma, é essencial monitorar a quantidade de água consumida para deixar o corpo bem hidratado.

Beba chá

afetuosamente, bebida, borrão
O chá de Ginkgo biloba é milenarmente conhecido pelas suas propriedades que ajudam no combate à falta de circulação sanguínea, uma das causas da tontura.

Um dos chás mais recomendados para diminuir os sintomas de labirintite e tontura é o chá de Ginkgo biloba.

Ginkgo biloba é uma planta milenar originária da China. Ela possui diversas propriedades que ajudam a combater a tontura, como a propriedade que auxilia na melhora da circulação sanguínea.

O chá de Ginkgo biloba  pode ser substituído pelas cápsulas dessa substância, que podem ser compradas em farmácias e são tão efetivas no tratamento de vertigem quanto medicações tradicionais.

Evite cigarro e bebidas alcoólicas

álcool, aperitivo, apólice, tontura
O consumo de bebidas alcoólicas é um fator significativo para a desidratação do corpo a longo prazo.

O consumo de álcool e cigarro afeta a absorção de água pelo organismo. Desse modo, mesmo quando um indivíduo está sóbrio, essa desidratação pode afetar o seu senso de equilíbrio.

Além disso, o álcool pode afetar a saúde do líquido que existe no interior do ouvido, responsável pela manutenção do equilíbrio.

Sendo assim, deixar de consumir bebidas alcoólicas e eliminar o cigarro, além de deixar o corpo mais saudável, auxilia no combate à tontura e labirintite.

Cuide do sono e do estresse

adormecido, adulto, boa noite, tontura
A qualidade do sono e o nível de estresse devem ser constantemente monitorados, visto que podem ser gatilhos para o desenvolvimento da tontura.

O estresse e a falta de sono estão, muitas vezes, relacionados. Esses dois fatores podem ser causas significativas para a persistência da sensação de tontura e desequilíbrio.

O estresse, a ansiedade e a insônia podem ser potenciais gatilhos para o desenvolvimento de uma crise de tontura.

Nesse sentido, é necessário que o indivíduo identifique possíveis causas estressantes que têm afetado o seu bem-estar, para que a situação seja tratada.

Além da psicoterapia e psiquiatria, hábitos saudáveis como meditação e técnicas de respiração são medidas, que, se praticadas a longo prazo, auxiliam no controle do estresse e ansiedade.

A insônia pode ser combatida com uma adoção de uma higiene do sono, que consiste em um ritual diário de autocuidado para desacelerar e preparar o corpo para o descanso.

Faça exercícios físicos

adulto, água, ao ar livre, tontura
Exercícios físicos orientais, como o yoga e o tai chi, trabalham percepções de movimento e equilíbrio do corpo, o que auxilia no combate à tontura.

A prática constante de exercícios auxilia na manutenção de um corpo saudável, o que previne diversas doenças e sintomas de mal-estar.

Existem alguns exercícios particulares que ajudam no equilíbrio, força e flexibilidade, como o Yoga e o Tai Chi Chuan.

Essas duas práticas orientais, além de trabalharem com a respiração e auxiliarem na redução do estresse, auxiliam na autopercepção corporal.

Essa autopercepção ajuda no controle da tontura, pois ajuda o indivíduo a entender os limites do seu corpo e quais são as posições mais confortáveis e seguras.

Prevenção contra tontura

adulto, alegre, alimento, tontura
O estilo de vida saudável é a principal ferramenta para combater a tontura e vertigem, pois práticas saudáveis mantêm o corpo ativo e funcional a longo prazo.

Um estilo de vida saudável é a melhor prevenção contra a tontura e patologias associadas. Cuidar dos níveis de estresse e ansiedade, ter uma boa qualidade de sono, alimentar-se bem e praticar exercícios com regularidade são os pilares para uma saúde estável.

Assim, caso exista algum sintoma relacionado à tontura, associado a outros sintomas complexos e persistentes, procure um profissional da saúde.

As medidas naturais servem para a continuidade de práticas simples e caseiras; porém, se os sintomas forem intensos e persistentes, um tratamento profissional deve ser realizado.

 

Você pode gostar também

Damos valor à sua privacidade Nós e os nossos parceiros utilizamos tecnologias, como cookies, e processamos dados pessoais, como endereços IP e identificadores de cookies, para personalizar anúncios e conteúdos baseados nos seus interesses, avaliar o desempenho desses anúncios e conteúdos, bem como para obter informações sobre o público que os visualizou. Clique abaixo para consentir a utilização desta tecnologia e o processamento dos seus dados pessoais para estas finalidades. Pode mudar de ideias e alterar as suas opções de consentimento a qualquer momento voltando a este site. Aceito Mais detalhes