Livros de terror: algumas obras arrepiantes

Você está interessada em conhecer obras de arrepiar? Pois aqui você vai conhecer.

Há séculos os livros de terror fazem sucesso, muito antes de passar para as telas, o gênero terror já circulava na imaginação e na mão de várias pessoas. Portanto, você está preparada para conhecer histórias arrepiantes? Mas calma, nós vamos poupar detalhes para que você possa se aprofundar nas histórias. Nós já fizemos uma lista de séries LGBTQIA+, e agora você terá uma lista de livros de  terror para você ficar vidrada.

O terror como gênero literário

Às vezes também chamado de horror, esse gênero existe há bastante tempo. O objetivo dessas narrativas é causar medo, ou alguma sensação de susto e temor na pessoa que o lê. O gênero é altamente especulativo, portanto joga muito com situações que estão além da realidade. Ou que podemos provar como real. É natural desse gênero questionar nossas convicções sobre verdade e ficção.

Precisamos diferenciar terror de horror?

Algumas pessoas costumam fazer uma distinção entre terror e horror. Uma divisão didática para entender melhor esses gêneros que nos assombram. No entanto, é válido mencionar que nas livrarias não há essa divisão. Livros de terror e horror são vendidos sem nenhuma classificação distinta.

Em poucas palavras, as pessoas que fazem essa diferenciação costumam dizer que o gênero terror nada tem de sobrenatural. A explicação que se dá para os mistérios é de que é algo tipicamente natural e que o ocorreu mesmo foi algo psicológico, algo interno ao personagem. O autor Edgar Allan Poe é um grande nome desse gênero.

Diferentemente do terror o gênero horror não foge do sobrenatural. Pelo contrário, faz do sobrenatural um elemento vital para o desenvolvimento da história. Nesse gênero se faz uso de lendas e mitos para se criar uma atmosfera mais amedrontadora.

Essa diferenciação é mais uma curiosidade. Geralmente não é levada a sério pela maioria das pessoas que consomem livros de terror ou horror. As pessoas costumam chamar todos de terror. Portanto, não fique paranoica tentando sempre fazer essa diferenciação. Sinta-se livre para consumir e desfrutar da leitura acima de tudo.

Um pouco de história do gênero literário terror

A produção massiva de histórias de terror se deu no século 18. Foi quando o livro  O Castelo de Otranto (1764) de Horace Walpole foi publicado. A publicação foi marcante por ser um romance moderno que incorporava elementos sobrenaturais. É válido mencionar que nessa época, muitas mulheres produziram romances com histórias de mulheres sofrendo em castelos tétricos. Sendo assim, o público leitor era fortemente feminino.

Já no século 19 o gênero literário se desenvolveu bastante e algumas obras e autores foram muito marcantes.  Frankenstein da famosa escritora britânica Mary Shelley  foi publicado em 1818. Os contos do escritor estadunidense Edgar Allan Poe ganharam bastante repercussão. Houve também a publicação de Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde [O médico e o monstro] 1886 do também escritor britânico Robert Louis Stevenson. Uma outra grande obra que se destacou foi Drácula do escritor irlandês Bram Stoker (1897).

Cada uma dessas obras tiveram grandes repercussões e serão exploradas mais adiante. Essas publicações criaram ícones no imaginário do terror e ganharam várias adaptações, além de outras histórias que se inspiraram nela.

No século 20 circularam bastante as histórias em quadrinho. Dando uma dimensão visual às histórias de terror. Um grande nome dessa época é o escritor estadunidense H. P. Lovecraft. Mas na contemporaneidade quem tem feito seu nome reconhecido é o escritor Stephen King.

Livros clássicos de terror que você vai amar

Um crânio e outros ossos humanos no meio de uma floresta.
Prepare-se para conhecer histórias de aterrorizar.

Aprender um pouco da história do terror pode ajudar na hora de consumir algumas obras. Mas agora chegou o momento de ir direto para os livros. Vamos lá? Há três livros que são considerados os clássicos do terror por pessoas como o renomado escritor de terror Stephen King. Os três livros são: Frankenstein ou o Prometeu Moderno de Mary Shelley, o Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde [O médico e o monstro] de Robert Louis Stevenson e Drácula de Bram Stoker

Frankenstein ou o Prometeu Moderno de Mary Shelley

A história por trás da escrita do romance Frankenstein é muito interessante. A escritora Mary Shelley passava as férias na suíça em 1916 com dois amigos. Era uma noite chuvosa e um dos amigos, o poeta Lord Byron, desafiou os presentes para que produzissem uma história que envolvesse fantasmas. Mary Shelley tinha 18 anos na época.

A princípio, ela relutou em escrever. No entanto, ela teve uma visão de um estudante que dava vida a restos mortais. De imediato, ela elaborou um conto. Esse conto foi apresentado e ela recebeu um grande incentivo para que desenvolvesse mais a história. Posteriormente esse conto veio a se tornar o romance que temos hoje, depois de algumas adaptações. A iniciativa pode ter sido simples, mas romance é considerado o marco inicial da ficção científica.

Por dentro do romance

A história é narrada por meio de cartas escritas por Robert Walton que é um capitão de um navio que busca uma saída para o Polo Norte. No entanto, a navegação é surpreendida por alguns reveses e a tripulação acaba se deparando com a criatura feita por Victor Frankenstein que está em um trenó puxado por cães . Em seguida eles encontram o próprio Victor Frankenstein  jogado. Eles o colocam para dentro da tribulação.

Depois de recuperar suas forças Victor Frankenstein conta a sua história e como foi parar ali. Victor conta sobre sua infância em Genebra, como sendo filho de pais ricos. Desde muito cedo, ele demonstrava interesse não somente na ciência, mas também na alquimia e tinha uma grande curiosidade por descobrir os processos da vida.

Seus pai deseja enviar-lhe para estudar na Alemanha, mas pouco antes sua mãe vem a falecer. Victor vai estudar na Alemanha  e lá seus estudos de alquimia são desincentivados e os estudos das ciências naturais são apresentados como sendo a última palavra sobre tudo. Victor cria uma obsessão por estudar os processos de geração da vida.

Ele passa um longo período estudando ate desenvolver uma fórmula, que ele se recusa a revelar, de gerar vida. O que tem sido narrado até aqui é parte da história que todo mundo conhece. Victor com restos mortais consegue dar vida a uma criatura. Mas que tipo de criatura essa? É um ser humano como qualquer outro?

Há um certo questionamento sobre o que nos torna realmente humanos. Será que são os nossos sentimentos? O que temos em comum com todas as outras pessoas que não pode ser elaborado em um laboratório? A ciência realmente tem a última palavra sobre tudo? São vários questionamentos. Leia e descubra mais sobre essa fascinante história.

Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde [O médico e o monstro] de Robert Louis Stevenson

Esse clássico publicado em 1886 pela primeira vez tem atraído leitores de várias décadas. É uma narrativa breve, uma novela. Mas é de um encantamento sem igual. Portanto, ela não pode faltar na sua lista de leitura. Isso porque é uma história muito cativante. Um terror que tem conquistado muitas pessoas.

O autor nasceu na Escócia, mas precisou se mudou na fase adulta para uma ilha, porque tinha sua saúde debilitada e precisava de um clima mais ameno. Apesar de todo desafio com a saúde isso não foi um empecilho para que ele escrevesse histórias maravilhosas como é o caso de O médico e o monstro.

Por dentro da história

Na antiga Londres Richard Enfield se depara com um homem estranho e conta essa história ao ao seu parente, o advogado Gabriel John Utterson. Mas logo adiante, o advogado descobre quem é esse homem e que seu cliente dr. Henry Jekyll o tornou beneficiário em seu testamento.

O homem estranho se chama senhor Hyde, ele é grosso e rude. Totalmente diferente do dr. Henry Jekyll, que é muito educado e polido. A trama segue como uma investigação de como essas figuras tão antagônicas se conhecem e por quais motivos mantêm uma relação. A narrativa é muito bem elaborada e considerada um tratado muito instigante sobre a natureza humana.

Drácula de Bram Stoker

O romancista, contista e poeta irlandês Bram Stoker deixou uma das melhores histórias de vampiros de todos os tempos. A história não saiu simplesmente da imaginação do autor. Ele pesquisou por um longo tempo o folclore europeu e as mitologias de vampiro. Drácula é baseado na história de um líder impiedoso da Romênia chamado Vlad III. Ele era conhecido por empalar seu inimigos e por sua crueldade.

Por dentro da história

O romance foi publicado em 1897. Trata-se de um romance epistolar, ou seja, é narrado por meio de cartas.  Essa história foi responsável por popularizar as histórias de vampiros, sendo ela até hoje a mais citada e lembrada na história da literatura.

O enredo conta com um advogado, o Jonathan Harker, que vai prestar serviços para o conde Drácula em seu castelo. No entanto, ele começa a notar alguns aspectos estranhos no seu anfitrião. O reflexo de Drácula nunca aparece no espelho, ele também nunca está com fome e só aparece à noite. Aos poucos Jonathan se percebe um prisioneiro e se assusta ao ver Drácula andando pela parede como se fosse um bicho.

A história é de arrepiar! Mais pessoas vão se envolvendo na narrativa e há uma verdadeira caça ao vampiro. É uma história que vale muito a pena conhecer.

Espero que você tenha gostado de conhecer os livros clássicos de terror. Se você ainda não os leu, corra atrás agora mesmo para lê-los.

Você pode gostar também

Damos valor à sua privacidade Nós e os nossos parceiros utilizamos tecnologias, como cookies, e processamos dados pessoais, como endereços IP e identificadores de cookies, para personalizar anúncios e conteúdos baseados nos seus interesses, avaliar o desempenho desses anúncios e conteúdos, bem como para obter informações sobre o público que os visualizou. Clique abaixo para consentir a utilização desta tecnologia e o processamento dos seus dados pessoais para estas finalidades. Pode mudar de ideias e alterar as suas opções de consentimento a qualquer momento voltando a este site. Aceito Mais detalhes